Para pensar:

"Esta vida é uma estranha hospedaria,
De onde se parte quase sempre às tontas,
Pois nunca as nossas malas estão prontas,
E a nossa conta nunca está em dia."

Mario Quintana

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Com a pontualidade habitual, Congesa entrega SOHO neste sábado

Foto: divulgação.
A Congesa fará neste sábado a entrega do SOHO, empreendimento com arquitetura moderna e marcante inspirada no bairro de Nova York que leva o mesmo nome. No evento para clientes, convidados e imprensa, a Congesa apresentará o empreendimento com toda a área comum já mobiliada e decorada. A vistoria das unidades, realizada pela equipe técnica da construtora e os proprietários, já teve início essa semana.
Responsável pelo projeto do térreo, a arquiteta Cristiane Barnabé destaca que os ambientes ficaram sofisticados, aconchegantes e funcionais. "Usamos móveis modernos e bonitos, com materiais duráveis, e remetendo a algumas cores usadas no decorado, como o azul turquesa, mas a prevalência são os tons pastéis, que deixam os espaços chiques e neutros", explica. A entrega das áreas comuns decoradas mantém a linguagem da arquitetura do empreendimento e, principalmente, desonera o comprador que está envolvido com a quitação do imóvel e os custos da decoração de seu próprio apartamento.
A maestrina Sonia di Morais conta que não vê a hora de se mudar para o SOHO. "Já me emocionei na visita à obra, imagine agora, quando chegar e ver tudo pronto", diz ela.

Qualidade e confiança
Ao comprar um imóvel na planta, o cliente deposita toda sua confiança na construtora e incorporadora responsável pelo projeto. Entregar o imóvel pronto com qualidade, fidelidade ao projeto e pontualmente é a forma de retribuir essa confiança. Em seus quase 22 anos de história, a Congesa nunca atrasou nenhuma obra, o que comprova o compromisso assumido por toda sua equipe a cada novo lançamento.
Para quem planeja o futuro de forma segura, fazer negócio com uma empresa com esse histórico é certeza de que tudo será realizado conforme seus planos. "Eu e minha noiva estamos na expectativa da entrega e muito felizes por esse momento, é uma realização. Estamos 100% satisfeitos com a Congesa e com a atenção que recebemos", declara o cliente Carlos Baccan Netto.
Para a Congesa, a entrega de um empreendimento é resultado de muito esforço e a certeza do dever cumprido. Esse momento é um dos mais importantes para a empresa, pois é quando torna realidade o sonho de todos que confiaram em seu trabalho.

Curta-metragem dos alunos da Secretaria de Cultura na Revirada Cultural

Estreia de curta metragem Última Página, da oficina de roteiro, está entre
as atrações. Foto: divulgação
O curta-metragem Última Página, produzido pelos alunos da oficina gratuita de roteiro da Secretaria Municipal de Cultura, é uma das atrações da 5ª edição da Revirada Cultural RMC, no próximo dia 28, a partir das 20h, no Casarão Cultural Pau Preto. Ministrada por Marcos Otero em junho, a oficina teve uma carga horária de 30 horas e abordou conhecimentos teóricos e práticos para a elaboração de um roteiro de filme, finalizando com a execução do curta-metragem. Após a exibição do filme, haverá um bate-papo com os autores Letícia Marques, Sergio Eduardo Del Corso e Robson Fernandes (roteiro), Ingrid Amanda (arte), Matheus Henrique (produção) e Erika Domingos (atriz no papel principal).
O curta aborda a história de um escritor francês, Gauthier Tissot, que após a morte da esposa, não encontra inspiração para escrever. Decide então fazer uma viagem de trem e acaba conhecendo a jovem Nathalie, com quem se identifica pelos conflitos internos e ambos escrevem uma nova página em suas vidas. A entrada é gratuita. Informações: (19) 3894-1867.
Marcos Otero atua na área independente há 17 anos e já realizou mais de 40 filmes, entre curtas, documentários e o longa-metragem Catarina – A Lenda da Loira do Banheiro. De acordo com o diretor, o conteúdo da oficina ministrada na Secretaria de Cultura está dentro das tendências do mercado. “Não é apenas a tecnologia que avança a cada nova produção, a escrita do cinema, o roteiro na sua forma técnica. E o roteirista tem obrigação de conhecer esse avanço do seu ofício, ainda que, é claro, essa evolução não aconteça com a mesma velocidade que a tecnologia, mas deve seguir os padrões comerciais”, afirma Otero, que também é roteirista e script doctor em mais de 50 roteiros.
Atualmente, a Secretaria Municipal de Cultura possui 26 oficinas culturais gratuitas permanentes, com inscrições a cada início de semestre, que reúnem mais de 2.500 alunos de várias faixas etárias, inclusive da terceira idade. Em complemento, realiza ao longo do ano uma série de workshops, também com entrada franca, como o de roteiro com Marcos Otero, em áreas artísticas diversas como fotografia, cinema, música e literatura, entre outras.
A Revirada Cultural RMC, com apoio da Secretaria Municipal de Cultura e realização da Câmara Temática de Cultura da Região Metropolitana de Campinas, em parceria com a Secretaria de Estado da Cultura, tem como objetivo oferecer à população uma mostra de diferentes expressões culturais apresentadas por artistas locais. Confira a programação:

Programação Indaiatuba – 5ª Revirada Cultural RMC
28 de novembro – sexta-feira às 20h – Casarão Pau Preto
Exibição do curta-metragem Última Página

29 de novembro – sábado – Praça Dom Pedro II
9h – Orquestra de Viola Caipira da Secretaria Municipal de Cultura
10h – Peça O Desejo de Catirina – Cia. Os Itinerantes - Sinopse: Inspirado na lenda do Auto do Bumba Meu Boi, o espetáculo mistura em seu enredo drama e comédia, em uma fusão de teatro, dança, música e poesia. Na história, Catirina, grávida, deseja comer a língua do boi mais famoso da fazenda, obrigando Chico, seu marido, a pegar o boi do patrão e o colocando em um dilema. Como é o primeiro filho, Chico satisfaz seu desejo, mas quando descobre o sumiço do boi de estimação, o patrão obriga-o a trazê-lo de volta, promovendo depois grande festa para celebrar seu retorno e o nascimento da criança.
Direção: Gilson César
Elenco: Aládia Cintra, Danyel Simim Mautinho e Vanessa Viotte
Sonoplastia: Isaur Marcos
Classificação etária livre
Duração 55 minutos
11h – A Velha Arte do Samba
O grupo traz o melhor do bom e velho samba, da seresta, do choro, ressaltando os grandes compositores como Nelson Cavaquinho, Geraldo Pereira, Pixinguinha, Assis Valente, Dorival Caymi, Paulinho da Viola, Elton Medeiros, salvaguardando a simplicidade natural da boa música de raiz. É integrado por Nelson Fidélis (voz), Rildo Carvalho (violão 7 cordas), Dudu Baradel (cavaco), Mestre Edsinho (surdo e percussão geral), Marcelo Prata (pandeiro e percussão geral) e Adriano Amorim (bandolim).

Novíssima loja

Terceira geração da família Albertini à frente da Nova Loja, Karina recebeu
da tia, Vania e da mãe, Jeane, a missão de levar à frente a Finesse, mais um
fruto do trabalho de 42 anos no segmento de moda.
Foi inaugurada ontem na Rua 15 de Novembro 955, no Centro de Indaiatuba, a Finesse, novo empreendimento das irmãs Jeane e Vania Albertini no segmento de moda para festas. A loja será conduzida pela filha de Jeane, Karina, que praticamente nasceu dentro d'A Nova Loja.
Segundo Jeane, o novo espaço, mais confortável, foi planejado para oferecer à clientela um atendimento mais direcionado, mais tranquilo e voltado exclusivamente às mulheres (a Nova Loja também atende ao público masculino), além de modelos exclusivos.
"Buscamos novos diferenciais, mas sem perder de vista a tradição do atendimento e a confiabilidade e segurança que sempre foram nossas marcas registradas", disse Jeane.

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Handebol de Indaiatuba conquista medalha de bronze nos Jogos Abertos

Foto: divulgação.
A equipe de handebol masculino de Indaiatuba, apoiada pela Secretaria Municipal de Esportes, garantiu o terceiro lugar para o município na 78ª edição dos Jogos Abertos do Interior, disputados em Bauru. O grupo derrotou Presidente Prudente pelo placar de 31 a 25, sob a coordenação do treinador Pedro Bulgarelli. Nas demais modalidades, destaque para o futsal masculino, que venceu o time de Suzano por 4 a 2 e agora aguarda a definição do adversário para a segunda etapa da competição, a partir desta quarta (26). Já a malha finalizou sua participação com o 4º lugar no ranking geral por equipes.

Coral Madrigueiros encerra temporada musical da Fundação Ema Klabin em 2014

Divulgação.
No próximo sábado, 29 de novembro, às 16h30, o coral Madrigueiros (ex-Língua Solta) se apresenta na Fundação Ema Klabin pelo Programa Tardes Musicais. O show encerra a temporada musical da casa-museu em 2014, que prossegue no próximo ano com shows gratuitos de alto nível artístico.
Formado em 2008, sob a orientação musical e regência de Solange Assumpção, o grupo Madrigueiros tem como proposta o desenvolvimento de um repertório vocal aliado a outras linguagens artísticas enriquecedoras do trabalho musical, como a concepção cênica e coreográfica.
Em 2011, com a direção cênica de José Alessandre, o grupo criou o espetáculo De Amor, Sorte e Morte e, em 2012, Na Rua em que o Sol encontra a Lua. Em 2013 desenvolveu um repertório com  temática Paisagens interiores .

Chegue uma hora antes e visite a Casa-Museu mais bonita de São Paulo
Das 14h30 às 16h30, a Fundação Ema Klabin promove uma visita monitorada, onde além da beleza da casa, o público pode conferir as mais de 1500 obras de arte de grandes mestres mundiais e um jardim assinado por Burle Marx.

Serviço
Programa Tardes Musicais: Coral Madrigueiros
Data: 29/11/2014
Horário 16h30 - Lotação: 180 – Indicação Livre
Visita ao museu: Horário: 14h30 às 16h30
Entrada Franca
Local: Fundação Ema Klabin - Rua Portugal, 43 - Jardim Europa - São Paulo - Fone: (11) 3062-5245
http://emaklabin.org.br/.

El Tranvía traz um pedacinho do Uruguai para o Brasil

Foto: divulgação.
A vontade de compartilhar momentos prazerosos com os amigos e de saborear o asado (típico churrasco uruguaio no Brasil) fez com que uma família uruguaia estabelecida em São Paulo abrisse em 1997 a primeira unidade do El Tranvía. Localizado em uma pequena casa de vila no bairro Santa Cecília, o cantinho dos amigos e da família começou modesto, com apenas 26 lugares e oito funcionários.
O sabor da boa carne, aliado à hospitalidade dos uruguaios, começou a chamar a atenção e, em poucos anos, a pequena vila foi sendo tomada pelo El Tranvía, que incorporou casas vizinhas, construiu espaços, pátios e hoje é referência para atender seus clientes com primazia. Tudo sem perder a característica e o bom gosto da família que faz questão de manter as tradições da cozinha uruguaia, com cortes 100% importados do país vizinho, aliando duas paixões: o prazer de uma boa refeição e a excelência no atendimento.
O que começou como hobby tomou grandes proporções. Hoje o El Tranvía tem quatro casas: São Paulo, Alphaville (batizada de El Uruguayo), Campinas (shopping Iguatemi) e a mais recente delas na cidade de Sorocaba (shopping Iguatemi Esplanada).
O nome El Tranvía em português significa O Bonde, símbolo da marca. Antigamente, nas épocas de glamour do Rio de la Plata, quando o Uruguai era considerado a “Suiza” da América, o bonde era o principal meio de transporte. Esse nome foi uma forma de resgatar saudosas lembranças, caraterística marcante no povo uruguaio. Além disso, a primeira casa em São Paulo, em sua estrutura inicial, quando atendia apenas 26 pessoas, se assemelhava à área interna de um vagão, pois as mesas eram divididas por um corredor. “Logo, a associação, para nós que somos apaixonados pelo tranvía, foi inevitável”, conta o diretor Gabriel Mihaly.
O Uruguai pode ser sentido em cada cantinho das casas também pela decoração, que tem como um dos grandes atrativos obras de importantes artistas uruguaios. Em São Paulo, inclusive, há uma área especial dedicada a eles. Intitulada Espaço Cultural, a galeria de arte está anexa ao imponente bar e, além da permanente exposição de obras de artistas uruguaios, é também utilizada para lançamentos de livros, exposições e mostras.
O grande atrativo dos restaurantes com certeza é a carne, mas o grupo fez questão de ir além e de reproduzir em todas as casas a ideia inicial de aconchego e sofisticação. A preocupação é vista em cada detalhe arquitetônico, decorativo e no atendimento oferecido aos clientes. A intenção é que os mesmos o sintam como uma continuação das suas próprias moradias.

A carne uruguaia
Segundo o diretor do El Tranvía, a preocupação do grupo com a carne começa pelo menos três anos antes de chegar à mesa. “Nossas carnes são 100% importadas do Uruguai, de uma propriedade situada à beira do Lago do Rincón Del Bonete no Rio Negro, no Departamento (Estado) de Durazno. Cuidamos do animal desde que ele é bezerro até a hora do abate. É uma carne especial, que leva o nosso selo e tem o nosso padrão de qualidade. A raça escolhida foi a aberdeen angus, de origem escocesa. Essa raça, que teve uma excelente adaptação em terras uruguaias, é uma das mais antigas do mundo. Devido à geografia plana do país e à alimentação preferencialmente natural, o animal do Uruguai tem uma carne mais macia e textura diferente do que as encontradas no mercado brasileiro”, explica.
Mihaly conta ainda que mesmo depois do abate, a busca pela carne ideal continua.  “O frigorífico Sarubbi, um dos mais importantes do Uruguai, ainda faz a pré-seleção do marmorizado da carne, a medição do PH, que tem que ser ideal. Só depois disso, a carne é maturada, embalada com o selo El Tranvía e transportada para o Brasil”, detalha.
Para fazer o churrasco – ou asado, como é chamado pelos os uruguaios –, a receita também é bem diferente da brasileira. A carne é temperada apenas com sal refinado e assada na brasa da lenha nas tradicionais parrillas uruguaias. “Nada de sal grosso e carvão. Esse é o nosso segredo e receita para um churrasco saboroso, suculento e saudável”, ensina.
Dentre as carnes que merecem destaque no El Tranvía está o asado de tira, que é a famosa costela. Na versão uruguaia, ela recebe o corte transversal em ripas e fica apenas 10 minutos na parrilla. “Por si só é uma carne mais macia do que as costelas tradicionais do Brasil”, garante. Outro sucesso da casa é o Bife Uruguaio, que consiste no corte mais nobre do ancho e agrada a todos os paladares.
Tradicional no Uruguai e único no Brasil, o Matambrito suíno também tem encantado os clientes do El Tranvía. Servido como entrada, o corte exclusivo e fino é ideal para petiscar tomando uma cerveja bem gelada.
A casa ainda tem sua própria produção de chorizo, linguiça feita com carne bovina e suína, suavemente temperada e que segue a mais tradicional receita uruguaia.
Como acompanhamentos, várias opções chamam a atenção e prometem atender todo tipo de paladar. Mas os destaques ficam com as várias receitas de Papas (batatas), que são as favoritas no Uruguai e com a Parrilla de Vegetales, um mix de vegetais assados à lenha e que além de deliciosos, encantam pelo colorido.

Dulce de Leche
O doce de leite, o mais tradicional do Uruguai, também é importado para trazer aos brasileiros receitas típicas e irresistíveis. Panqueque de Dulce de Leche é uma panqueca de massa fina recheada generosamente com doce de leite e servida com sorvete. Outra opção é a Torta Alfajor, tradicional torta uruguaia com discos de massa crocante intercalados com doce de leite uruguaio, coberta com marshmallow e raspas de chocolate meio amargo.
O El Tranvía destaca ainda outra sobremesa uruguaia tradicional muito especial: o Chajá (nome de uma ave do Uruguai), composta por chantilly, suspiro e pêssego.

Vinho próprio                                                                                                                                 
A busca pela identidade própria do El Tranvía não parou na comida. O grupo dispõe de três rótulos especiais desenvolvidos pela vinícola Pisano, uma das mais tradicionais daquele país: La Tregua, La Tregua Reserva e Juan Fontana Reserva Especial.

El Tranvía Campinas
Em Campinas, o El Tranvía foi inaugurado em 30 de julho de 2013, no Iguatemi Campinas e foi a primeira unidade do grupo a se instalar em um shopping. Com decoração clássica, a casa dispõe da tradicional parrilla à lenha, dois salões principais, varanda, bar e área VIP, ideal para reuniões e encontros reservados com a família. O bar, em estilo inglês, é inspirado no Mercado del Puerto de Montevidéu. Tem uma réplica de seu famoso relógio e é perfeito para apreciação de entradas, drinks e cervejas importadas. Em meio a um de seus salões está instalada uma “gaiola” de metal, inspirada no Rosedal do Jardim Botânico de Montevidéu. E para levar seus clientes ainda mais para o clima uruguaio, assim como as demais unidades, as paredes do restaurante são decoradas com obras de importantes artistas daquele país.

Serviço
El Tranvía - Unidade Campinas
Local:  3º piso do Iguatemi Campinas
Horário: De segunda a quarta-feira das 11h30 às 23h30; de quinta a sábado das 11h30 à meia noite e aos domingos das 11h30 às 23h
Informações e reservas: (19) 3294-1345
Formas de pagamento: dinheiro e cartões de crédito ou débito (todos)
Estacionamento: R$6,00 (sem manobrista).

Centro de Arte Flamenca reflete sobre a carreira da bailaora e professora Lu Garcia em espetáculo de final de ano

Crédito da foto: Daniela Eloy.
O Centro de Arte Flamenca (CAF) entra em cena para o seu espetáculo de final de ano e tem a carreira da bailaora e professora Lu Garcia como fonte de inspiração. Ciclo será apresentado no dia 1º de dezembro às 20h30, no Teatro Brasil Kirin, no Shopping Iguatemi Campinas e promete emocionar ao promover um paralelo da lenda da fênix com a história da primeira profissional a ministrar exclusivamente flamenco em Campinas. O espetáculo discorre sobre as fases da vida: nascer, morrer e renascer de suas próprias cinzas.
Com 33 anos como professora de dança, entre balé e flamenco, Lu Garcia, pioneira em fundar uma escola que vive, respira e divulga somente o flamenco na cidade, afirma que se recria e refaz sua carreira incessantemente e que busca sempre novas propostas para essa arte. “Mais uma vez, estou me reorganizando e me refazendo como profissional. Renasço das minhas próprias cinzas e vou aprendendo e crescendo constantemente”, afirma.
A cada ano, o Centro de Arte Flamenca se supera na qualidade de suas apresentações. Este espetáculo de final de ano, ápice das ações da escola, inovará com projeção de vídeo mapping, que é uma técnica que mapeia a superfície da área a ser projetada por um software que reconstrói o espaço real adicionando um espaço virtual, promovendo ilusões ópticas, dimensões extras e noção de movimento em objetos estáticos. Além dessa novidade, o espetáculo do CAF contará com a bailarina Mirella Martyniak, convidada para fazer no palco uma coreografia surpreendente.
“É o maior momento em que os alunos, professores e músicos extravasam tudo o que o flamenco significa para si e o público é testemunha de como essa arte é capaz de motivar, alegrar e transformar alguém”, observa Lu.
O espetáculo Ciclo tem aproximadamente 1 hora e 15 minutos de duração. Participam desta edição os músicos Gabriel Soto, na guitarra, Fernando de Marília, na guitarra e no cante, Luciano Khatib, no cajón e Carolina da Mata, nas palmas.
O roteiro e concepção do espetáculo são de autoria de Lu Garcia e de Felipe Chepkassof. A direção geral é de Lu Garcia.

Interrupção
Lu Garcia ficou sem dançar e sem dar aulas por três anos, mas permaneceu como diretora do Centro de Arte Flamenca, administrando professores, calendário de aulas e toda a programação periódica de incentivo à arte que a escola promove ao longo do ano. Inicialmente, a interrupção se deu pelo rompimento do menisco do joelho esquerdo, que lhe causava dor e inchaço, limitando seus movimentos. A ausência dos tablaos e das salas de aula foi postergada com a doença e a morte do seu pai em 2011, que entristeceu imensamente a profissional. “Me mantive nos bastidores e também considero esse tempo como muito bom. Pude ajudar com mais afinco a equipe técnica envolvida na escola, nos eventos periódicos e nos espetáculos. Gostei de ficar fora dos palcos, mas ando tendo vontade de voltar a dançar!”, entrega Lu Garcia.
Recentemente, a professora voltou a dar aulas para uma turma de castanholas. “Isso me fez muito bem; amo minhas meninas e com elas tenho um retorno incrível”. A volta gradativa da profissional caminha para o retorno total e o público pode aguardar novidades para 2015. “Sou flamenca e não desisto nunca”, brinca a bailaora.

Serviço
Espetáculo Ciclo – Centro de Arte Flamenca
1º de dezembro, às 20h30
Local: Teatro Brasil Kirin, no Shopping Iguatemi Campinas
Ingressos: R$60,00 (inteira no dia), R$40,00 (inteira antecipado) e R$30,00 (meia entrada). À venda na bilheteria do teatro e pelo www.ingresso.com.
Informações: no Teatro Brasil Kirin - (19) 3294-3166 / www.teatrobrasilkirin.com.br
Centro de Arte Flamenca - (19) 3243-6019 ou www.centrodearteflamenca.com.

Secretaria de Desenvolvimento inicia cadastro para Catálogo das Indústrias 2015

Foto: arquivo - SCS/PMI.
A Secretaria Municipal de Desenvolvimento informa que as empresas interessadas em participar do Catálogo das Indústrias 2015 já podem fazer o cadastro no site da Prefeitura até o dia 20 de fevereiro de 2015. A inscrição é gratuita e deve ser feita neste link.
Conforme informou o secretário de Desenvolvimento, Renato Orlando Stochi, o objetivo do Catálogo é divulgar as empresas existentes no município e os produtos produzidos por elas, além dos insumos utilizados para produção.
As empresas que se cadastrarem terão um espaço para divulgação de seus dados, logomarca, produtos e insumos e também poderão utilizar o catálogo para localizar empresas de seu interesse para futuras negociações.
O catálogo é direcionado apenas a empresas do setor industrial instaladas em Indaiatuba. Organizado por setores, a publicação facilita a identificação das indústrias e, o mais importante, é confeccionado e distribuído de forma gratuita sem nenhum custo para as participantes. A primeira versão do Catálogo das Indústrias foi em 2011.
Mais informações pelos telefones (19) 3834-9360 / 3834-9369 ou pelo endereço eletrônico desenvolvimento@indaiatuba.sp.gov.br.

Alunos do projeto Oficinas Culturais fazem apresentação final sexta-feira

Foto: Geovane Cougo.
A terceira edição do projeto Oficinas Culturais faz a apresentação final desse ano na sexta-feira, dia 28, às 14h, na Escola Municipal Sylvia Teixeira Camargo Sannazzaro. O projeto, que teve início em fevereiro e agora apresenta o trabalho final, ofereceu oficinas de capoeira, dança e coral para 260 crianças e adolescentes de escola pública de Indaiatuba. O projeto é patrocinado pela Fundação John Deere por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet) e desenvolvido pela Direção Cultura com o apoio da Prefeitura de Indaiatuba.
As Oficinas Culturais contemplam crianças e adolescentes da rede pública de ensino fundamental (2º e 3º anos). Todas as oficinas buscam desenvolver a sensibilidade artística e despertar a imaginação e musicalização.
As aulas de musicalização e canto coral, colocaram os alunos em contato com a realidade sonora, despertado principalmente através da voz a sensibilidade artístico-musical. O conteúdo e o repertório trabalhados em sala, com o tema Seres Aquáticos, trouxeram discussões sobre o habitat desses animais, a alimentação e suas características. Além disso, foram apresentadas pinturas ilustrativas sobre o tema, principalmente da época impressionista, como Vlaminck (As barcas), Pierre P. de Chavannes (O Pobre Pescador), P. Signac (Cedo ou Brisa) e Seurat (A ponte de Courbevoie).
A oficina de Capoeira do Grupo Anjos do Sol, Equipe Mandingueira (foto), trabalhou a conscientização da prática dessa atividade, através de demonstração dos movimentos de alongamento, aquecimento, ataque e defesa, que estimulam a rapidez, o raciocínio e a destreza corporal. Além disso, as aulas trouxeram exercícios com toque de instrumentos (berimbau, pandeiro e atabaque), cantigas de capoeira, samba de roda e maculelê, uma espécie de ritual que simula a batalha de zumbi.
As aulas de dança trabalharam atividades de coordenação motora através do balé clássico. Além disso, foram apresentados elementos de alongamento, contato e improvisação. Como recurso adicional, foram exibidos vídeos de balé clássico de repertório, a fim de priorizar a história da arte. Os alunos puderam desenvolver ritmo, musicalidade, movimentação, expressão corporal e trabalhos coreográficos em grupo.  Ao final, houve um enfoque para trabalhos coreográficos, preparando os alunos para as apresentações de palco.

Câmara realiza Sessão Solene para entrega de títulos dia 9

Foto: ACS/CMI.
A Câmara Municipal de Indaiatuba realiza dia 9, às 19h30, como parte das comemorações dos 184 anos de Indaiatuba, Sessão Solene para a outorga de títulos e honrarias. A comemoração será conduzida pelo presidente do Legislativo, o vereador Luiz Alberto ‘Cebolinha’ Pereira, com a participação de todos os vereadores da Casa. A Sessão Solene é aberta a toda a população.
Os currículos de todos os homenageados foram submetidos à Fundação Pró-Memória de Indaiatuba. Os títulos foram votados e aprovados por todos os vereadores da Casa e agora serão entregues, conforme Decreto Legislativo. Ao todo, serão entregues três Títulos Honoríficos: Esportista do Ano, Cidadão Indaiatubano e Cidadão Benemérito ‘Dr. Caio da Costa Sampaio’.
Recebe o Título Honorífico de “Esportista do Ano”, o atleta de kickboxing Márcio José Navarro, honraria concedida pelo vereador Maurício Baroni Bernardinetti.
Luiz Alberto ‘Cebolinha’ Pereira entrega o título de “Cidadã Indaiatubana” à ativista na luta contra o câncer Joanna Victoria Ferreira Joly (foto).
Já o empresário Athos Mazzoni recebe o título “Dr. Caio da Costa Sampaio” das mãos do vereador Maurício Baroni.
Durante esta Sessão Solene, a Prefeitura também realiza – no mesmo horário e local –, a entrega dos títulos honoríficos “Medalha João Tibiriçá Piratininga” e “Funcionário Padrão”. A Câmara fica na Rua Humaitá, 1167 (Centro).

Currículos
Márcio José Navarro, Esportista do Ano, nasceu em Campinas, no dia 19/09/1978. Filho Maria Celina de Oliveira Navarro e Mocyr Navarro, ele é casado com Elisabeth Robson Navarro e pai de Ian, Iasmin, Ionah e Isaias. Sua história no esporte kickboxing completa 21 anos. O atleta já conquistou alguns dos principais títulos dentro do esporte, como: 3 vezes Campeão Paulista de Kickboxing, 3 vezes Campeão Brasileiro de Kickboxing, 2 vezes Campeão Sul-Americano de Kickboxing e Campeão Mundial de Kickboxing.
Joanna Victória Joly nasceu em Ariranha – SP, no dia 25/06/1936. Filha de Marcelina Delfina de Sant'Ana e Pedro Ferreira Pinto ela é casada com Geraldo Joly e mãe de José Geraldo, Maria Esther e Júlio César. Participou da Rede Pública de Combate ao Câncer de 1982 a 1994, é atual vice-presidente e uma das fundadoras da Volacc. Esse trabalho de assistência aos pacientes e familiares que enfrentam o câncer existe há 24 anos e é principalmente por seu trabalho à frente da entidade que Joanna recebe o título.
Athos Mazzoni nasceu em Indaiatuba, no dia 31/03/1939. Filho de Olímpia Bonito e Orestes Mazzoni, ele é casado com Nadyr Maria Farinello Mazzoni, e pai de Athos Mazzoni Junior, Marcelo e Solange. Seu primeiro emprego foi na indústria da família; depois trabalhou como bancário e, por fim, foi proprietário do Restaurante Imperial, um dos mais famosos de Indaiatuba. Sempre fez questão de praticar filantropia: participou do Rotary Club, Lions Club, APAE, OAB e trabalhou voluntariamente em asilos e orfanatos da cidade. Foi vice-presidente do Clube 9 de Julho e vice-presidente do Esporte Clube Primavera. Por sua trajetória de destaque em ações voltadas para o Município é que ele recebe o título “Cidadão Benemérito Dr. Caio da Costa Sampaio”.

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Jogos Abertos: Indaiatuba é campeã por equipes no feminino no ciclismo e na natação PCD

O diretor de Esportes de Alto Rendimento da Secretaria de Esportes, 
Rafael de Oliveira e Silva e a preparadora física da delegação indaiatubana 
Daniela Oliveira recebem o troféu do 1º lugar para a equipe feminina de 
ciclismo, em Bauru. Foto: divulgação.
Indaiatuba conquistou pela primeira vez o 1º lugar geral por equipes na categoria ciclismo feminino e venceu novamente na natação PCD feminino na 78ª edição dos Jogos Abertos do Interior, disputados em Bauru até o próximo dia 29. De acordo com o treinador de ciclismo Armando Camargo, contribuíram para o feito o desempenho geral da equipe ADI/Secretaria Municipal de Esportes e as seis medalhas conquistadas na competição: ouro no mountain bike para Ana Luisa Panini, prata para Ana Rafaela Kosak e Daniela Lionço na Velocidade por Equipe, que levou também prata no Critério por Pontos e Eliminação, prata para Genildes Fernandes Silva na Resistência e bronze para Daniela na Velocidade Individual e na Resistência. “É importante ressaltar que este resultado é fruto do esforço de todo o grupo, mesmo as demais atletas que não chegaram a obter medalhas, como Bárbara Bianca, a Laís Saez e a Taís Camila, colaboraram com pontos nas provas que nos asseguraram a vitória; estão todas de parabéns”, completa o treinador. Na natação PCD masculino, a cidade levou o 3º lugar por equipes. No atletismo, outra novidade foi a medalha de ouro de Fábio Vaz dos Santos nos 110m com barreiras.
No total, Indaiatuba já conta com 37 medalhas, sendo 19 de ouro, 10 de prata e oito de bronze. Entre as competições em andamento, malha venceu Pedreira por 30 a 20, Ourinhos por 74 a 72 e Hortolândia por 108 a 66. Já o handebol masculino venceu Cerquilho por 32 a 12 e Itatiba por 23 a 17. O xadrez feminino derrotou Adamantina por 6 a 1. Em partida disputada nesta segunda (24), a equipe de futsal masculino ADI/Secretaria Municipal de Esportes ganhou de Mairinque por 6 a 2.

Quadro de medalhas de Indaiatuba – atualizado até 23 de novembro

Karatê
José Nunes Moraes Neto – medalha de ouro na categoria Médio 70 a 75kg
Audrey Fais – medalha de bronze na categoria Pena até 53kg

Ciclismo
Ana Rafaela Kosak e Daniela Lionço - medalha de prata na prova de Velocidade por Equipe
Daniela Lionço - medalha de bronze na Velocidade Individual, medalha de bronze na Resistência e medalha de prata na prova Critério por Pontos e Eliminação
Genildes Fernandes Silva – medalha de prata na Resistência
Ana Luisa Panini – medalha de ouro no Mountain Bike

Atletismo
Fábio Vaz dos Santos – medalha de ouro nos 110m sobre barreiras

Natação PCD
Cecília Kethlen – medalha de ouro nos 100m livre, medalha de ouro nos 50m livre e medalha de ouro nos 100m borboleta
Maria Nubea Lins – medalha de prata nos 100m livre, medalha de prata nos 100m costas e medalha de prata nos 100m peito
Jonathan Mendes – medalha de bronze nos 100m livre, medalha de prata nos 50m livre e medalha de bronze nos 50m borboleta
João Pedro Leite – medalha de bronze nos 100m livre, medalha de prata nos 100m costas e medalha de ouro nos 50m borboleta
Ronaldo Bezerra – medalha de prata nos 100m livre e medalha de ouro nos 100m peito
Caroline Werneck – medalha de ouro nos 100m costas e medalha de ouro nos 100m peito
Lucas Mozela – medalha de ouro nos 100m costas, medalha de ouro nos 100m peito e medalha de bronze nos 50m livre
Felipe Caltran – medalha de ouro nos 100m costas, medalha de ouro nos 100m borboleta e medalha de prata nos 100m
Mariana Garcia – medalha de ouro nos 200m livre
Fernando Santos – medalha de ouro nos 200m livre
Helder Von Ah – medalha de bronze nos 100m peito
Brenda Lia – medalha de ouro nos 100m borboleta, medalha de ouro nos 100m peito e medalha de ouro nos 50m livre
Indaiatuba participa da 2ª divisão dos Jogos Abertos do Interior nas modalidades atletismo (19 a 22 de novembro), capoeira (27 e 28 de novembro), ciclismo (19 a 24 de novembro), futsal (23 a 29 de novembro), ginástica artística (23 a 28 de novembro), handebol (19 a 25 de novembro), karatê ( 19 e 20 de novembro), malha (19 a 25 de novembro), natação (23 a 26 de novembro), taekwondo (25 e 26 de novembro) e xadrez (24 a 29 de novembro).
Informações e resultados podem ser acompanhados no site oficial www.jogosabertosbauru2014.com.br.

Corrida Cidade de Indaiatuba acontece dia 14 de dezembro

Foto: Arquivo Adriana Panzini – SCS/PMI.
A Secretaria Municipal de Esportes promove no próximo dia 14 de dezembro a 20ª edição da Corrida Cidade de Indaiatuba, tradicional evento esportivo que marca o aniversário da cidade, comemorado em 9 de dezembro. A programação começa às 8h em frente ao Paço Municipal, com os alunos do projeto Esporte Cidadão realizando uma prova simbólica como parte do festival de atletismo do programa; às 8h30 acontece a largada para a corrida de 10km e 5km nas categorias masculina e feminina e caminhada de 5km, com pontos de hidratação ao longo dos percursos em torno do Parque Ecológico. No total, são 2.000 vagas para a corrida e 500 vagas para a caminhada.
As inscrições são gratuitas, realizadas apenas via Internet e previstas para iniciar no dia 4 de dezembro, em link disponível no site da Prefeitura (www.indaiatuba.sp.gov.br), onde também será possível consultar o regulamento completo da competição. Interessados devem ficar atentos, pois as vagas costumam se esgotar em poucas horas. Os participantes receberão camiseta do evento e medalha. Para a corrida de 10km, haverá premiação em dinheiro do 1º ao 3º lugar. Para garantir a tranquilidade dos atletas e do público em geral, a corrida terá o suporte da Guarda Municipal, Polícia Militar, Demutran e Secretaria Municipal de Saúde. Esta edição tem o patrocínio da SEW Eurodrive Brasil e da Fundação Toyota. Informações: (19) 3825-6270.

Cmdca realiza 10ª Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente dia 28

Adicionar legenda
O Cmdca (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente) realiza na próxima sexta-feira (28), das 8h às 13h, no Centro de Convenções Aydil Pinesi  Bonachela, a 10ª Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, com o tema a  Política e Plano Decenal dos Direitos Humanos da Criança e do Adolescente – Fortalecendo os Conselhos de Direitos da Criança e do Adolescente
Os interessados devem fazer suas inscrições somente através do e-mail cmdca2.cmi@terra.com.br até o dia 25/11, passando seu nome completo e idade.
A palestra da conferência será ministrada por Eliana Aparecida Gonçalez Albonette Frois, Doutora em Serviço Social pela PUC/SP com especialização em Terapia Familiar e atuação por 18 anos como Assistente Social do Judiciário na Vara da Infância, Família e Sucessões do Fórum da Comarca de Palmital.
O Centro de Convenções está situado na Rua das Primaveras nº 210, Jardim Pompéia.

Programação
8h – Credenciamento
8h15 – Abertura e composição da mesa
8h40 – Leitura do Regimento Interno
9h – X Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente com o Tema Política e Plano Decenal dos Direitos Humanos da Criança e do Adolescente – Fortalecendo os Conselhos dos Direitos da Criança e do Adolescente
10h30 – Coffee Break
10h45 - Debate
11h30 - Grupos
12h – Plenário
12h30 – Eleição Delegados
13h – Encerramento.

XI Corte a Fome


segunda-feira, 24 de novembro de 2014

SESI Campinas apresenta o show ‘Movimentando o Hip Hop’

Foto de Felipe Santos.
O grupo Parábola se propõe a apresentar os quatro elementos da cultura Hip Hop: o break, o movimento do corpo por meio da dança. O MC, a consciência, o pensamento. O DJ, a alma, a essência e a raiz. O grafite, a expressão da arte, o meio de comunicação de uma geração. O projeto foi idealizado com o intuito de promover entretenimento cultural de forma pacífica e harmoniosa, com ampla participação popular, incentivando a prática de um encontro artístico e contribuindo para o desenvolvimento das pessoas.
O Grupo Parábola surgiu em 2001, como grupo da nova geração do rap nacional, diretamente do bairro de Itaquera, zona leste de São Paulo. O nome Parábola (ou metáforas) é considerado diferente, porém, com significado forte, sendo “baseado na vida de Jesus, que com sua imensa sabedoria ensinava as pessoas através de parábolas, ou histórias com linguagens figurativas”.

Ficha técnica
DJ,Vocal de apoio: Filippe Leonardo Geromin do Nascimento (DJ Lipe)
MC, Vocal: Maykon Robinson de Assis Lebrão (Maykon)
MC, Vocal: Fabio Coelho da Silva (Biofa)
Guitarristas, Vocal: Francisco de Oliveira (Francisco Oliveira )
Vocal de apoio: William Carlos Brazolim (Will Brazolim)
Tecladista: Neris Lopes dos Santos Junior (Neris Jr.)
Baterista, Beat Box: Maurílio Santiago (Pé Beat Box)
               
Serviço
Espetáculo Movimentando o Hip Hop
Local: SESI Campinas – Amoreiras: Av. das Amoreiras, 450, Campinas
Data e horário: 28 de novembro, sexta, às 20h
Duração: 90 minutos
Classificação indicativa: 14 anos 
Gênero: Música Popular
Mais informações: (19) 3772-4100
Entrada gratuita – os ingressos serão distribuídos na semana do espetáculo na Secretária Única do SESI Campinas Amoreiras às quartas e quintas, das 8h às 20h e às sextas e sábados das 8h às 16h.
No dia do espetáculo, duas horas antes da sessão, os ingressos restantes serão distribuídos na entrada do teatro, sem a possibilidade de escolha de lugar.

Big Band Na Gaveta encerra 3º Grandes Bandas Grandes

Foto: Débora Branco.
O Almanaque Café recebe na quarta-feira, dia 26 de novembro, a apresentação da Big Band Na Gaveta. A apresentação encerra a edição deste ano do festival Grandes Bandas Grandes.
A Big Band Na Gaveta foi formada no ano de 2005 e vem desenvolvendo um trabalho consistente, explorando ao máximo a capacidade e peculiaridade de cada músico e desenvolvendo uma linguagem uniforme e inovadora, com arranjos e composições feitos especialmente para o grupo.
Um dos objetivos dessa big band é pesquisar uma nova sonoridade dentro dessa peculiar formação instrumental, mostrando um trabalho de composição instrumental moderno, que mescla elementos da música popular e erudita, tanto na exploração de texturas musicais quanto na forma e estrutura das composições.
Fugindo do tradicional estilo das big bands, com uma formação menor que a tradicional, a Na Gaveta traz como influência a música das contemporâneas Dave Holland Big Band e Maria Schneider Orchestra, apresentando as composições de Emiliano Sampaio, Marcelo Fernandes e Tiago Pallone gravadas em seu primeiro CD, intitulado Atemporal e releituras de Tom Jobim, Chico Buarque, Miles Davis, além das composições mais atuais.
Vale Dizer que a Big Band Na Gaveta foi vencedora do V Festival Botucanto Instrumental com a composição Suíte para o Arnaldo, no ano de 2008.
O Almanaque Café fica na Avenida Albino José Barbosa de Oliveira 1240, em Barão Geraldo, Campinas). O telefone é (19) 3249-0014 .

Karatê garante primeiro ouro de Indaiatuba nos Jogos Abertos

Equipe de karatê de Indaiatuba e o atleta Malcom Ramos, de atletismo: 
medalhistas na competição. Foto: Eliandro Figueira – SCS/PMI.
A equipe de karatê de Indaiatuba, apoiada pela Secretaria Municipal de Esportes, garantiu a primeira medalha de ouro para o município durante as provas desta quinta (20) na 78ª edição dos Jogos Abertos do Interior, em Bauru. José Nunes Moraes Neto ficou com o 1º lugar na categoria Médio 70 a 75kg. Na mesma modalidade, Audrey Fais levou a medalha de bronze na categoria Pena até 53kg. O dia registrou vitória para cidade também no atletismo, onde Malcom Cezar Ramos conquistou medalha de bronze na categoria Arremesso de Peso classe F55. Com estes resultados, Indaiatuba já contabiliza cinco medalhas, com a prata e o bronze obtidos pelo ciclismo nos dois primeiros dias de provas.
O handebol masculino voltou a campo e venceu novamente, desta vez a equipe de Mairinque, pelo placar de 55 a 2. Malha também retomou a disputa e obteve nova vitória, com 28 a 12 contra Jales.
Indaiatuba participa da 2ª divisão dos Jogos Abertos do Interior nas modalidades atletismo (19 a 22 de novembro), capoeira (27 e 28 de novembro), ciclismo (19 a 24 de novembro), futsal (23 a 29 de novembro), ginástica artística (23 a 28 de novembro), handebol (19 a 25 de novembro), karatê ( 19 e 20 de novembro), malha (19 a 25 de novembro), natação (23 a 26 de novembro), taekwondo (25 e 26 de novembro) e xadrez (24 a 29 de novembro).
Informações e resultados podem ser acompanhados no site oficial www.jogosabertosbauru2014.com.br.

Manhãs da Inovação: Case Embraer de Inovação

O GAIA – Grupo de Apoio à Inovação e Aprendizagem em Sistemas Organizacionais do Centro de Tecnologia da Informação “Renato Archer” promove gratuitamente no dia 4 de dezembro mais uma edição das Manhãs da Inovação. O tema desta edição será Case Embraer de Inovação, que tem como propósito refletir sobre inovação, competitividade e qualidade de vida do trabalhador, a partir do modelo da empresa Embraer, nacionalmente reconhecida pela gestão corporativa inovadora.
Além da apresentação do Case Embraer de Inovação, o evento contará com a exposição dos resultados de uma pesquisa sobre o perfil das empresas inovadoras no Brasil e de uma mesa redonda, com a participação da plateia. Serão emitidos certificados, válidos como atividade extracurricular.
 Caso encontre dificuldade para realizar sua inscrição, entre em contato através do e-mail gaia@cti.gov.br ou pelo telefone (19) 3746-6138.
Uma prévia do vídeo da Manhã da Inovação realizada no último dia 7 de outubro com a 3M pode ser acessado no YouTube através do link https://www.youtube.com/watch?v=MY6dSdtG2bQ&feature=em-upload_owner.

Bruno Mothe domingo no Café com Música do Fran's


2ª Exposição Nacional de Orquídeas acontece em Indaiatuba

Divulgação.
O Clube 9 de Julho sedia, pelo segundo ano consecutivo, a Exposição Nacional de Orquídeas de Indaiatuba, que acontece de 28 a 30 de novembro no salão social. O evento, realizado pela Associação Indaiatubana de Orquidófilos (AIO) e coordenado pela Coordenadoria das Associações Orquidófilas do Brasil (CAOB), contará com participantes de mais de 30 cidades e aproximadamente 200 expositores.
De acordo a organizadora Elaine Stahl, a exposição é para todo tipo de público, desde expositores, vendedores e apreciadores das flores, que terão um ótimo espaço para a observação de cerca de mais de 1,1 mil orquídeas. "O visitante terá a oportunidade de conhecer plantas que são incomuns em sua cidade e apreciar uma variedade de flores", ressalta Elaine.
Ainda segundo a organizadora, a expectativa desse ano é que se tenha mais público, mais plantas, mais vendedores e mais expositores, promovendo a integração entre regiões e o público fã de orquídeas.
A avaliação do júri ocorrerá antes da abertura ao público, no primeiro dia do evento (28) e será realizada por profissionais capacitados pela COAB. As plantas que conseguirem as melhores notas serão expostas em um pódio. O acesso aos visitantes se dará na sexta-feira (28), a partir das 19h; no sábado (29), das 9h às 21h e no domingo (30), das 9h às 17h. A entrada será gratuita e haverá venda de orquídeas durante todo o evento.
Mais informações no Clube 9 de Julho, pelo telefone (19) 3875-9833, ou no Sindicato Rural de Indaiatuba, pelo telefone (19) 3875-9112.

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Indaiatuba conquista primeiras medalhas nos Jogos Abertos com ciclismo feminino

Equipe de handebol masculino estreou com vitória contra Botucatu. 
Foto: Eliandro Figueira – SCS/PMI.
A equipe de ciclismo feminino ADI/Secretaria Municipal de Esportes garantiu as primeiras medalhas para Indaiatuba na 78ª edição dos Jogos Abertos do Interior, que acontecem até o próximo dia 29 de novembro em Bauru. As atletas Ana Rafaela Kosak e Daniela Lionço conquistaram a medalha de prata para o município na prova de Velocidade por Equipe nesta quarta (19), com o tempo final de 39”332. Ontem (20), Daniela Lionço subiu novamente ao pódio ao alcançar a medalha de bronze na Velocidade Individual. A coordenação é do técnico Armando Camargo. Também estrearam com vitórias para a cidade as equipes de handebol masculino, que venceu Botucatu por 38 a 18 e malha, que derrotou Fernandópolis por 30 a 20.
Indaiatuba participa da 2ª divisão dos Jogos Abertos do Interior nas modalidades atletismo (19 a 22 de novembro), capoeira (27 e 28 de novembro), ciclismo (19 a 24 de novembro), futsal (23 a 29 de novembro), ginástica artística (23 a 28 de novembro), handebol (19 a 25 de novembro), karatê ( 19 e 20 de novembro), malha (19 a 25 de novembro), natação (23 a 26 de novembro), taekwondo (25 e 26 de novembro) e xadrez  (24 a 29 de novembro). 
Informações e resultados podem ser acompanhados no site oficial www.jogosabertosbauru2014.com.br.

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Clube 9 de Julho realizará Baile de Réveillon

O Clube 9 de Julho realizará no dia 31 de dezembro, a partir das 22h, o Baile de Réveillon 2015, em seu Salão Social. A animação ficará por conta da Banda Mistura Paulista e o Buffet será assinado pelo Tukka's Restaurante.
No cardápio, a entrada contará com patês, diversos tipos de queijos, salame e lombo canadense, e uma variedade de saladas. Como prato principal, arroz com passas, arroz branco, peito de peru à Califórnia, maminha ao molho madeira, rondelle quatro queijos ao molho branco e creme de lentilha. De sobremesa, bolo de nozes com sorvete de creme. As bebidas serão cobradas à parte, mas cada mesa receberá como cortesia uma garrafa de espumante.
Os ingressos para o Baile de Réveillon já estão à venda e custam R$80 associado e R$40 para crianças associadas, de 7 a 14 anos. Os ingressos para convidados sairão a R$130 e, para crianças convidadas de 7 a 14 anos, R$65. Crianças associadas ou não, de até 6 anos, não pagam. Ao todo serão disponibilizadas 100 mesas para o evento. 

Na 28ª edição, Baile do Hawaii terá como tema o arquipélago que deu origem ao seu nome
Ainda muito tímida, a primeira edição do Baile do Hawaii aconteceu no ano de 1986 e não demorou muito para cair no gosto popular. Na época, o então presidente da diretoria, Antonio Girardini, teve a ideia de fazer um evento que remetesse à famosa Ilha Porchat, localizada na cidade litorânea de São Vicente. Foi aí que surgiu o Baile do Hawaii, que em sua estreia foi realizado na antiga sede social, localizada no Centro de Indaiatuba e que a cada ano foi conquistando cada vez mais adeptos.
Já no seguinte o evento foi transferido para o Clube de Campo e foi realizado no piso inferior do Parque Aquático, remetendo assim a um ambiente mais parecido com a proposta inicial, que era fazer com que as pessoas realmente se sentissem à beira mar. Com o passar do tempo, a diretoria do Clube decidiu criar novos ambientes dentro do evento, surgindo assim uma área voltada ao público mais jovem (piso inferior) e uma outra só para o público mais velho (piso superior).
No ano de 2005, além dos dois palcos, criou-se mais um espaço para o público jovem, com o ambiente tecno, que já teve, inclusive, uma pista flutuante, montada sobre a piscina do piso inferior.
Um capítulo à parte é a decoração da festa, que há quase 20 anos é assinada por Jimmy Silva, do SpazioScenico, que sempre traz novidades, trabalhando temas criativos e que surpreendam o público. "Ao longo deste tempo sempre procurei buscar inspiração no cotidiano e até mesmo em algumas viagens que realizei, para alcançar o resultado, sempre procurando superar as expectativas", ressalta Jimmy.
Este ano a decoração remeterá ao tema que deu o nome ao Baile; por isso, Jimmy afirma que quem estiver lá se sentirá realmente no Hawaii. O decorador adianta que, entre outras peças, será possível reconhecer as carrancas havaianas e encontrar um vulcão no piso inferior. "Esta será a festa que todo mundo está esperando", completa o decorador.
Em quase três décadas de evento, passaram pelos palcos do Parque Aquático bandas que tocam nos melhores eventos do país; entre elas, Orquestra Sérgio Weiss, Faixa Nobre, Santa Maria, American Tropical Band, Estrela Super Som, Revolution, New Yord Banda Show e Jair Super Cap. Além disso, ao longo destas 27 edições, mais de 100 mil pessoas já prestigiaram o evento, que se tornou referência em Indaiatuba e toda região.
Quem nunca perdeu sequer uma edição é o corretor de imóveis Ed Peres, que começou a frequentar o baile ainda criança, junto com os pais. "Não faltei em nenhuma edição e todas foram muito boas. O evento vem melhorando e evoluindo a cada ano, trazendo coisas boas tanto para associados quanto para a população de Indaiatuba. Espero que continue assim, e que este ano seja uma bela festa", afirma o corretor, que também é associado do Clube 9 de Julho.
Este ano a festa, que terá como tema Uma noite nos mares do Sul, Aloha Honolulu, acontece no próximo dia 22 de novembro, a partir das 22h, no Parque Aquático. O evento contará ainda com um mix de frutas e sorvetes, apresentações com a banda Jair Supercap Show, que retorna aos palcos do Clube, o grupo Pintou o Samba e os DJs Rodrigo Bramucci e Tom Hopkins, no comando das pick ups. No cardápio, a tradicional mesa de frutas com mix de maçã, banana, melancia, melão, laranja, abacaxi, kiwi, uva, goiaba e pêssego, além de cinco diferentes sabores de sorvetes Fruity e o tradicional ula-ula.
Durante a realização da festa, o Clube 9 de Julho contará com o apoio da Sanare Serviços de Saúde e a censura do evento é de 16 anos. Importante ressaltar que não será permitida entrada com garrafas de bebidas. O Clube 9 de Julho está localizado à avenida Presidente Vargas, 2000, Indaiatuba. Mais informações no site www.clube9.com.br ou pelo telefone (19) 3875-9833.

Indaiatuba Clube encerra ano esportivo nesse sábado, dia 22

Foto: Imprensa – IC.
Os destaques esportivos e os campeões das competições realizadas pelo Indaiatuba Clube durante o ano de 2014 serão comemorados no próximo sábado, dia 22 de novembro, quando acontece a festa do Encerramento do Ano Esportivo.
O evento começa às 20h e será realizado no Salão Social, onde os associados e convidados vão poder aproveitar um grande show.
Antes da apresentação musical, as principais atrações do evento serão os próprios associados. Além daqueles que fizeram parte das equipes que participaram das competições realizadas pelo IC durante todo o ano (como os campeonatos de futebol, vôlei e basquete, entre outros), os alunos que se destacaram em suas modalidades em 2014 também vão ser homenageados.
Para animar a noite, a Banda Themplus vai levar para o palco do Indaiatuba Clube 18 profissionais que vão apresentar um repertório eclético que agrada todos os gostos e idades.
No show, serão tocados os sucessos atuais nacionais e internacionais até as músicas inesquecíveis. A apresentação ainda conta com som de última geração, iluminação profissional, 12 TVs de LED e um cenário próprio que destaca a apresentação.
Informações sobre os convites podem ser obtidas diretamente na Secretaria Social do Clube ou pelo telefone (19) 3834-2399.

Beaujolais Nouveau 2014 na Brancotinto


Prefeitura apresenta balanço do ‘Programa Viver’

Foto: Eliandro Figueira - SCS/PMI.
O prefeito de Indaiatuba, Reinaldo Nogueira, apresentou na terça-feira (18) pela manhã durante coletiva de imprensa o balanço de oito meses do Programa Viver. Participaram também o ator Marcos Frota, o coordenador do Programa, Renato Stochi, a secretária de Educação, Rita de Cássia Trasferetti, o secretário da Família e do Bem estar Social, Luiz Henrique Furlan e o colaborador da Administração Municipal, Baldomero Barbará.
O programa multidisciplinar foi lançado em março com a criação da Central de Risco, composta por funcionários qualificados e um software de última geração. Assim que recebe a indicação de uma pessoa vulnerável, ela envia uma equipe treinada do CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) para referenciar e acolher a família. Com todos os dados em mãos, os profissionais traçam um Plano de Atendimento específico levando em conta o local da residência e projetos existentes no banco de dados. Essa pessoa é convidada a participar desse plano. Mensalmente é acompanhada para avaliação, revisão e alterações no programa, até seu desligamento ou necessidade de outras intervenções.
O projeto foi estruturado sobre cinco premissas básicas: proteger crianças e adolescentes que não estão envolvidos com as drogas; recuperar os iniciantes, que devem ser reintegrados à vida produtiva e saudável; trabalhar a drogatização considerando a necessidade de recuperar dependentes químicos como missão da sociedade; combater com ações permanentes e enérgicas o traficante e o fornecedor de entorpecentes. O sucesso do programa está diretamente vinculado à participação de toda a sociedade.
Em oito meses, foram atendidos 234 casos; destes, 80,8% foram encaminhados aos órgãos competentes, 19,2% receberam orientação profissional e 23,08% aderiram ao tratamento.
Reinaldo ressaltou alguns resultados dos primeiros meses do Viver. “O Programa Viver é como uma indústria; existe construção do prédio, colocação dos equipamentos e agora estamos na fase de produção. A equipe inicial observou todas as ferramentas possíveis. Sabemos que a droga é um problema social sério e começamos pelo social com foco na prevenção e o próximo passo será a saúde”, comenta Nogueira e continua. “Em 2015 queremos apresentar o Viver para o Governo do Estado”. Ao final agradeceu a todos da equipe em especial.
O coordenador do Programa Viver fez a apresentação dos trabalhos. Renato destacou as tarefas iniciais de todas as Secretarias envolvidas e o apoio dos órgãos da sociedade civil, entidades, empresas, ONG, Conselhos Municipais, Ministério Público e Poder Judiciário. “Temos que ter responsabilidade sadia”, enfatizou. “Foram 27 escolas de 5º ano trabalhadas, totalizando 2.387 alunos. Foi feita a divulgação do Programa em 63 escolas, um total de 9.464 alunos e 134.890 pais e responsáveis”, revelou Renato.
O coordenador do Programa destacou que há um Sistema de Informação próprio, que inserindo os dados avalia o risco e já classifica em qual faixa a pessoa se encontra: verde, amarelo, que é sinal de alerta e vermelho, que indica a dependência. “E assim o programa encaminha para o órgão que pode acolher a pessoa”.
O ator Marcos Frota, “padrinho” do projeto, declarou que o Viver requer um trabalho consciente e corajoso. “Faço parte do Conselho Nacional sobre Drogas e durante a reunião de trabalho com a equipe sugeri que seja feito um Decreto para que o projeto continue, mesmo quando terminar o mandato do Reinaldo”, salientou e manteve o discurso. “Este programa tem tudo para ser referência para o Brasil; não podemos desperdiçar lideranças, temos que conduzir o processo do começo ao fim. Indaiatuba é uma cidade privilegiada e o Viver sugeriu caminhos concretos para a prevenção do uso das drogas”, disse.
O Programa Viver desenvolveu ações de prevenção, desde a creche até o quinto ano do ensino fundamental, ano em que as ações são mais específicas e acentuadas, com a participação do Proerd e com a utilização de um material específico complementar ao material didático “Conviver e Aprender” sobre substâncias psicoativas. Todos os alunos de 5º ano e mais 80 professores receberam formação e cartilha do Programa Viver.
A estratégia é focar as ações na prevenção para crianças e adolescentes em idade escolar; intensificar ações para as crianças e adolescente em situação de risco, oferecendo serviços que auxiliem a convivência sadia com atividade de contraturno; trabalhar a dependência com os recursos existentes, mais a rede de informações do Programa Viver e combater de forma energética e constante o traficante.
O principal objetivo na área de prevenção é fornecer informações gerais sobre as diversas substâncias usadas como drogas, permitindo aos orientadores prepararem os alunos para lidarem com sua curiosidade sobre o assunto e evitarem o contato com as mesmas.
Foram sugeridas pela equipe pedagógica indicações literárias (literatura infantil, do acervo da creche ao quinto ano do ensino fundamental) que têm por objetivo orientar o trabalho de professores e educadores em geral com possibilidades para o debate de temas relevantes que dizem respeito à valorização da vida e da saúde física, emocional e social dos alunos.
A Prefeitura elaborou também este ano a ‘Carta de Indaiatuba’ com o objetivo de pedir adesão ao Programa para entidades religiosas solidárias e ONGs para que abracem a causa e unam forças ao Programa Viver na organização e união de todos na luta contra as drogas. Durante esses oito meses 51 entidades assinaram a ‘Carta de Indaiatuba’.
As metas para 2015 são a elaboração de um plano piloto integrado e ampliação das ações estratégicas em parceria com empresas do município, além de ampliar ações conjuntas com Escolas Estaduais, viabilizar parceria de tratamento com equoterapia (que amplia e ativa os neurônios), ampliar parceria com Rotary, Lions, igrejas e ONGs, aplicar o projeto de laborterapia para dependentes e buscar apoio Federal no Senad (Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas).
Após a coletiva de imprensa, as autoridades municipais acompanharam o ator Marcos Frota para conhecer a Central de Risco e o CAPS AD. Na terça-feira (18) às 19h30 foi realizada uma apresentação dos dados do Programa Viver para a população interessada, também com a presença do ator.

Programa Viver em números
Na evolução dos atendimentos temos: fevereiro 1 (0,43%); março 23 (9,83%); abril 29 (12,39%); maio 20 (8,55%); junho 22 (9,40%); julho (12,82%) agosto 41 (17,52%); setembro 39 (16,67%); outubro 29 (12,39%), totalizando 234 (100%).
Separando por sexo, foram atendidos 31,6% de mulheres e 68,4% de homens. O atendimento por idade seguiu da seguinte maneira. Maior de 18 anos 5 (2,14%); de 1 a 5 anos 0 (0%); de 6 a 10 anos 7 (2,99%); de 11 a 15 anos 38 (16,24%); de 16 a 20 anos 47 (20,09%); de 21 a 25 anos 32 (13,68%); de 26 a 30 anos 32 (13,68%); de 31 a 35 anos 22 (9,40%); de 36 a 40 anos 18 (7,69%); de 41 a 45 anos 10 (4,27%) de 46 a 50 ano 8 (3,42%); de 51 a 55 anos 6 (2,56%); de 56 a 60 anos 3 (1,28%) de 61 a 65 anos 4 (1,71%) de 66 a 70 anos 1 (0,43%); de 71 a 75 anos 1 (0,43%) e de 76 a 80 anos 0 (0%), totalizando 234 (100%).
O atendimento por escolaridade seguiu da seguinte maneira: Analfabeto 1 (0,43%); Fundamental I – 14 (5,98%); Fundamental II – 92 (39,32%; Ensino Médio 79 (33,76%); Superior 6 (2,56%); Não Informado 42 (17,95%), totalizando 234 (100%).
Contabilizando o atendimento por tipo de contato, foi obtida a seguinte proporção: 3,4% por indicação; 5,6% por e-mail; 42,7% por telefone e 48,3% pessoalmente. Separando por orientação e atendimento (lembrando que por orientação, devem ser entendidos os atendimentos a pessoas que contataram o Programa Viver solicitando apenas informação, não gerando encaminhamento). Foram 45 orientações, o que representa 19,2% e 189 atendimentos, equivalente a 80,8%.