Para pensar:

"Esta vida é uma estranha hospedaria,
De onde se parte quase sempre às tontas,
Pois nunca as nossas malas estão prontas,
E a nossa conta nunca está em dia."

Mario Quintana

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Concerto da Orquestra de Indaiatuba dia 26 na Câmara

Cida Moreira apresenta 'A canção brasileira' sábado no SESI Campinas

No palco, apenas voz e piano, uma apresentação acústica e intimista: Cida Moreira vem ao Teatro do SESI Campinas Amoreiras no próximo dia 26 de julho, sábado às 20h, com o espetáculo A canção brasileira. A cantora interpreta músicas de grandes compositores brasileiros como Heitor Villa-Lobos, Vinicius de Moraes, Tom Jobim, Adoniran Barbosa e Chico Buarque, que fizeram parte de sua formação artística. A entrada é gratuita.
O espetáculo é uma afetiva reflexão sobre sua memória musical. Fruto de uma carreira de mais de 40 anos, é marcante e teatral a interpretação de Cida Moreira de canções que a influenciaram quando jovem e ainda hoje lhe servem de parâmetro, a exemplo de Canção de Amor, O Tempo e o Artista, Beatriz, Bom Dia, Tristeza e Se Todos Fossem Iguais a Você.
A cantora apropria-se das canções à sua maneira, usa a música para expressar, de forma visceral, as palavras dos grandes poetas. A cantora é uma artista ímpar no cenário brasileiro, ultrapassando modismos culturais e musicais.

Ficha técnica
Voz e piano: Cida Moreira
Direção: Humberto Vieira
Produção: Barbarella Bis Arte & Conteúdo LTDA - ME / Geondes Antonio
Técnico de Som: João Blumenschein

Repertório
Canção de Amor, de Heitor Villa-Lobos
Estrada do Sertão, de João Pernambuco e Hermínio Bello de Carvalho
Se Todos Fossem Iguais a Você, de Vinicius de Moraes e Tom Jobim
Lampião de Gás, de Zica Bergami
Bom Dia Tristeza, de Adoniran Barbosa e Vinicius de Moraes
Leilão, de Heckel Tavares
O Tempo e o Artista, de Chico Buarque
Melodia Sentimental, de Heitor Villa-Lobos
Beatriz, de Chico Buarque e Edu Lobo
Bom Dia, de Herivelto Martins
Serra da Boa Esperança, de Lamartine Babo

Serviço
Local: Teatro do SESI Campinas Amoreiras – Av. das Amoreiras 450, Parque Itália
Data e horário: 26 de julho, sábado, às 20h
Duração: 50 minutos
Capacidade: 366 lugares e 8 para cadeirantes
Classificação indicativa: livre
Gênero: música popular brasileira
Informações: (19) 3772-4100
Entrada gratuita – os ingressos serão distribuídos 1 hora antes do início da apresentação.

Prefeitura realiza workshop de lideranças no Centro de Convenções

Free Images
A Secretaria Municipal de Desenvolvimento realiza no dia 14 de agosto (quinta-feira) no Centro de Convenções Aydil Pinesi Bonachela o Workshop de Lideranças: Desenvolvimento Organizacional Interno e Externo - Melhorando os Resultados nas Médias Empresas. O evento será ministrado por Erb Ubarana e Vivaldo Staut. Os interessados devem realizar a inscrição gratuitamente pelo e-mail desenvolvimento05@indaiatuba.sp.gov.br ou pelo telefone 3834-9369. A capacitação é realizada pela Escallato – Desenvolvimento Organizacional; Baobás Comunicação; Meta CRM e RH3 Software.
O palestrante Erb Ubarana é empresário com formação internacional multidisciplinar (gestão empresarial, gestão de pessoas, educação) e trabalha há mais de 20 anos com projetos de desenvolvimento empresarial e institucional. Atua como consultor para grandes empresas como Vale, Fundação Vale, Elektro, Goodyear e Merial, entre outras. É palestrante de conteúdos de desenvolvimento em empresas e fundou a Escallato, empresa de consultoria em projetos de desenvolvimento e bem estar organizacional. Ubarana tem como principais habilidades a gestão de projetos, desenvolvimento organizacional com foco em pessoas e equipes estratégicas, capacitação, liderança e estratégia.
O palestrante Vivaldo Staut é empresário, formado pela Unicamp e trabalha há mais de 20 anos com áreas comerciais. Foi gerente de novos produtos, responsável por desenvolvimento de produtos de tecnologia e diretor comercial em empresas de vários segmentos tais como engenharia, construção civil, indústria de plásticos, indústria alimentícia e serviços. Fundou a MetaCRM, empresa de consultoria comercial, em 2004 e vem atuando como consultor em projetos de inovação e desenvolvimento de ferramentas para  gestão comercial e terceirização de áreas comerciais. Suas principais habilidades são visão estratégica, liderança e capacitação de equipes, implementação de planos táticos, negociação.
Confira a programação:

8h30 - abertura
8h45 – Desenvolvimento Organizacional Interno: Erb Ubarana
a)      Perspectivas de Engajamento e Produtividade nas empresas;
b)      Resultados e savings em programas estruturados na média empresa;
c)       ROI para programas de Desenvolvimento Organizacional;
10h – Desenvolvimento Organizacional Externo: Vivaldo Staut
a)      Aumento de receita pela Metodologia de visão global de CRM;
b)      Repensando plano de vendas e canais;
c)       Inovação como geração de novos negócios e aumento de receita;
11h15 – Discussões e dúvidas;
11h45 – encerramento.

Pró-Memória lança exposição sobre a romaria Indaiatuba-Pirapora

Por ocasião da realização da 72ª edição da romaria de Indaiatuba a Pirapora do Bom Jesus, organizada pela Associação dos Romeiros de Indaiatuba, a Fundação Pró-Memória inaugura a partir de segunda-feira (28), no Museu Casarão Pau Preto, a exposição Um caminho de peregrinação: a Romaria de Indaiatuba a Pirapora, com a curadoria de Antônio da Cunha Penna. O horário de funcionamento é das 9h às 17h.
Trata-se de uma exposição contendo fotos da romaria realizada no ano de 1979, retratando diferentes momentos do trajeto de peregrinação entre Indaiatuba e Pirapora do Bom Jesus, sob o olhar do fotógrafo Antônio da Cunha Penna. Também estarão expostas algumas flâmulas da Romaria pertencentes ao acervo do Arquivo Público “Nilson Cardoso de Carvalho”.
A exposição ficará aberta ao público até o início do mês de setembro.
Informações: (19) 3834-6633.

Ana Carolina lança seu novo trabalho em Campinas

O Prime Hall (Rua Manoel dos Santos 500, próximo ao Alphaville) recebe neste sábado, dia 26, a cantora Ana Carolina com o show #AC. A abertura dos portões será às 22h.
Quatro anos após o lançamento de seu último álbum em estúdio, N9ve, o disco #AC está no mercado desde julho de 2013, sendo o mesmo gravado em 2012, em Los Angeles.
A capa do disco é o caso a parte, o primeiro em que a cantora usou um vestido. “Estava na hora de mudar. Sair do terninho preto e violão. O álbum é uma coisa tão nova que queríamos mostrar isso através da capa. Para fazer as fotos, engoli muita água e tive dor de ouvido, mas valeu a pena. Não gostaria de depender da minha vestimenta para fazer um show arrebatador ou colocar um vestido colante, com os seios aparecendo, para vender mais. Posso fazer um show de terninho e segurar do início ao fim. Não uso saia, não canto axé e sou estourada”, disse Ana Carolina em entrevista dada ao jornalista Bruno Astuto.
O álbum #AC tem como música de trabalho a canção Combustível, divulgada primeiramente no Facebook da cantora. A segunda música que o público conheceu foi Luz Acesa, que integrou a trilha sonora da novela Flor do Caribe. Integram o disco ainda as canções Libido, Pole Dance e Bang Bang 2.

Serviço:
Ana Carolina em Campinas
 Data/Horário: 26 de julho, a partir das 22h
Local: Prime Hall – Rua Manoel dos Santos 500 (próximo ao Alphaville)
Informações: 19 3256-2373 / 9 9708-7001 www.gpproducoes.com.br/anacarolina
Realização: GP Produções.

terça-feira, 22 de julho de 2014

Le Triskell terá Jantar Gastronômico no dia 31

Sempre fiel em sua tradição de oferecer, na última quinta-feira de cada mês ímpar, jantares com opções que não constam no cardápio de seu Le Triskell, Gilles Mourier arrebanha os amantes da alta gastronomia no próximo dia 31 de julho para a quarta edição deste ano. No roteiro, vieiras, foie gras, lagosta e vitelo, entre otras cositas más (clique sobre a imagem ao lado para ampliar a visualização do menu) que podem tornar a vida muito mais prazerosa.

T-shirts 'Brasil', de Juliana Mori, com 50% para a Sociedade Pestalozzi de Campinas

Natália e Maria Clara Piassentini. Foto: divulgação.
A estilista Juliana Mori está fazendo uma promoção especial das t-shirts do Brasil, com o desenho criado por ela: duas camisetas, uma para mãe e outra para filha, saem por R$115,00 e 50% do valor será revertido para a Sociedade Pestalozzi de Campinas, localizada na Vila Lemos (as camisetas estão lindas). Na compra de apenas uma camiseta, o valor unitário é de R$75,00 (adulto) e R$55,00 (criança) e, da mesma forma, metade também será destinado à instituição que atende crianças, jovens e adultos com necessidades especiais. A ação é realizada em parceria com o grupo Campinas com Crianças e com o Roteiro Kids.
As t-shirts podem ser encontradas no atelier da estilista, que funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h, na R. Leontina Carvalho Siqueira 38, no Gramado, em Campinas (o atendimento é com hora marcada). E quem estiver sem tempo de ir até o local, pode solicitar as peças pelo serviço de entrega domiciliar, se residir na cidade, ou comprar pelo site (www.byjumori.com) e receber em casa via Sedex em poucos dias.
Mais informações pelo telefone (19) 98125-1483 ou pela página da empresa no Facebook: www.facebook.com/byjumori.

Respeite as vagas especiais!

SESI Campinas apresenta Martin Lazarov & Orquestra Etnos Antique

Paulo Gomes
O Teatro do SESI Campinas Amoreiras apresenta Martin Lazarov & Orquestra Etnos Antique, uma união que explora músicas folclóricas da região do Mar Negro e Mar Egeu, com especial destaque para a música da Península Balcânica, Malásia e principalmente da Grécia, Bulgária, Armênia e Turquia. O grupo é formado pelo búlgaro Martin Borislav Lazarov (tambura, corne inglês, oboé e canto) e pelos brasileiros Manuel Falleiros (dudúk, saxofone e flauta), Emilio Martins (percussão tradicional e étnica) e Ricardo Silva (contrabaixo acústico, violino e buzuki). A apresentação será realizada na unidade no dia 25 de julho, sexta, às 20h, com entrada gratuita.
O búlgaro naturalizado brasileiro Martin Lazarov, conhecedor da cultura musical de sua região, fundou a orquestra inicialmente como um trio, sob o nome de Evrásia. O grupo buscava experimentar a fusão entre a música folclórica tradicional, a instrumental brasileira e a contemporânea erudita. Com a introdução de um quarto elemento e novos instrumentos e já com o nome Orquestra Etnos Antique, o conjunto passou a se especializar em obras da tradição regional do Leste Europeu, da Europa Meridional e do extremo oeste da Ásia, músicas ricas em ritmos assimétricos e compassos compostos.
O espetáculo busca apresentar ao público composições de culturas muito diferentes da brasileira em diversos aspectos, mas semelhantes quanto ao sentimento e ao espírito criativo que as norteiam. Entre as obras apresentadas, citam-se Baiduschka, do folclore grego; Trimonzium, composição de Lazarov e Ratchenitza, tradicional da Bulgária.

Ficha Técnica
Tambura, corne inglês, oboé e canto: Martin Borislav Lazarov
Percussão tradicional étnica: Emilio Martins
Baixo acústico, violino e buzuki: Ricardo Silva
Dudúk, flauta e saxofone: Manuel Falleiros
Direção musical e roteiro: Martin Lazarov
Produção: Paulo Gomes
Assistente de produção: Cervantes Sobrinho

Repertório
Baiduschka (Folclore Tradicional da Grécia)
Ratchenitza (Folclore Tradicional da Bulgária)
Bougdanos - Daitchovo (Folclore Tradicional da Região da Trácia)
Trimonzium (Lazarov Martin)
Kopanitza (Folclore Tradicional da Shopska Servia)
Krivo Sadovsko (Folclore Tradicional de região Trácia)
Smesseno horo (Folclore Tradicional de região Dobrudja / Mar Negro)
Gãrgovo horo (Lazarov Martin)
Shinanari (Folclore Tradicional da Turquia)
Boikovoto (Lazarov Martin baseada em temas da Romênia)
Bavna pesen (Folclore Tradicional da Armênia)
Narino (Folclore Tradicional do Chipre)
Logari (Folcore Tradicional da Afeganistão)           

Serviço
SESI Música Erudita – Martin Lazarov
Local: Teatro do SESI Campinas (Amoreiras) – Av. das Amoreiras 450, Parque Itália, Campinas
Data e horário: 25 de julho, sexta, 20h
Duração: 70 minutos
Capacidade: 366 lugares e 8 para cadeirantes
Classificação indicativa: livre
Gênero: música erudita
Informações: (19) 3772-4100
Entrada gratuita – os ingressos serão distribuídos 1h antes do início da apresentação.

Centro de Arte Flamenca promove aula gratuita das danças do ventre e cigana

O Centro de Arte Flamenca (CAF) promove aulas abertas de danças ciganas e de dança do ventre no dia 31 de julho, às 18h30 e às 19h30, respectivamente. O objetivo da iniciativa, em parceria com a bailarina e coreógrafa Kamilla Mesquita, é oferecer no mesmo ambiente a possibilidade de estudo e prática de ritmos diferentes baseados na mesma origem.
Não é preciso vestimenta específica e nem ter bom preparo físico para participar das aulas gratuitas. Pessoas de todas as idades, tipos físicos e idades podem se inscrever. A única restrição é para a dança do ventre, que é exclusivamente feminina. Para as duas modalidades, é importante usar roupas confortáveis, que propiciem os movimentos corporais e sapatilhas.
Esta não é a primeira vez que Kamilla Mesquita se une ao Centro de Arte Flamenca. No espetáculo Orígenes, apresentado pela escola em 2012 no Teatro Castro Mendes, Kamilla fez uma performance de dança do ventre que indicava a influência da dança cigana no surgimento do flamenco. “Flamenco, dança do ventre e dança cigana acabam se confundindo temporariamente no seu início por várias razões, entre elas diásporas, dominações e colonizações ao longo da história dessas culturas”, observa Kamilla.
Lu Garcia, diretora do Centro de Arte Flamenca, complementa: “É claro que cada uma destas danças tem uma identidade bem marcada e isso proporciona uma valiosa diversidade, mas é impossível não encontrar pontos em comum, como por exemplo, movimentos circulares de mãos, requebro dos quadris, giros e tantos outros detalhes", compara.

Sobre Kamilla Mesquita
Bailarina, coreógrafa e intérprete-criadora, sua pesquisa tem ênfase em Danças Étnicas de Cunho Feminino, em especial a Dança Árabe Feminina (Dança do Ventre). Graduou-se em Dança pela Unicamp, por onde é mestre e doutoranda em Artes da Cena.
Trabalhou como professora-pesquisadora do Curso de Dança na Universidade Federal de Viçosa e como professora de dança do ventre dos centros culturais de Vinhedo e em diversas academias, instituições e espaços artísticos, além de ser responsável pela formação de diversas profissionais.

Serviço
Aulas abertas de danças ciganas e dança do ventre – professora Kamilla Mesquita
Data: 31 de julho, às 18h30 (danças ciganas) e 19h30 dança do ventre
Inscrições: gratuitas, até o dia da aula, pelo telefone (19) 3243-6019, após as 15h, ou pelo e-mail lugarcia@centrodearteflamenca.com.br
Local: Centro de Arte Flamenca
Endereço: Avenida Heitor Penteado 715, no entorno da Lagoa do Taquaral
Informações: www.centrodearteflamenca.com.

Cultura abre inscrições para Oficinas Hilda Hilst de arte postal e pedagogia teatral

Arte Postal de João Bosco.
A Secretaria Municipal de Cultura está com inscrições abertas para duas novas edições das Oficinas Culturais Hilda Hilst, da Secretaria de Estado da Cultura: Arte Postal como Meio de Comunicação, ministrada por João Bosco e Ator/Criador – Uma Pedagogia Teatral, coordenada por Jorge Bichara Neto. As aulas para os dois temas iniciam no dia 2 de agosto e as vagas são limitadas. As adesões são gratuitas e devem ser realizadas na sede da Secretaria, no Centro de Convenções Aydil Bonachela (mesmo local das oficinas) mediante preenchimento de formulário. Os eventos fazem parte da programação do Festival Agosto das Artes, promovido anualmente pela Prefeitura Municipal para destacar as artes visuais. Informações: (19) 3894-1867.

Oficina Arte Postal como Meio de Comunicação
Coordenação: João Bosco
Período: 2 a 30/8 – sábados – 13h às 17h
Público: estudantes de arte e educação, profissionais na área da educação, saúde mental, agentes culturais e demais interessados (acima de 16 anos)
Seleção: ordem de inscrição
Número de vagas: 30
Descrição: a oficina aborda diversas técnicas artísticas, buscando identificar as potencialidades de cada participante para que ele possa se aprofundar no desenho e na pintura. Assim, visa desenvolver a comunicação e a autonomia criativa a partir de mecanismos próprios e por meio da troca de experiências.

Sobre o coordenador
João Bosco é artista plástico e ilustrador do jornal Folha de S. Paulo. Ao longo de sua carreira participou de inúmeras exposições individuais e coletivas, tendo recebido algumas premiações. Atua como arte-educador desde 2008.

Oficina Ator/Criador – Uma Pedagogia Teatral
Coordenação: Jorge Bichara Netto
Período: 2 a 23/8 – sábados – 14h às 17h
Público: artistas, estudantes, educadores e demais interessados (acima de 16 anos)
Seleção: ordem de inscrição
Número de vagas: 30
Descrição: A atividade irá abordar o universo pedagógico de alguns mestres do teatro, da filosofia e da física, buscando apresentar diferentes perspectivas de artistas, exercícios práticos e conceitos teóricos, visando o desenvolvimento pessoal e coletivo.

Sobre o coordenador
Jorge Bichara Netto, ator profissional com formação pela SP Escola de Teatro e CPT (Centro de Pesquisa Teatral), professor e diretor teatral, foi secretário de Cultura de Louveira (SP). Graduado em Filosofia pela PUC Campinas e ADM pela Anhanguera.

Serviço
Secretaria Municipal de Cultura – Centro de Convenções Aydil Bonachela – Rua das Primaveras, 210 – Jardim Pompéia.

6º Encontro Internacional de Aquarelistas acontece de 3 a 7 de setembro em Parati

A organização do 6º Encontro Internacional de Aquarelistas, que acontece de 3 a 7 de setembro em Parati, RJ, informa que foi prorrogado até 10 de agosto o prazo para entrega de obras para o catálogo e exposição.
Para obter a ficha de inscrição, clique aqui. Para outras informações,
http://www.navegareart.com.br/.

FIEC abre inscrições para cursos técnicos gratuitos via Pronatec

Foto: Maurício Santaliestra
A FIEC (Fundação Indaiatubana de Educação e Cultura) renovou a parceria com o Pronatec (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego) e irá ofertar vagas para quem já tenha se formado no Ensino Médio e realizado o ENEM 2013. Além de o atendimento ser aberto a todos os alunos da rede pública e privada, são atendidos também todos aqueles que se formaram no Ensino Médio e queiram cursar uma das cinco opções de cursos técnicos disponibilizados, que são Nutrição e Dietética (tarde), Logística (noite), Edificações (noite), Mecânica (noite) e Segurança do Trabalho (manhã).
As inscrições serão on-line, através do site www.fiec.com.br, que será redirecionado à página do Sisutec (Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica) do dia 21 a 25 de julho (atenção a esta informação, pois há poucas vagas, que certamente serão preenchidas rapidamente).
Ao realizar a inscrição, o candidato deverá levar na FIEC I a documentação exigida para a matrícula, que deve ser efetuada no prazo máximo de até dois dias.
Os documentos necessários são: Cópias do RG, CPF, Certidão de Nascimento ou Casamento, comprovante recente de endereço com CEP, Carteira de Reservista, Título de Eleitor com comprovante da última votação, Histórico Escolar e diploma do Ensino Médio, além de três fotos 3 X 4 recentes.
O inicio das aulas acontecerá no dia 25 de agosto.
Acesse o site www.pronatec.mec.gov.br, clique em Base Legal e leia o Edital nº 2.

segunda-feira, 21 de julho de 2014

Época de Ouro do rádio na Fundação Ema Klabin

Divulgação
No próximo dia 26 de julho, às 16h30, Dani Mattos & Toque de Bambas se apresentam no programa Tardes Musicais da Fundação Ema Klabin. O show é composto de sambas da época de Ouro da Música Popular Brasileira (1930-1960), que foram difundidos pelas cantoras de rádio de destaque do período, entre elas Marlene, Maysa, Aracy de Almeida, Isaurinha Garcia e irmãs Batista.
Formado em 2008 em rodas de samba, Dani Mattos & Toque de Bambas exploram compositores e temas da história do samba e da música popular brasileira do século XX até os dias atuais. O grupo é formado pela cantora Dani Mattos e os instrumentistas Tito Longo (cavaquinho), Rodrigo Aranha (violão 7 cordas),  Koka Pereira (percussão) e Samuel Marques (Trombone). O show também é ilustrado com comentários históricos e curiosidades da vida dos artistas, sempre com muito humor.

Serviço:
Tardes Musicais – As Mulheres na Música - Época de Ouro da Rádio
26/07 – Show com Dani Mattos & Toque de Bambas Horário: 16h30 
Entrada Gratuita
Lotação : 180 pessoas
Indicação: Livre
Aos sábados de show, visitação gratuita ao museu, a partir das 14h.
Fundação Ema Klabin - Rua Portugal 43 - Jardim Europa - São Paulo
Fone: (11) 3062-5245
http://emaklabin.org.br/.

Cayena Bistrô apresenta novo cardápio ‘Asas e Raízes’

Divulgação
A chef Manuella Delatorre (foto) apresenta o novo cardápio do Cayena Bistrô: o Asas e Raízes, que celebra a criatividade, característica da chef, sempre inquieta na busca por novas harmonizações. “Demos asas à imaginação na elaboração de um cardápio que agrade aos outros sentidos como olfato e visão, mas sem abandonar as raízes, pois buscamos também o conforto do que já conquistou o paladar”, sintetiza a chef.
Em síntese, o novo cardápio, que estará à disposição do público a partir de agosto, traz pratos tradicionais em releituras contemporâneas, além de surpreender com combinações nada convencionais, transformando cada refeição em uma experiência marcante. Além disso, Manuella prioriza ingredientes de cultivo orgânico: muitas das ervas e folhas utilizadas na elaboração dos pratos são colhidas em horta própria.
Os pratos tradicionais do Cayena, que agradam aos frequentadores do Bistrô há quatro anos, serão mantidos, como o Filé Cayena (filé alto recheado com queijo brie ao molho artesanal de framboesa, leve toque de pimenta caiena acompanhado de cremoso purê de tubérculos e espuma de queijo brie) e o Machu Picchu (lombo de peixe fresco do dia com crosta de quinoa acompanhado de risoto de pupunha e alho poró e deliciosa geleia de limão cravo e capim santo), entre outros.
O novo cardápio traz delícias como Creme de shiitake com abacaxi caramelizado, charuto de feijoada (na folha de couve), vinagrete rústico e farofa de torresmo; Arroz de pato da terra e o Cordeiro Delatorre: corte de cordeiro lechal com molho de pimenta de cheiro, menta e poejo guarnecido de açorda e abobrinha caipira com manjericão e hortelã. E adoça a vida com Falsa terrine de frutas e frutos secos com creme de queijos curados com mel  e sorvete de mascarpone e Torta Fondant Havana: confitura de limão com rum, hortelã e ganache de chocolate belga defumado com charuto.
O Cayena é um dos mais charmosos e conceituados restaurantes contemporâneos de Campinas. O espaço é charmoso, com decoração pontilhada por muito verde e bom gosto, além do alto astral.

A chef
O encantamento da chef Manuella pela gastronomia começou no curso de Cozinheiro Chef Internacional, em Águas de São Pedro (SP) e se estendeu às aulas de pós-graduação no curso de Gastronomia da Escola Universitária de Hotelaria e Turismo de San Pol del Mar (EUHT), na Espanha. O lado vanguardista veio da Catalunha, onde conheceu grandes chefs como Juan Roca, Andoni Aduriz e Ferran Adrià. De volta ao Brasil, estagiou na equipe de eventos de Alex Atala, que conheceu durante uma palestra em seu curso de pós-graduação. Atuou em vários eventos, incluindo jantares de Pascal Barbot e Claude Troisgros.
A cozinha de Manuella Delatorre no Cayena Bistrô é temperada com curiosidade, escolhas sustentáveis e boas pitadas de coragem. Na preparação de seus pratos utiliza muito a cocção a vácuo, técnica que consegue manter as propriedades dos ingredientes e que foi tema de sua especialização na  pós-graduação, realizada em Barcelona, também na Espanha.

Serviço:
Cayena Bistro - Rua Capitão Francisco de Paula 264, Cambuí, Campinas
Telefone: (19) 3395-3141
Facebook: Cayena Bistro
Site: www.cayenabistro.com.br.

Pista de caminhada do Parque Ecológico ganha painéis com mapa e medidas do percurso

Foto: Eliandro Figueira - SCS/PMI
A Secretaria Municipal de Urbanismo e do Meio Ambiente concluiu a instalação dos painéis com mapa e medida do percurso da pista de caminhada do Parque Ecológico. Os painéis concluem o trabalho de demarcação da metragem da pista utilizando cores diferenciadas no trecho que compreende o início do Parque até a Prefeitura. A medida beneficiará pessoas que costumam se exercitar com caminhadas e corridas no Parque Ecológico, que poderão controlar a distância percorrida sem a necessidade de equipamentos.
Inicialmente, a demarcação foi feita em três trechos do Parque, sendo o primeiro do estacionamento até o semáforo do colégio Objetivo, na cor azul; o segundo, do Colégio até o semáforo da Pista de Skate, na cor verde; e, o terceiro trecho, vai da Pista de Skate até a alça de acesso à Prefeitura, identificado pela cor amarela. Quem quiser fazer o percurso total do Parque Ecológico será guiado pela cor vermelha.
Os painéis com o mapa e as cores do percurso foram instalados no início e no meio de cada um desses trechos para orientar os usuários da pista que, até a Prefeitura, tem 5.500 metros lineares. O trecho azul conta com 2.200 metros, o verde tem 1.800 metros e, o amarelo, mais 1.600 metros lineares.
O trabalho foi realizado em parceria com a Secretaria de Obras e Vias Públicas, e a proposta é atender toda a parte urbanizada do Parque, com demarcações de 100 em 100 metros.

Público elege os melhores ambientes da Itu Casa Decor®

Foto: Juca Ferreira.
A quinta edição da Itu Casa Decor®, que aconteceu até 12 de julho no Ituano Clube, reuniu profissionais que projetaram 40 ambientes. O público votou e elegeu os melhores espaços. Confira:
1º lugar - Cozinha e Sala de Almoço (foto), de Evelyn Midori e Ana Paula Pazian Olivatto
2º lugar - Home Cinema, de Flávio Jancowski
3º lugar - Sala de Jantar, de Lucilla Almeida
4º lugar - Sala de Carteado, de Fernanda Santoro e David Natto
5º lugar - Varanda Itu Casa Decor, de Adalgisa Alves, Suzana Arruda e Mariana Ramalho Calarezzi.

Campeão olímpico e mundial Maurício é atração no Indaiatuba Clube

Foto: Reprodução Internet
O ex-jogador de vôlei Maurício Camargo Lima, o Maurício do Vôlei, bicampeão olímpico e tetracampeão mundial de voleibol, estará no Indaiatuba Clube no próximo dia 27 de julho no primeiro Indaiá em Ação, evento multiesportivo que encerra as comemorações do mês de aniversário do IC e que começa às 8h.
Eleito o melhor levantador do mundo nos anos de 1992 e 1993, Maurício ficou marcado na história do esporte brasileiro ao ser um dos atletas titulares da Seleção Brasileira que conquistou pela primeira vez na história o título olímpico nas Olimpíadas de Barcelona, na Espanha, em 1992, ao vencer a seleção da Holanda por 3 sets a 0 (15/11, 15/9 e 15/4).
Eternizado como um dos membros da primeira geração de ouro do vôlei brasileiro, ação que fez com que o esporte se desenvolvesse muito no país, Maurício vem ao Indaiatuba Clube por intermédio do projeto Embaixador do Esporte, do Banco do Brasil, ação realizada em parceria com a Prefeitura de Indaiatuba por intermédio da Secretaria Municipal de Esportes.
Para reunir os associados em um dia especial e comemorar o aniversário do IC, o Indaiá em Ação é um evento onde quase todas as modalidades esportivas oferecidas pelo clube vão acontecer ao mesmo tempo no complexo esportivo.
Desde as 8h, quando começam a ser disputados os jogos do XI Campeonato de Futebol Society “Copa Congesa”, serão realizadas diversas atividades. As quadras de tênis vão receber os tenistas do IC para a realização de vários jogos, mesma situação das quadras de areia onde serão disputadas partidas de vôlei e futevôlei. A quadra poliesportiva será palco de jogos de vôlei e de basquete que irão se revezar durante o dia.
Os jogos de squash serão realizados nas duas quadras oficiais que o clube possui e que ficam no espaço onde também se encontram a sala de artes marciais e as mesas de tênis de mesa.
Um dos destaques da programação irá acontecer no Salão Social, onde os professores vão oferecer desde às 8h30 uma série de aulas fitness com Step, Pump, Jump, Pilates, Treinamento Funcional e o grande encerramento com uma demonstração especial de Zumba.

Nova edição da Feira de Troca de Livros sábado no Casarão Pau Preto

Foto: Arquivo Eliandro Figueira – SCS/PMI
A Secretaria Municipal de Cultura, em parceria com a Fundação Pró-Memória, promove no próximo sábado (26), das 9h às 12h, mais uma edição da Feira de Troca de Livros no Casarão Pau Preto (Rua Pedro Gonçalves, 477 – Jardim Pau Preto). O evento tem entrada gratuita e integra as iniciativas da Prefeitura no campo literário, visando estimular a formação do público leitor e o hábito da leitura entre os cidadãos de Indaiatuba. Para participar, basta levar uma obra de literatura em bom estado e trocar por outra de seu interesse que esteja disponível no local. Não são trocados revistas, livros didáticos, religiosos, de receitas ou técnicos. Informações: (19) 3894-1867.
A Feira de Troca de Livros foi criada em 2011 e é realizada todo segundo sábado do mês na Praça Dom Pedro II, no Centro e todo último sábado do mês no Casarão Pau Preto, em parceria com a Fundação Pró-Memória, sempre das 9h às 12h. Há opções de obras para todas as faixas etárias e o acervo de livros provem, prioritariamente, de doações espontâneas e que podem ser efetivadas de segunda a sexta, das 8h às 17h, no Centro Cultural Wanderley Peres, também na Praça Dom Pedro II.

Espetáculo ‘Cora Coralina’ chega ao Teatro do SESI Campinas

A atriz Ana Maturano. Foto: divulgação.
O espetáculo Cora Coralina conta, através de sua obra poética, a vida e rotina de Cora, revelando a mulher por trás da poesia, interligada a acontecimentos relevantes da história do Brasil. O cenário recria o interior da cozinha e seu escritório, conhecido como casa velha da ponte, que tem grande importância na obra da autora.
Considerada símbolo da tradição da vida interiorana, Cora Coralina possui uma vida riquíssima em fatos históricos, desde sua descendência (filha de Francisco Paula Lins Guimarães Peixoto, desembargador nomeado por D. Pedro II) até o lançamento de seu primeiro livro, aos 75 anos. Ana presenciou a chegada de Getúlio Vargas à esquina da Rua Direita com a Praça do Patriarca e participou da Revolução Constitucionalista como enfermeira e costureira. Fugiu com um homem divorciado e possuía atitudes muito à frente do seu tempo – fatos como esses são retratados no espetáculo, que gera uma experiência multissensorial na plateia, com efeitos de luz e tela de projeção recriando imagens que interagem com a atriz.
O monólogo tem um cenário rico em motivos do cotidiano brasileiro, relembrando a sua história e mergulhando em sua vida e suas emoções. O texto foi elaborado utilizando apenas textos da autora, que possuem por si um forte caráter biográfico e nos leva entre pedras, morros e flores em que cresceu sua poesia.


Ficha técnica
Texto: Malu Santiago e Luciano Santiago
Direção: Marilda Carvalho
Coordenação de Direção e Dramaturgia: José Rubens Siqueira
Elenco: Ana Maturano (Solo), Paulo Carvalho e Karen Mezzacappa (Vídeo)
Cenário: João Bosco e Malu Santiago
Sonoplastia: Eliane e Ricardo Pescara, Rodrigo Masieiro, Alê Freitas e Rodrigo Lopes
Figurino: Cia Teatro do Interior
Artes Gráficas e Produção de Vídeo: Malu Santiago
Projeções: Cia Teatro do Interior
Iluminação: Paulo Carvalho
Produção: Marilda Carvalho
Pesquisas: Lenilda Santiago

Serviço
Espetáculo Cora Coralina
Local: Teatro do SESI Campinas Amoreiras - Av. das Amoreiras 450 – Pq. Itália
Data e horário: 24 de julho, quinta, ás 20h
Capacidade: 366 lugares, sendo 8 para cadeirantes
Gênero: tragicomédia
Duração: 80 minutos
Classificação indicativa: 12 anos
Informações: (19) 3772-4100 / 4183 / 4160
Entrada franca – os ingressos serão distribuídos com 1 hora de antecedência do início da apresentação.

Projeto Ecobike comemora 2º aniversário com mais de 42 mil empréstimos

Foto: Arquivo Eliandro Figueira - SCS/PMI
A Prefeitura de Indaiatuba comemorou quarta-feira (dia 16) o segundo aniversário de implantação do Projeto Ecobike, que é coordenado pelas secretarias municipais de Obras e Vias Públicas e de Urbanismo e Meio Ambiente. Em dois anos foram registrados 42.116 empréstimos de bicicletas e 13.940 cadastros de usuários. A novidade deste ano foi a quarta estação do projeto, localizada na Praça Renato Villanova (Praça do Cato), que entrou em atividade no mês de abril. As outras três estações de Ecobike estão localizadas duas no Parque Ecológico, sendo uma em frente à Prefeitura e outra em frente à sede da Guarda Municipal e uma na praça D. Pedro II, no Centro.
O serviço é gratuito e o horário de funcionamento é das 8h às 12h e das 13h às 17h de segunda à sexta-feira. Nos finais de semana e feriados, funcionam apenas as estações do Parque Ecológico, das 8h às 12h e das 14h às 18h. O Projeto Ecobike não funciona nos feriados religiosos.
Desde julho de 2012 o projeto Ecobike disponibiliza gratuitamente para empréstimo 200 bicicletas ecológicas que utilizam quadro fabricado com garrafas PET, além de dez bicicletas com cadeirinha acoplada para o transporte de crianças e cinco duplas para os passeios em família ou com amigos.
Os usuários do Projeto Ecobike devem ser pessoas maiores de 18 anos ou menores acompanhados por um responsável maior de idade. Para utilizar as bicicletas os interessados podem fazer o cadastro pelo link disponível no site da Prefeitura – www.indaiatuba.sp.gov.br – ou diretamente nas estações, onde também deve ser validado o cadastro mediante apresentação de CPF, comprovante de endereço atualizado e um documento com foto. Cada CPF dá direito a retirada de outras duas bicicletas extras para menores. O tempo permitido para uso é de quatro horas contínuas, que pode ser renovado, e as bicicletas podem ser devolvidas em qualquer estação.

Tapiocas no café da manhã da A Real

Informe publicitário

Helvetia Sunset Party é adiada

A organização da Helvetia Sunset Party envia uma nota, que reproduzo abaixo, dando conta do adiamento da festa, anteriormente marcada para acontecer no próximo sábado, dia 26.

"NOTA DE ESCLARECIMENTO

Helvetia Sunset  19/07/2014

Aos clientes e amigos gostaríamos de esclarecer que o evento Helvetia Sunset terá sua data adiada.
Esta semana fomos surpreendidos com uma notificação da Prefeitura Municipal de Indaiatuba, onde o nosso Pedido de Autorização de Evento Temporário não nos foi concedido.
Dentre todos os documentos exigidos pela Prefeitura para a realização da festa, alguns não tiveram tempo hábil e não ficaram prontos.
Estamos preparando toda documentação necessária para remarcarmos uma nova data, com todas as exigências impostas pela Prefeitura Municipal de Indaiatuba.
Todos os ingressos que foram vendidos antecipadamente continuam valendo para a nova data que será anunciada em breve, provavelmente para final de Setembro ou começo de Outubro.
Caso você queira a devolução do seu dinheiro, estaremos à disposição atendendo pelo e-mail contato@helvetiasunset.com.br e telefone (19) 9 9732-1033.
Pedimos sinceras desculpas por qualquer inconveniente causado e continuaremos informando através de nosso site www.helvetiasunset.com.br e pelas mídias sociais.
Nossa intenção sempre foi a melhor possível e com certeza iremos realizar o evento dentro de todas as leis impostas.
A festa será exatamente do jeito que você está esperando, UM SUCESSO !!!!
Att.

Helvetia Sunset"

Imagem da semana

Thiago Carvalho | Frame Fotografia

Verdade

“A porta da verdade estava aberta,
mas só deixava passar
meia pessoa de cada vez.

Assim não era possível atingir toda a verdade,
porque a meia pessoa que entrava
só trazia o perfil de meia verdade.
E sua segunda metade
voltava igualmente com meio perfil.
E os meios perfis não coincidiam.

Arrebentaram a porta. Derrubaram a porta.
Chegaram ao lugar luminoso
onde a verdade esplendia seus fogos.
Era dividida em metades
diferentes uma da outra.

Chegou-se a discutir qual a metade mais bela.
Nenhuma das duas era totalmente bela.
E carecia optar. Cada um optou conforme
seu capricho, sua ilusão, sua miopia.”

Carlos Drummond de Andrade

Hot Jazz Club lança CD 'Caravane' dia 23 no Almanaque

Divulgação
O Almanaque Café recebe dia 23 de julho o lançamento do CD Caravane​,​ do Hot Jazz Club.
O Hot Jazz Club é um grupo de jazz manouche (jazz cigano francês dos anos 30) inspirado nos legendários Django Reinhardt e Stéphane Grappelli. Com mais de 12 anos de estrada, é pioneiro neste estilo no Brasil, utilizando-se apenas de instrumentos de cordas típicos desse gênero: violino, banjo, violões ciganos e contrabaixo acústico.
O grupo investe em pesquisa de repertório e arranjos, relendo em linguagem manouche temas conhecidos do grande público: desde os clássicos nacionais de Noel, Cartola, Pixinguinha, Tom Jobim e Vinícius de Moraes até o pop internacional dos Beatles, Michael Jackson e Queen.

Origem
O Hot Jazz Club tem seu nome como referência clara à célebre formação do Hot Club de France, que ficou famosa pelo encontro de duas figuras marcantes do jazz: Stéphane Grapelli no violino e Django Reinhardt no violão cigano, que se reuniram como banda nos anos 30 em Paris. A originalidade da formação – por empregar instrumentos de sonoridade acústica e perfil camerístico – sempre foi surpreendente, uma vez que o jazz viu surgir como solistas preferenciais uma quantidade abundante de trompetistas, saxofonistas etc. Embora as formações de jazz mais usuais (que incluem instrumentos de sopro, piano e bateria) sejam tradicionalmente mais abundantes, há, mesmo hoje em dia, Hot Clubs em diversos países – Estados Unidos, Alemanha, França, Dinamarca, Canadá, Suécia e Japão –, sempre incluindo em suas formações o violino, o violão cigano e o contrabaixo acústico.
As coincidências entre as histórias dos dois grupos são curiosas: a banda do Hot Club de France surgiu no Claridge Hotel de Paris, quando o hotel inaugurou, como opção de entretenimento, chás dançantes no horário das 17h às 19h. Bandas diferentes, de sonoridade leve, agradável e, naturalmente, dançantes, se revezavam a cada 20 minutos – num desses intervalos, Grapelli precisou trocar uma das cordas de seu violino; enquanto afinava o instrumento atrás das cortinas, encontrou Django e começaram a tocar juntos desde então. Grapelli costumava dizer 'talvez, se eu não houvesse quebrado aquela corda, nunca tivesse acontecido...'.
O Hot Jazz Club surgiu há dez anos em Campinas também em um hotel, como parte de um projeto de happy-hours jazzísticas. Semelhantemente, diferentes formações jazzísticas se revezavam – quando, certa vez, um dos integrantes do grupo que Ernani liderava não pôde comparecer e foi chamado Modesto para compor a formação com sua guitarra. A admiração de ambos pela música e estilo de Django Reinhardt estabeleceu logo a afinidade das referências – a escolha do contrabaixo de Syllos, por fim, pareceu óbvia, pelo caráter quase performático e dançante do trio e, desde então, o trabalho desenvolveu-se a passos largos e consistentes. Talvez, contudo, se aquele outro músico não houvesse faltado, então, também nunca tivesse acontecido.
Com o Hot Jazz Club, a linguagem elaborada do jazz ganha contornos suaves e agradáveis, com um ritmo envolvente e dançante que contempla desde os temas consagrados do swing até standards contemporâneos – mas não para por aí: o trio veste também com seus timbres surpreendentes e bem humorados desde os clássicos da bossa-nova e do blues até temas pop dos anos 70; desde baladas imortalizadas nas vozes das divas do jazz até grooves da Motown.

Intercâmbios de linguagens musicais
 Inspirado pela sonoridade ‘Hot Club’, o grupo inclui sempre em seu repertório alguns clássicos do jazz manouche, sobretudo os grandes hits que consagraram o gênio de Django Reinhardt e o estilo de Stéphane Grappelli. Longe, porém, de se ater ao papel de cover, o grupo apenas se utiliza dessa linguagem específica para desenvolver sua vocação fundamental, que é a de promover releituras de temas originalmente escritos em outras linguagens. Sempre fez parte da atitude essencial do jazz a ideia de reler com liberdade, humor e improvisação temas conhecidos pelas pessoas e advindos de substratos culturais mais populares. Os primeiros jazzistas executavam versões improvisadas de sucessos do teatro de variedades e dos salões de baile; mais tarde, esse mesmo importe continuou com os sucessos da Broadway e de Hollywood.
Ao longo de seus mais de 10 anos de existência, o Hot Jazz Club fez questão de incluir em seu repertório releituras de temas pop, de melodias da MPB, de clássicos do samba e da bossa nova em versões jazzísticas inusitadas como parte de sua vocação em exercitar um contínuo e criativo intercâmbio de linguagens, acreditando ser essa uma estratégia eficiente para promover também a formação de novos ouvintes. Ao proporcionar ao ouvinte a oportunidade de reconhecer as músicas de que tem memória afetiva e cultural, o Hot Jazz Club oferece uma experiência completamente autêntica e lúdica de compreensão da essência do jazz: a percepção de que o jazz não é o que se toca mas, sobretudo, como se toca – e que, quando se conhece a referência de origem, é possível não apenas apreciá-lo como realmente divertir-se com o jogo de improvisações que os músicos desempenham sobre o tema.
 O sofisticado repertório montado ao longo dos anos de constantes pesquisas dá a dimensão do trabalho que o trio vem desenvolvendo a passos largos e consistentes. O produtor e crítico musical Zuza Homem de Mello tem feito entusiasmados elogios ao grupo como sendo "o Fino do Jazz em Campinas", "com um repertório de um bom gosto insuperável" e assinou a produção do primeiro álbum do trio, que contou com participação especial de Roberto Menescal.
Do batucado manso da bossa-nova ao funkeado empolgante de grooves quentes, da batida pop dos hits americanos ao sincopado dos ritmos latinos, das melodias europeias ao chorinho, ao samba e à bossa nova, todas as cores musicais se agitam e saem com uma alegria contagiante do bojo encordoado dos instrumentos que fazem lembrar o swing francês nostálgico e dançante dos anos 30. A surpresa fica por conta de redescobrir a cada vez os mais consagrados temas através dos inusitados intercâmbios de linguagens musicais e dessa instrumentação singular e bem-humorada, que faz com que cada interpretação seja única.

Repertório:
1.    Minor Swing – Django Reinhardt / Stéphane Grappelli
2.    Djangology – Django Reinhardt
3.    Daphné – Django Reinhardt
4.    Nuages – Django Reinhardt
5.    Swing 42 – Django Reinhardt
6.    J’attendrai – Dino Olivieri
7.    All of me – Simons/Marks
8.    Embraceable you – George Gershwin
9.    Nature boy – Eden Ahbez
10. While my guitar gently weeps – George Harrison
11. Billie Jean – Michael Jackson
12. Manhã de carnaval – Luís Bonfá
13. Água de beber – Tom Jobim
14. Lamentos – Pixinguinha
15. As pastorinhas – Noel Rosa
16. Se é tarde me perdoa – Carlos Lyra
17. As rosas não falam – Cartola
18. Samba em prelúdio – Vinícius de Moraes/Baden Powell
19. Como uma onda no mar – Lulu Santos (SWING A LA PLAGE)
20. Concerto em Re Menor – Johann Sebastian Bach.

Para assistir a um clipe do grupo: https://www.youtube.com/watch?v=lsHlmaTkOS4.
O bar/restaurante Almanaque Café fica na Avenida Albino José Barbosa de Oliveira 1240, em Barão Geraldo, Campinas. Telefone: (19) 3249-0014.