Para pensar:

"Esta vida é uma estranha hospedaria,
De onde se parte quase sempre às tontas,
Pois nunca as nossas malas estão prontas,
E a nossa conta nunca está em dia."

Mario Quintana

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Indaiatuba conquista primeiras medalhas nos Jogos Abertos com ciclismo feminino

Equipe de handebol masculino estreou com vitória contra Botucatu. 
Foto: Eliandro Figueira – SCS/PMI.
A equipe de ciclismo feminino ADI/Secretaria Municipal de Esportes garantiu as primeiras medalhas para Indaiatuba na 78ª edição dos Jogos Abertos do Interior, que acontecem até o próximo dia 29 de novembro em Bauru. As atletas Ana Rafaela Kosak e Daniela Lionço conquistaram a medalha de prata para o município na prova de Velocidade por Equipe nesta quarta (19), com o tempo final de 39”332. Ontem (20), Daniela Lionço subiu novamente ao pódio ao alcançar a medalha de bronze na Velocidade Individual. A coordenação é do técnico Armando Camargo. Também estrearam com vitórias para a cidade as equipes de handebol masculino, que venceu Botucatu por 38 a 18 e malha, que derrotou Fernandópolis por 30 a 20.
Indaiatuba participa da 2ª divisão dos Jogos Abertos do Interior nas modalidades atletismo (19 a 22 de novembro), capoeira (27 e 28 de novembro), ciclismo (19 a 24 de novembro), futsal (23 a 29 de novembro), ginástica artística (23 a 28 de novembro), handebol (19 a 25 de novembro), karatê ( 19 e 20 de novembro), malha (19 a 25 de novembro), natação (23 a 26 de novembro), taekwondo (25 e 26 de novembro) e xadrez  (24 a 29 de novembro). 
Informações e resultados podem ser acompanhados no site oficial www.jogosabertosbauru2014.com.br.

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Clube 9 de Julho realizará Baile de Réveillon

O Clube 9 de Julho realizará no dia 31 de dezembro, a partir das 22h, o Baile de Réveillon 2015, em seu Salão Social. A animação ficará por conta da Banda Mistura Paulista e o Buffet será assinado pelo Tukka's Restaurante.
No cardápio, a entrada contará com patês, diversos tipos de queijos, salame e lombo canadense, e uma variedade de saladas. Como prato principal, arroz com passas, arroz branco, peito de peru à Califórnia, maminha ao molho madeira, rondelle quatro queijos ao molho branco e creme de lentilha. De sobremesa, bolo de nozes com sorvete de creme. As bebidas serão cobradas à parte, mas cada mesa receberá como cortesia uma garrafa de espumante.
Os ingressos para o Baile de Réveillon já estão à venda e custam R$80 associado e R$40 para crianças associadas, de 7 a 14 anos. Os ingressos para convidados sairão a R$130 e, para crianças convidadas de 7 a 14 anos, R$65. Crianças associadas ou não, de até 6 anos, não pagam. Ao todo serão disponibilizadas 100 mesas para o evento. 

Na 28ª edição, Baile do Hawaii terá como tema o arquipélago que deu origem ao seu nome
Ainda muito tímida, a primeira edição do Baile do Hawaii aconteceu no ano de 1986 e não demorou muito para cair no gosto popular. Na época, o então presidente da diretoria, Antonio Girardini, teve a ideia de fazer um evento que remetesse à famosa Ilha Porchat, localizada na cidade litorânea de São Vicente. Foi aí que surgiu o Baile do Hawaii, que em sua estreia foi realizado na antiga sede social, localizada no Centro de Indaiatuba e que a cada ano foi conquistando cada vez mais adeptos.
Já no seguinte o evento foi transferido para o Clube de Campo e foi realizado no piso inferior do Parque Aquático, remetendo assim a um ambiente mais parecido com a proposta inicial, que era fazer com que as pessoas realmente se sentissem à beira mar. Com o passar do tempo, a diretoria do Clube decidiu criar novos ambientes dentro do evento, surgindo assim uma área voltada ao público mais jovem (piso inferior) e uma outra só para o público mais velho (piso superior).
No ano de 2005, além dos dois palcos, criou-se mais um espaço para o público jovem, com o ambiente tecno, que já teve, inclusive, uma pista flutuante, montada sobre a piscina do piso inferior.
Um capítulo à parte é a decoração da festa, que há quase 20 anos é assinada por Jimmy Silva, do SpazioScenico, que sempre traz novidades, trabalhando temas criativos e que surpreendam o público. "Ao longo deste tempo sempre procurei buscar inspiração no cotidiano e até mesmo em algumas viagens que realizei, para alcançar o resultado, sempre procurando superar as expectativas", ressalta Jimmy.
Este ano a decoração remeterá ao tema que deu o nome ao Baile; por isso, Jimmy afirma que quem estiver lá se sentirá realmente no Hawaii. O decorador adianta que, entre outras peças, será possível reconhecer as carrancas havaianas e encontrar um vulcão no piso inferior. "Esta será a festa que todo mundo está esperando", completa o decorador.
Em quase três décadas de evento, passaram pelos palcos do Parque Aquático bandas que tocam nos melhores eventos do país; entre elas, Orquestra Sérgio Weiss, Faixa Nobre, Santa Maria, American Tropical Band, Estrela Super Som, Revolution, New Yord Banda Show e Jair Super Cap. Além disso, ao longo destas 27 edições, mais de 100 mil pessoas já prestigiaram o evento, que se tornou referência em Indaiatuba e toda região.
Quem nunca perdeu sequer uma edição é o corretor de imóveis Ed Peres, que começou a frequentar o baile ainda criança, junto com os pais. "Não faltei em nenhuma edição e todas foram muito boas. O evento vem melhorando e evoluindo a cada ano, trazendo coisas boas tanto para associados quanto para a população de Indaiatuba. Espero que continue assim, e que este ano seja uma bela festa", afirma o corretor, que também é associado do Clube 9 de Julho.
Este ano a festa, que terá como tema Uma noite nos mares do Sul, Aloha Honolulu, acontece no próximo dia 22 de novembro, a partir das 22h, no Parque Aquático. O evento contará ainda com um mix de frutas e sorvetes, apresentações com a banda Jair Supercap Show, que retorna aos palcos do Clube, o grupo Pintou o Samba e os DJs Rodrigo Bramucci e Tom Hopkins, no comando das pick ups. No cardápio, a tradicional mesa de frutas com mix de maçã, banana, melancia, melão, laranja, abacaxi, kiwi, uva, goiaba e pêssego, além de cinco diferentes sabores de sorvetes Fruity e o tradicional ula-ula.
Durante a realização da festa, o Clube 9 de Julho contará com o apoio da Sanare Serviços de Saúde e a censura do evento é de 16 anos. Importante ressaltar que não será permitida entrada com garrafas de bebidas. O Clube 9 de Julho está localizado à avenida Presidente Vargas, 2000, Indaiatuba. Mais informações no site www.clube9.com.br ou pelo telefone (19) 3875-9833.

Indaiatuba Clube encerra ano esportivo nesse sábado, dia 22

Foto: Imprensa – IC.
Os destaques esportivos e os campeões das competições realizadas pelo Indaiatuba Clube durante o ano de 2014 serão comemorados no próximo sábado, dia 22 de novembro, quando acontece a festa do Encerramento do Ano Esportivo.
O evento começa às 20h e será realizado no Salão Social, onde os associados e convidados vão poder aproveitar um grande show.
Antes da apresentação musical, as principais atrações do evento serão os próprios associados. Além daqueles que fizeram parte das equipes que participaram das competições realizadas pelo IC durante todo o ano (como os campeonatos de futebol, vôlei e basquete, entre outros), os alunos que se destacaram em suas modalidades em 2014 também vão ser homenageados.
Para animar a noite, a Banda Themplus vai levar para o palco do Indaiatuba Clube 18 profissionais que vão apresentar um repertório eclético que agrada todos os gostos e idades.
No show, serão tocados os sucessos atuais nacionais e internacionais até as músicas inesquecíveis. A apresentação ainda conta com som de última geração, iluminação profissional, 12 TVs de LED e um cenário próprio que destaca a apresentação.
Informações sobre os convites podem ser obtidas diretamente na Secretaria Social do Clube ou pelo telefone (19) 3834-2399.

Beaujolais Nouveau 2014 na Brancotinto


Prefeitura apresenta balanço do ‘Programa Viver’

Foto: Eliandro Figueira - SCS/PMI.
O prefeito de Indaiatuba, Reinaldo Nogueira, apresentou na terça-feira (18) pela manhã durante coletiva de imprensa o balanço de oito meses do Programa Viver. Participaram também o ator Marcos Frota, o coordenador do Programa, Renato Stochi, a secretária de Educação, Rita de Cássia Trasferetti, o secretário da Família e do Bem estar Social, Luiz Henrique Furlan e o colaborador da Administração Municipal, Baldomero Barbará.
O programa multidisciplinar foi lançado em março com a criação da Central de Risco, composta por funcionários qualificados e um software de última geração. Assim que recebe a indicação de uma pessoa vulnerável, ela envia uma equipe treinada do CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) para referenciar e acolher a família. Com todos os dados em mãos, os profissionais traçam um Plano de Atendimento específico levando em conta o local da residência e projetos existentes no banco de dados. Essa pessoa é convidada a participar desse plano. Mensalmente é acompanhada para avaliação, revisão e alterações no programa, até seu desligamento ou necessidade de outras intervenções.
O projeto foi estruturado sobre cinco premissas básicas: proteger crianças e adolescentes que não estão envolvidos com as drogas; recuperar os iniciantes, que devem ser reintegrados à vida produtiva e saudável; trabalhar a drogatização considerando a necessidade de recuperar dependentes químicos como missão da sociedade; combater com ações permanentes e enérgicas o traficante e o fornecedor de entorpecentes. O sucesso do programa está diretamente vinculado à participação de toda a sociedade.
Em oito meses, foram atendidos 234 casos; destes, 80,8% foram encaminhados aos órgãos competentes, 19,2% receberam orientação profissional e 23,08% aderiram ao tratamento.
Reinaldo ressaltou alguns resultados dos primeiros meses do Viver. “O Programa Viver é como uma indústria; existe construção do prédio, colocação dos equipamentos e agora estamos na fase de produção. A equipe inicial observou todas as ferramentas possíveis. Sabemos que a droga é um problema social sério e começamos pelo social com foco na prevenção e o próximo passo será a saúde”, comenta Nogueira e continua. “Em 2015 queremos apresentar o Viver para o Governo do Estado”. Ao final agradeceu a todos da equipe em especial.
O coordenador do Programa Viver fez a apresentação dos trabalhos. Renato destacou as tarefas iniciais de todas as Secretarias envolvidas e o apoio dos órgãos da sociedade civil, entidades, empresas, ONG, Conselhos Municipais, Ministério Público e Poder Judiciário. “Temos que ter responsabilidade sadia”, enfatizou. “Foram 27 escolas de 5º ano trabalhadas, totalizando 2.387 alunos. Foi feita a divulgação do Programa em 63 escolas, um total de 9.464 alunos e 134.890 pais e responsáveis”, revelou Renato.
O coordenador do Programa destacou que há um Sistema de Informação próprio, que inserindo os dados avalia o risco e já classifica em qual faixa a pessoa se encontra: verde, amarelo, que é sinal de alerta e vermelho, que indica a dependência. “E assim o programa encaminha para o órgão que pode acolher a pessoa”.
O ator Marcos Frota, “padrinho” do projeto, declarou que o Viver requer um trabalho consciente e corajoso. “Faço parte do Conselho Nacional sobre Drogas e durante a reunião de trabalho com a equipe sugeri que seja feito um Decreto para que o projeto continue, mesmo quando terminar o mandato do Reinaldo”, salientou e manteve o discurso. “Este programa tem tudo para ser referência para o Brasil; não podemos desperdiçar lideranças, temos que conduzir o processo do começo ao fim. Indaiatuba é uma cidade privilegiada e o Viver sugeriu caminhos concretos para a prevenção do uso das drogas”, disse.
O Programa Viver desenvolveu ações de prevenção, desde a creche até o quinto ano do ensino fundamental, ano em que as ações são mais específicas e acentuadas, com a participação do Proerd e com a utilização de um material específico complementar ao material didático “Conviver e Aprender” sobre substâncias psicoativas. Todos os alunos de 5º ano e mais 80 professores receberam formação e cartilha do Programa Viver.
A estratégia é focar as ações na prevenção para crianças e adolescentes em idade escolar; intensificar ações para as crianças e adolescente em situação de risco, oferecendo serviços que auxiliem a convivência sadia com atividade de contraturno; trabalhar a dependência com os recursos existentes, mais a rede de informações do Programa Viver e combater de forma energética e constante o traficante.
O principal objetivo na área de prevenção é fornecer informações gerais sobre as diversas substâncias usadas como drogas, permitindo aos orientadores prepararem os alunos para lidarem com sua curiosidade sobre o assunto e evitarem o contato com as mesmas.
Foram sugeridas pela equipe pedagógica indicações literárias (literatura infantil, do acervo da creche ao quinto ano do ensino fundamental) que têm por objetivo orientar o trabalho de professores e educadores em geral com possibilidades para o debate de temas relevantes que dizem respeito à valorização da vida e da saúde física, emocional e social dos alunos.
A Prefeitura elaborou também este ano a ‘Carta de Indaiatuba’ com o objetivo de pedir adesão ao Programa para entidades religiosas solidárias e ONGs para que abracem a causa e unam forças ao Programa Viver na organização e união de todos na luta contra as drogas. Durante esses oito meses 51 entidades assinaram a ‘Carta de Indaiatuba’.
As metas para 2015 são a elaboração de um plano piloto integrado e ampliação das ações estratégicas em parceria com empresas do município, além de ampliar ações conjuntas com Escolas Estaduais, viabilizar parceria de tratamento com equoterapia (que amplia e ativa os neurônios), ampliar parceria com Rotary, Lions, igrejas e ONGs, aplicar o projeto de laborterapia para dependentes e buscar apoio Federal no Senad (Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas).
Após a coletiva de imprensa, as autoridades municipais acompanharam o ator Marcos Frota para conhecer a Central de Risco e o CAPS AD. Na terça-feira (18) às 19h30 foi realizada uma apresentação dos dados do Programa Viver para a população interessada, também com a presença do ator.

Programa Viver em números
Na evolução dos atendimentos temos: fevereiro 1 (0,43%); março 23 (9,83%); abril 29 (12,39%); maio 20 (8,55%); junho 22 (9,40%); julho (12,82%) agosto 41 (17,52%); setembro 39 (16,67%); outubro 29 (12,39%), totalizando 234 (100%).
Separando por sexo, foram atendidos 31,6% de mulheres e 68,4% de homens. O atendimento por idade seguiu da seguinte maneira. Maior de 18 anos 5 (2,14%); de 1 a 5 anos 0 (0%); de 6 a 10 anos 7 (2,99%); de 11 a 15 anos 38 (16,24%); de 16 a 20 anos 47 (20,09%); de 21 a 25 anos 32 (13,68%); de 26 a 30 anos 32 (13,68%); de 31 a 35 anos 22 (9,40%); de 36 a 40 anos 18 (7,69%); de 41 a 45 anos 10 (4,27%) de 46 a 50 ano 8 (3,42%); de 51 a 55 anos 6 (2,56%); de 56 a 60 anos 3 (1,28%) de 61 a 65 anos 4 (1,71%) de 66 a 70 anos 1 (0,43%); de 71 a 75 anos 1 (0,43%) e de 76 a 80 anos 0 (0%), totalizando 234 (100%).
O atendimento por escolaridade seguiu da seguinte maneira: Analfabeto 1 (0,43%); Fundamental I – 14 (5,98%); Fundamental II – 92 (39,32%; Ensino Médio 79 (33,76%); Superior 6 (2,56%); Não Informado 42 (17,95%), totalizando 234 (100%).
Contabilizando o atendimento por tipo de contato, foi obtida a seguinte proporção: 3,4% por indicação; 5,6% por e-mail; 42,7% por telefone e 48,3% pessoalmente. Separando por orientação e atendimento (lembrando que por orientação, devem ser entendidos os atendimentos a pessoas que contataram o Programa Viver solicitando apenas informação, não gerando encaminhamento). Foram 45 orientações, o que representa 19,2% e 189 atendimentos, equivalente a 80,8%.

Bazar Solidário da Gabriel

No dia 29 de novembro das 10 às 19h acontecerá o 1º Bazar Solidário da GABRIEL. O evento será realizado no Espaço Lual Eventos - Rua Pedro Gonçalves 1041 - Centro - Indaiatuba.
A proposta da GABRIEL é realizar um bazar diferenciado. Além de comprar roupas, sapatos, artigos de cama, mesa e banho, bijuterias em porcelana, artigos de patchwork e outros produtos novos ou em ótimas condições de uso, os participantes poderão relaxar com momentos de diversão e cuidados especiais para a pele e o corpo.
A GABRIEL pretende proporcionar momentos de relaxamento e de descontração; para isso, criou no espaço sessões de massagem e cuidados com a pele, cabelo e corpo. A praça de alimentação terá salgados, doces, café e sucos. Depois, para queimar as gordurinhas, algumas apresentações de zumba.
As mulheres poderão aprender como caprichar na maquiagem. Profissionais da área ensinarão alguns truques dessa arte e venderão toda a linha de cosméticos e produtos para a beleza.

Max Oportunidades acontece neste sábado

A Max Planck fica na Av. Nove de Dezembro, 460,
no Jardim Pedroso - telefone: (19) 3885-9900.

Quinteto de Cordas da Sinfônica da Unicamp e Companhia Típico Tango fazem reverência ao tango dias 26 e 27

Divulgação
O espetáculo multimídia Tango, uma filosofia do abraço: sobre o romance entre o tango e o cinema, com as participações do Quinteto de Cordas da Orquestra Sinfônica da Unicamp e da Companhia Típica Tango, será apresentado, em Campinas, na próxima semana, nos dias 26, no Espaço Cultural Maria Monteiro e 27, na Casa do Lago, ambos com entrada gratuita.
Dirigido por Natacha Muriel López Gallucci, a montagem foi contemplada no projeto Perfomance V, realizado pelo Centro de Integração, Documentação e Divulgação Cultural (Ciddic), da Unicamp e contará ainda com o pianista argentino Joel Tortul, também responsável pelos arranjos. Tangos clássicos e contemporâneos serão revisitados junto a fragmentos fílmicos de diversos períodos do cinema argentino, acompanhados pela música e dança ao vivo.
A ideia da produção é decorrente da pesquisa de doutorado, Cinema, Corpo & Filosofia, defendida por Natacha no Instituto de Artes da Unicamp, que aborda o vínculo entre o tango e o cinema. “A proposta é envolver o público nas sensações trazidas por meio das linguagens do cinema e da dança do tango, além de um repertório folclórico, com zamba argentina, rasguido doble e chacareira”, adianta.
O espetáculo traz fotografias de Francisco Ayersa e filmes de Moglia Barth e Fernando Solanas, entre outros.

Serviço
Espetáculo Tango, uma filosofia do abraço: sobre o romance entre o tango e o cinema
Quando:
Dia 26/11, 20h, no Espaço Cultural Maria Monteiro (Av. Dom Agnelo Rossi, S/N - Vila Padre Anchieta, Campinas – SP). Telefone (19) 3282-0024 - Entrada gratuita
Dia 27, 19h, na Casa do lago (Unicamp) - Entrada gratuita.

Orquestra de Indaiatuba realiza apresentação gratuita na Câmara no sábado

Foto: Arquivo Adriana Panzini – SCS/PMI. 
A Orquestra de Indaiatuba, apoiada pela Secretaria Municipal de Cultura, realiza apresentação gratuita na Câmara Municipal neste sábado (22), a partir das 20h. O repertório terá como tema Alma Brasileira e incluirá obras de grandes compositores brasileiros como Villa-Lobos, Radamés Gnattali e Santino Parpinelli. Sob a regência do maestro Paulo de Paula, o grupo com 17 instrumentistas terá também a companhia do violista Emerson De Biaggi em participação especial. A classificação etária é livre. Informações: (19) 3894-1867.

Sobre a Orquestra de Indaiatuba
A Orquestra de Indaiatuba foi criada no início de 2004 por iniciativa da Prefeitura. Desde seu surgimento tem possibilitado a muitos jovens instrumentistas da cidade a oportunidade de se desenvolverem técnica e musicalmente, oferecendo aulas gratuitas de violino, viola e violoncelo e também permitindo sua participação nos ensaios e apresentações do grupo. Atualmente é formada por 17 instrumentistas que são dirigidos pelo maestro Paulo de Paula.

Tardes do Rock: shows gratuitos no Parque Ecológico dia 30

Banda OnzEvolutie é uma das atrações desta edição. Foto: divulgação.
A Secretaria Municipal de Cultura realiza no próximo dia 30, a partir das 18h, a última edição de 2014 do Tardes do Rock, projeto criado pela Prefeitura com o objetivo de valorizar os grupos de rock da cidade e da região, oferecendo mais uma opção gratuita de lazer à população. Desta vez sobem ao palco Ambitions of Freedom, Corruptos e Onzevolutie. As bandas que quiserem participar dos próximos eventos, sempre no último domingo do mês, podem enviar um e-mail para a Secretaria de Cultura no endereço cultura@indaiatuba.sp.gov.br com nome, estilo, nome do responsável, endereço, telefone e e-mail dos integrantes e histórico. Informações: (19) 3894-1867.

Sobre as bandas
Ambitions of Freedom - formada em 2011, a banda da cidade de Americana é integrada por Lucas Tegon (vocal), Mateus Tegon (guitarra solo), Carlos Augusto Orenes (guitarra rítmica), Igor Pompeu (baixista) e Gabriel Scursoni (baterista). Seguindo a linha do metalcore e melodic post-hardcore, o grupo começou tocando covers, passou a compor músicas próprias e em 2012 lançou seu primeiro EP, intitulado Above the Expectations. Já dividiram o palco com bandas de renome como Raimundos, Dead Fish, Sepultura e The Forest, além de vencer a edição do FECA Festival 2014.

Corruptos – criada em 2007 com a reunião de três amigos músicos com foco no estilo rock’ n roll, mas passando também por reggae, pop e MPB, a banda de Indaiatuba é integrada atualmente por Kico Motta (guitarra e vocal), Jean Ramos (vocal e violão), Dinho Bass (baixo) e Juliano Santana (bateria). Em 2008 conquistou o 2º lugar no Festival de Rock da Secretaria Municipal de Cultura com a música O Mundo Não Gira ao seu Redor. Aposta no estilo hard rock em covers de bandas como Bon Jovi, Whitesnake, Scorpions e Iron Maiden.

OnzEvolutie – a banda de Campinas se formou em 2011, ensaiando e compondo músicas próprias. Composta por Lucas Andrade (guitarras e vocais), André Penacho (contra-baixo e vocais) e Alailson Gomes (bateria e vocais), tem como estrutura estilos como o metal core, new metal e hard core, com influências de nomes como System of Down, Trivium, Bullet for My Valentiny, Chevelle e Gloria (alternativo/nacional). 

Indaiatuba é vice-campeã no Brasileiro de Peteca em Goiânia

Foto: divulgação.
A equipe de peteca de Indaiatuba, apoiada pela Secretaria Municipal de Esportes, conquistou o vice-campeonato para o município no Campeonato Brasileiro da modalidade, realizado de 14 a 16 de novembro em Goiânia. Competindo entre 180 atletas de sete estados, a dupla de indaiatubanos Rodrigo Silva e Gabriel Pachelli garantiu a medalha de prata na categoria Infantil A. Já Kevin Scacchetti e Vitor Schmidt subiram ao pódio com a medalha de bronze na categoria Juvenil. A cidade de Indaiatuba também foi homenageada na abertura da competição pelo presidente da Confederação Brasileira de Peteca, Márcio Cardoso, pelo trabalho de formação de novos praticantes da modalidade coordenado pelos treinadores Marcos Gomes e Márcia Cristina.  

Natação PCD de Indaiatuba sobe ao pódio em Fortaleza

Os atletas da equipe ADI/Secretaria Municipal de Esportes Cecília Kethlen,
Lucas Mozela, recordistas brasileiros e Ronaldo Bezerra, medalhista, à
frente. Foto: divulgação.
A equipe de natação paradesportiva ADI/Secretaria Municipal de Esportes conquistou 16 medalhas, sendo cinco de ouro, oito de prata e três de bronze, para Indaiatuba no Circuito Loterias Caixa de Natação, disputado de 10 a 16 de novembro em Fortaleza. Além das medalhas, três atletas bateram recordes brasileiros durante a prova: Lucas Mozela nos 100m costas, Cecília Kethlen nos 100m borboleta e Felipe Caltran nos 200m livre e nos 200m medley. A coordenação é do treinador Antônio Luiz Cândido. Confira os resultados completos do grupo:
Lucas Mozela – medalha de ouro nos 100m costas, medalha de prata nos 100m peito e medalha de prata nos 200m medley
Cecília Kethlen – medalha de ouro nos 100m borboleta, medalha de prata nos 50m livre e medalha de prata nos 100m livre
Evaldo Santana – medalha de bronze nos 100m peito
Brenda Lia – medalha de bronze nos 200m medley e medalha de prata nos 100m peito
Felipe Caltran – medalha de ouro nos 200m livre e medalha de ouro nos 200m medley
Ronaldo Bezerra – medalha de ouro nos 100m peito, medalha de prata nos 100m livre, medalha de prata nos 50m livre, medalha de bronze nos 400m livre
Helder Von Ah – medalha de prata nos 200m medley
Em relação aos próximos desafios, de acordo com Cândido, a atleta Cecília Kethlen embarcou após a prova direto para treinos e avaliações da Seleção Brasileira adulta, em São Caetano, retornando no final desta semana para se juntar à equipe na disputa da 78ª edição dos Jogos Abertos, em Bauru. “Além da Cecília, o Lucas, o Felipe e a Rafaela Barce participarão também das Paralimpíadas Escolares, de 24 a 28 de novembro, em São Paulo”, detalha o treinador.
As equipes de natação ADI/Secretaria Municipal de Esportes contam com o apoio dos restaurantes Coelho na Brasa e Canecão.

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Corte a Fome acontece no próximo dia 30

Camila Pianoski, Vania Grillo e Gê Marques.
A ação social Corte a Fome, idealizada e promovida há mais de uma década pela Gê Beleza Hair & Style ganhou, este ano, o reforço da Faculdade Max Planck, que sediará o evento e ainda envolverá alguns de seus cursos.
Em sua 11ª edição, o Corte a Fome reúne toda equipe Gê Beleza e parceiros para realizar cortes de cabelo em troca da doação de alimentos não perecíveis que, pelo quinto ano consecutivo, serão direcionados à ONG Bolha de Sabão. O evento acontece no domingo, 30 novembro, das 10h às 14h e a novidade é que será sediado no campus da Faculdade Max Planck.
De acordo com a professora Vania Grillo, coordenadora do Max Social (departamento responsável pela gestão de todos os projetos sociais da instituição), essa é mais uma oportunidade de envolver os alunos em uma ação social e também permitir a eles colocar em prática aquilo que aprendem em sala de aula. "Todos os nossos projetos funcionam como uma mão de duas vias. O aluno tem a oportunidade de interagir com a sociedade, através de ações sociais e, ao mesmo tempo, colocar em prática o que vivencia dentro da faculdade", ressalta.
Além dos cortes de cabelo, assinados pela equipe Gê Beleza e profissionais da região, que somam ao todo 30 profissionais, entre cabeleireiros e manicures, também serão feitas unhas artísticas com as alunas do projeto Bases e Brilhos, também idealizado pela empresária. O evento contará ainda com aferição de pressão arterial, com os alunos dos cursos de Farmácia e atividades lúdicas como pintura facial promovida pelas alunas da Pedagogia, que também estarão por todo o recinto distribuindo abraços com seus Pedagogos da Alegria; já a turma de Educação Física promoverá uma aula de Zumba Fitness no estacionamento e ainda manterá uma equipe de monitores na recreação, com o balão pula-pula e a cama elástica da Tia Patty, além da distribuição de pipoca e algodão doce. "Contaremos novamente com a parceria de profissionais de outras cidades, como Campinas, Salto e Itu", acrescenta a empresária Gê Marques.
Os alunos de Medicina Veterinária também participarão do evento, orientando a população sobre a importância da vacinação de cães e gatos e, para quem pensa em adotar um animal, a ONG Cães para Adoção, que mantém um canil ao qual a faculdade presta apoio técnico envolvendo alunos e professores na manutenção da saúde destes animais, também estará no evento trabalhando junto com os alunos a posse responsável. Para conhecer o trabalho da ONG, acesse o site www.caesparaadocao.com.br.
O Corte a Fome contará ainda com a participação das crianças da ONG Bolha de Sabão, que farão uma apresentação de Hip Hop e da dupla sertaneja Ivan Lenon & Thiago, interpretando sucessos de Milionário e José Rico, Jorge e Mateus e Munhoz e Mariano, entre outros.
Para a idealizadora Gê Marques, a parceria com a Faculdade Max Planck amplia as arrecadações e ainda incentiva os jovens a se engajarem em projetos sociais. "Fiquei muito feliz em realizar o evento aqui", ressalta.
A troca do cupom que dá direito ao corte de cabelo ou a unha artística pode ser realizada no salão Gê Beleza, localizado à avenida Visconde de Indaiatuba, 35, Vila Vitória, de segunda a sábado, no horário de funcionamento do espaço. Também será possível realizar a troca no campus da Max Planck a partir desta quinta-feira, 20, no balcão de informações localizado no prédio branco, em frente ao posto do FIES, de segunda a sexta-feira, das 13h às 22h. Mais informações pelo telefone (19) 3834 8755.
O Corte a Fome é um evento realizado pelo Gê Beleza Hair & Style em parceria com a Faculdade Max Planck, conta com apoio da Prefeitura de Indaiatuba  e patrocínio de Bloom Lingerie, Bio Extratus Cosméticos Naturais, Nipon & Cia., Z10 Negócios Imobiliários, Grupo Marquinhos, Belle Santé Instituto de Renovação em Odontologia, Wella Professionals, Dona Clau, Casa da Esfiha Comida Árabe e Munize Bigatto.

Números
Ao longo de nove edições, o Corte a Fome realizou, a cada ano, uma média de 500 cortes e arrecadou mil quilos de alimentos. Na edição realizada em 2012 foram 850 cortes e 1,7 mil quilos de alimentos, lembrando que o evento não aconteceu no ano de 2013.

Projetos Gê Beleza
Além do Corte a Fome, a Gê Beleza Hair & Style desenvolve em parceria com o Lions Club Indaiatuba e a Prefeitura, com apoio de voluntários, o Projeto Tesoura Mirim, que tem como objetivo ensinar a profissão de auxiliar de cabeleireiro e a oficina Bases e Brilhos, desenvolvida para ensinar o ofício de manicure.

Sobre a Bolha de Sabão
Fundada em 1997, a ONG Bolha de Sabão acompanha crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social, oferecendo oportunidade de cultura, lazer, esporte, cidadania, sociabilidade e solidariedade para crianças carentes. Atualmente a instituição atende a cerca de 55 crianças e vive de doações, bazares e promoção de eventos, mas para manter-se em funcionamento necessita de mais apoio financeiro. Para conhecer o trabalho da organização, realizar doações ou se tornar um Amigo da Bolha, entre em contato pelo (19) 3935-4302.

Sobre a Faculdade Max Planck

Incorporada ao Grupo Polis Educacional em 2008, a Faculdade Max Planck cresce a um ritmo impressionante e hoje conta com mais de quatro mil alunos. Investimentos maciços em ampliação e modernização estão sendo destinados para agregar ainda mais qualidade aos cursos de graduação oferecidos pela instituição e consolidá-la, a cada dia, como um dos principais polos de excelência em ensino superior da RMC. Focada na formação profissional baseada na vivência prática da carreira, a Faculdade Max Planck se vale de aulas em laboratórios, visitas técnicas, projetos sociais, Programa de Iniciação Científica, vinculado a projetos de pesquisa, atualização constante dos alunos por meio de seminários, palestras e workshops com convidados especiais e Programa de Orientação ao Estudante (PROE), entre outras ações. O campus da Faculdade Max Planck está localizado à avenida 9 de Dezembro, 460, Jardim Pedroso, Indaiatuba.  Mais informações pelo telefone (19) 3885-9900.

Encontro Cena Livre do SESI-SP traz o tema memória e cidade

Casarão 82: um Voo Urbano (NAC Cidade A. E. Carvalho).
Foto: Martha Dias. 
O SESI-SP apresenta o Encontro Cena Livre 2014 – edição Memória e Cidade, que reúne 21 espetáculos teatrais em quatro municípios do Estado: Araraquara, Campinas Amoreiras, Itapetininga e Rio Claro, de 20 a 30 de novembro. A programação gratuita destaca novas montagens de diversos gêneros – produzidas pelos orientadores de artes cênicas e alunos do módulo Múltiplas Linguagens dos Núcleos de Artes Cênicas (NACs) da instituição.
Neste ano, que contou com inscrições de alunos de todo o Estado de São Paulo, cerca de 450 educandos desenvolveram estudos sobre a memória cultural e histórica de suas cidades. “O objetivo é estimular os participantes a uma reflexão sobre seus próprios ambientes, propondo a busca por algo importante na sua comunidade, que pode ser representado por meio do teatro”, afirma Álvaro Filho, gerente de projetos culturais do SESI-SP.
De acordo com Maristela Teodoro de Sá, analista de projetos culturais da área de Artes Cênicas do SESI-SP, o tema oferece a possibilidade de um rico diálogo da arte com as cidades e seus habitantes. “O tema foi pensado para que os participantes pudessem olhar para o ambiente onde estão; para que cada um pudesse apresentar sua cidade e se ver refletido nela”, complementa Maristela.
Há dois anos, o Módulo Múltiplas Linguagens conta com a assessoria de cinco renomados dramaturgistas egressos do Núcleo de Dramaturgia SESI-British Council, coordenado por Marici Salomão. Felipe de Moraes, Alessandro Toller, Murilo de Paula, Gustavo Colombini e Marco Catalão acompanharam os NACs durante todo o ano, ministraram oficinas, participaram de encontros e treinamentos e auxiliaram na pesquisa e na escrita dos textos encenados.
As sessões são seguidas por um bate-papo com os dramaturgistas. A expectativa é de cerca de 5.000 espectadores nos 21 espetáculos previstos para esta edição.
O Cena Livre integra um conjunto de ações artístico-pedagógicas e representa um modelo de excelência e qualidade em cursos livres de teatro no Brasil. “A iniciativa contribui para a participação efetiva da comunidade, dos alunos e de seus familiares, assim como promove a integração, o respeito e a inclusão, marcas da atuação do SESI-SP no fomento às artes”, destaca Álvaro.
Maristela acrescenta ainda que a proposta é a experimentação dos mais diversos elementos da criação teatral para que o aluno possa, ao final do processo, apresentar um resultado artístico completo. “O evento é a oportunidade de unir os NACs de todo o Estado e compartilhar seus espetáculos com os colegas e o público em geral, um momento proveitoso para discutir os processos de aprendizagem, assim como o fazer artístico”, finaliza.

Os Núcleos de Artes Cênicas do SESI-SP
Os Núcleos de Artes Cênicas (NACs) do SESI-SP realizam atividades gratuitas de difusão cultural e ações pedagógicas de iniciação teatral por meio dos cursos livres promovidos anualmente. Os NACs estão localizados em 22 unidades do SESI-SP na capital e no interior do Estado. O programa, criado em 1987, tem como objetivo melhorar a qualidade de vida dos participantes e colaborar com o exercício da cidadania – especialmente pela expansão de ideias que a produção artística proporciona.
Confira as peças que integram o projeto Cena Livre 2014:

Casarão 82: um Voo Urbano (NAC Cidade A. E. Carvalho) – Duração: 60 minutos / Não recomendado para menores de 10 anos
Os Ditos Sujos (NAC Araraquara) – Duração: 50 minutos / Não recomendado para menores de 14 anos
A Senda e a Quimera (NAC Birigui) – Duração: 60 minutos / Livre para todos os públicos
Agô, Licença para Contar (NAC Campinas Amoreiras) – Duração: 60 minutos / Não recomendado para menores de 12 anos
Não Passasse aqui e Era Nada (NAC Franca) – Duração: 60 minutos / Não recomendado para menores de 10 anos
Contos de Amores Esquecidos (NAC Itapetininga) – Duração: 70 minutos / Não recomendado para menores de 14 anos
Vilamar (NAC Marília) – Duração:40 minutos / Livre para todos os públicos
Estação Cidade (NAC Mauá) – Duração: 60 minutos / Livre para todos os públicos
Belle Époque (NAC Mogi das Cruzes) – Duração: 65 minutos / Não recomendado para menores de 16 anos
Ariedaval (NAC Osasco) – Duração: 45 minutos / Livre para todos os públicos
Que História É Esta? (NAC Piracicaba) – Duração: 50 minutos / Livre para todos os públicos
Pedro ou A Triste História sobre como um Escravo Livre Ascendeu à Santidade (NAC Ribeirão Preto) – Duração: 90 minutos / Não recomendado para menores de 14 anos
Claustrum (NAC Rio Claro) – Duração:60 minutos / Não recomendado para menores de 14 anos
A Outra Margem (NAC São José do Rio Preto) – Duração: 45 minutos / Não recomendado para menores de 16 anos
Fragmentos de um Perímetro Poético, Urbano e Censurado (NAC Santo André) – Duração: 60 minutos / Não recomendado para menores de 12 anos
Rio dos Santos Inocentes (NAC Santos) – Duração: 60 minutos / Não recomendado para menores de 12 anos
Greve. Ação... Fusca Azul! (NAC São Bernardo do Campo) – Duração: 55 minutos / Livre para todos os públicos
Memória dos Micuins (NAC São José dos Campos) – Duração: 80 minutos / Não recomendado para menores de 12 anos
Terra dos Aflitos (NAC Vila das Mercês) – Duração: 60 minutos / Não recomendado para menores de 12 anos
299 – Uma História que Passa pelo Real mas É Totalmente Ficcional (NAC Vila Leopoldina) – Duração: 60 minutos / Não recomendado para menores de 16 anos
OBS: Os espetáculos destacados em vermelho são os apresentados na Unidade Campinas Amoreiras.

Serviço
Encontro Cena Livre 2014 – edição Memória e Cidade
Período do evento: de 20 a 30 de novembro
Locais: Araraquara: (16) 3337-3100 | Campinas Amoreiras: (19) 3772-4184 | Itapetininga: (15) 3275-7949 | Rio Claro: (19) 3527-3120

Entrada gratuita.

Inscrições abertas para a conferência da Association of British Orchestras 2015

De 28 a 30 de janeiro, acontece em Newcastle (Reino Unido), no Centro Sage Gateshead, a ABO Conference 2015.  A conferência propõe o debate de temas como liderança, gestão, desenvolvimento de talentos, o papel da orquestra no apoio a novos compositores, construção de audiência a partir da experiência do esporte e muitos outros.
Cadastrando-se até 12 de dezembro, você garante o menor valor de inscrição. Veja mais detalhes no site oficial da conferência (em inglês).

O Autor na Praça promove eventos em homenagem a Plínio Marcos

Plínio Marcos na abertura do projeto O Autor na Praça. Foto de Freda Maia.
Há 15 anos (19/11/99), Plínio Marcos “viajou fora do combinado”, como diz seu amigo Rolando Boldrin e, para celebrar a vida e a arte deste grande dramaturgo e escritor, O Autor na Praça, em parceria com a Balada Literária e o Departamento de Bibliotecas do Município de São Paulo, realiza dois eventos na cidade de São Paulo.
No dia 21 de novembro, sexta-feira, haverá uma leitura aberta de sua peça Balada de um Palhaço na Biblioteca Alceu Amoroso Lima, em Pinheiros. Os convidados para esta leitura são os intrépidos palhaços Clerouak e Paulo Federal.
No dia 22 de novembro sábado, acontecerá o Sarau das Quebradas do Mundaréu, no Espaço Plínio Marcos (tenda na Feira de Artes da Praça Benedito Calixto, em Pinheiros). Plínio Marcos é o padrinho do projeto O Autor na Praça, que começou com ele em maio de 1999; por isso, a tenda onde acontece o projeto há 15 anos leva seu nome: Espaço Plínio Marcos.

Sobre a leitura
Parte da trajetória na pesquisa da linguagem do palhaço iniciada pelos dois artistas no início de 1990 e na continuidade dessas trocas artísticas mesmo após seguirem seus projetos pessoais. O convite do projeto O Autor na Praça mais uma vez vem chamar esses palhaços a mergulharem no universo marginal da obra de Plinio Marcos. A releitura da peça pretende exatamente revisitar o texto de extrema importância no cenário teatral do final dos anos 1980, ressaltando sua atualidade no que diz respeito às relações humanas desses dois personagens Menelão e Bobo Plin.
Direção, concepção e atuação: Clerouak e Paulo Federal
Produção, realização e divulgação: O Autor na Praça, Edson Lima e a dupla de palhaços.
Saiba mais sobre Plínio Marcos no website oficial: www.pliniomarcos.com ou https://www.facebook.com/facePlinioMarcos?fref=ts.  

Sobre Clerouak
O palhaço e músico Clerouak traz no sangue suas aptidões com as artes: neto de Capitão de Congado Mineiro e palhaço de circo, ele vem pesquisando a linguagem dos palhaços e se apresentando há mais de quinze anos. Começou trabalhando em festas e eventos e, em seguida, desenvolveu um trabalho em dupla, quando fundou o Sarau dos Charles, posteriormente transformado num trio – com a chegada de Paulo Federal (o palhaço Adão), se apresentavam em teatros e nas ruas de diversas cidades brasileiras. Em 1998, "Os Charles" como eram conhecidos, foram contemplados com o prêmio jornada SESC. Em 2001 o grupo iniciou suas pesquisas em torno da cultura popular brasileira, como o Grupo de Cavalo Marinho Boi Marinho, dirigido por Helder Vasconcelos. Em 2003, gravou o seu CD de músicas étnicas Música do Quarto Mundo, onde pesquisou a musicalidade de diferentes culturas do mundo, entre elas a música árabe, o blues e ritmos tradicionais brasileiros. Em 2004, iniciou seus trabalhos com a também palhaça e musicista Maria Lulú Azul. Além de sua trajetória unindo a música com o palhaço Clerouak, teve participações curiosas na história da música, participando da banda punk Garotos Podres, onde gravou, em 1993, o disco Canções para Ninar. No cinema, atuou no filme Carandiru, com direção de Hector Babenco. Saiba mais:   www.facebook.com/clerouak.palhaco.

Sobre Paulo Federal
Iniciou a carreira como palhaço em 1996, atuando nas ruas. Trabalhou com Cristiane Paoli Quito e Gabriel Guimard, com quem fundou a Cia. Megamini. Foi integrante do trio Os Charles & Cia, apresentando o Sarau dos Charles em vários pontos da cidade. Foi professor na Casa do Teatro durante cinco anos. É desenhista de estórias em quadrinhos e, na carreira solo do palhaço Adão, desenvolve um projeto de contação de estórias. Em parceria com Danilo Dal Farra (palhaço Gastão), atua no espetáculo de rua A rOda. É palhaço-atleta, árbitro e cenógrafo do espetáculo Jogando no Quintal – Jogo de Improvisação de Palhaços. https://www.facebook.com/paulo.c.gomesmartins.  

Leitura aberta da peça Balada de um Palhaço, de Plínio Marcos
Dia 21 de novembro de 2014, sexta-feira, às 20h – Entrada Gratuita.
Auditório da Biblioteca Pública Alceu Amoroso Lima – Telefone: (11) 3082-5023
Av. Henrique Schaumann, 777 (Esq. Rua Cardeal Arcoverde) – Pinheiros, SP.
Realização: O Autor na Praça, Balada Literária 2014 e Departamento de Bibliotecas do Município de São Paulo. Apoio: O Cantinho Português, Evandro Lima e Mayara Lima.
Informações: Edson Lima – (11) 3739-0208 / 95030-5577.

Sobre o evento no Espaço Plínio Marcos:
Dia 22 de novembro, sábado, 13h
Na programação da Balada Literária 2014, haverá uma homenagem a Edson Lima, criador e coordenador do Espaço Plínio Marcos – Tenda na Feira de Artes da Praça Benedito Calixto onde acontece há 15 anos o projeto O Autor na Praça, que começou com o Plínio Marcos em maio de 1999 com o lançamento de uma nova edição do livro Querô – uma reportagem maldita. A homenagem estende aos parceiros fundadores do projeto O Autor na Praça Fred Maia, Marcelo Max, Mouzar Benedito e outros parceiros que incentivam o projeto.
  
Dia 22 de novembro, sábado, 15h
Sarau nas Quebradas do Mundaréu
O Autor na Praça, em parceria com a Balada Literária, promove no Espaço Plínio Marcos (Tenda na Feira de Artes da Praça Benedito Calixto), das 13 às 18h, o Sarau das Quebradas do Mundaréu, celebrando a vida e a arte de Plínio Marcos, com leituras, depoimentos e apresentações com a presença de Carlos Costa (Carlão, amigo de Plínio), Céli Nunes (Atriz), D’Ollynda (artista plástico), Edson Lima (O Autor na Praça), Isadora Ferrite (atriz, integra o elenco de Abajur Lilás), Julio Calasso (diretor do filme Plinio Marcos nas Quebradas do Mundáreu), Junior Lopes (cartunista), Oswaldo Mendes (ator, autor do livro Bendito Maldito – Biografia de Plínio Marcos), os palhaços Clerouak e Paulo Federal, Ricardo Silva (poeta), Ronaldo “Magrão” Belotti (músico e educador) e outros convidados.

Cmdca realiza seminário para elaboração de plano de defesa dos direitos das crianças

O Cmdca (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente), órgão ligado à Secretaria Municipal da Família e do Bem Estar Social promove na próxima terça-feira (25), das 8h às 17h, no Centro de Convenções, por meio da Comissão de Acolhimento Institucional, o Seminário de Sensibilização e Articulação para Elaboração do Plano Municipal de Promoção, Proteção e Defesa do Direito de Crianças e Adolescentes à Convivência Familiar e Comunitária de Indaiatuba.
O evento é direcionado a dirigentes e técnicos trabalhadores da área. A inscrição pode ser feita através do e-mail cmdca2.cmi@terra.com.br até às 16h do dia 21 de novembro.
A palestra será ministrada por Alice Duarte de Bittencourt, graduada em Letras, Especialista em Administração e Elaboração de Projetos Sociais pela Universidade Gama Filho/RJ, Especialista em Gestão Estratégica de Pessoas pela FGV/RS, Especialista em Direitos da Criança e do Adolescente pela Fundação Escola do Ministério Público do RS, Coordenadora da Política Nacional de Convivência Familiar e Comunitária de Crianças e Adolescentes na Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, Consultora Nacional de Políticas Públicas de Convivência Familiar e Comunitária, Apadrinhamento Afetivo e Famílias Acolhedoras para Crianças e Adolescentes, membro do Comitê de Desenvolvimento de Pesquisas e Projetos do NECA - Associação de Pesquisadores de Núcleos de Estudos e Pesquisas sobre a Criança e o Adolescente/SP.
O Centro de Convenções Aydil Bonachela fica na Rua das Primaveras, 210, Jardim Pompéia.

Indaiatuba by Bike acontece no próximo domingo (23)

Foto: Arquivo Eliandro Figueira – SCS/PMI. 
O Departamento Municipal de Turismo promove no próximo domingo (23), a partir das 8h, mais uma edição do passeio cicloturístico Indaiatuba by Bike. Em sua 38ª edição, o evento terá percurso urbano de 16 km, partindo do estacionamento da Prefeitura pelo Parque Ecológico, em direção à região norte da cidade, passando por mais dois parques municipais e seguindo até o Bosque do Saber, onde haverá parada para lanche e visitação do local, retornando depois ao ponto de início. A duração estimada é de três horas e meia, com baixa dificuldade e paradas para hidratação. A participação é gratuita, basta comparecer com a bicicleta para se divertir. A faixa etária recomendada é acima de 10 anos, sendo que menores de idade devem estar acompanhados por responsável. O grupo terá apoio do Demutran (Departamento Municipal de Trânsito), da Guarda Civil, de ambulância da Secretaria de Saúde e do SAAE (Serviço Autônomo de Água e Esgoto), com distribuição de água aos ciclistas, além da parceria da Faculdade Max Planck e da Nutriplus/Rely. Em caso de chuva, o evento será cancelado.
O Indaiatuba by Bike foi criado há quase cinco anos pelo Departamento de Turismo e ganha mais adeptos a cada edição como opção de lazer para toda a família. A programação alterna trajetos urbanos e rurais com diferentes níveis de dificuldade, sempre contemplando pontos de interesse turístico, cultural e ambiental além de proporcionar atividade física. Os interessados podem se inscrever no link www.indaiatuba.sp.gov.br/desenvolvimento/turismo/inscricao-by-bike/ para receber informações sobre as próximas edições do passeio, que ocorre mensalmente. 

Lançamento de e-book: Turma do Gabi – um passeio relâmpago pelo futuro

A Editora EMT e a Kindle acabam de lançar o e-book Turma do Gabi – Um Passeio Relâmpago Pelo Futuro, do escritor e cartunista Moacir Torres.
A publicação digital já está à venda no site da Amazon. “O livro narra a história do Gabi e sua turma que se perdem na floresta e vivem uma aventura inesquecível, onde muitas coisas estranhas e atípicas acontecem”.
O e-book pode ser adquirido através do link http://www.amazon.com/dp/B00PS2IOZS.

Ceunsp promove encontro com entidades da região para discutir papel social do centro universitário

Divulgação.
O Ceunsp promoveu no último 12 uma reunião com dez entidades beneficentes da região para discutir o papel social do centro universitário. O encontro, realizado no Auditório Brasital, no campus V, em Salto, faz parte do Projeto Humanismo e Responsabilidade Social (PHRS) desenvolvido desde 2010 pela instituição.
Com o tema O papel social do centro universitário como gerador de reflexões e ações sobre responsabilidade social, cidadania e Terceiro Setor – apresentando projetos e construindo parcerias, a reunião apresentou os objetivos e iniciativas do PHRS, abordou o Terceiro Setor, sua origem, características e papel na sociedade, buscando refletir sofre os atuais desafios, além de promover a interação entre as instituições participantes.
Foi destacada a importância do Terceiro Setor como ferramenta para a sustentabilidade da sociedade, o que ficou evidente nas apresentações de dois grupos de trabalho de estudantes de Logística, que fizeram a imersão no Terceiro Setor. As apresentações demonstraram como o envolvimento desperta os alunos para a realidade que os cerca e os leva para a ação social.
A professora Mirian Vicente, responsável pelo Projeto Humanismo e Responsabilidade Social, aponta que a troca de experiências sobre as práticas do setor ocorrida no evento foi muito enriquecedora, uma vez que cada participante teve oportunidade de descrever sobre o trabalho de sua instituição. “Foram abordadas conquistas e dificuldades de cada uma. Muitos problemas vivenciados pelas entidades são comuns. Portanto, o debate, a troca de ideias é produtiva e auxilia a desbravar o caminho das pedras”, avalia a professora.
Foram apresentadas várias sugestões para a continuidade das parcerias e fortalecimento das ações do PHRS, vislumbrando construir um trabalho cada vez mais prático e efetivo. Entre os compromissos assumidos no encontro estão o de produzir e disseminar informações sobre o que é e o que faz o Terceiro Setor, refletir sobre propostas para melhorar a qualidade e eficiência da gestão de organizações e programas sociais, colaborar para aumentar a base de recursos e a sustentabilidade das organizações da sociedade civil de caráter público e criar condições para o aumento da participação voluntária dos cidadãos. A professora Mirian destaca ainda que a iniciativa da abertura do meio universitário para reflexões sobre as associações da sociedade civil foi intensamente elogiada pelas instituições e a parceria promete muitas realizações.
Participaram do encontro a unidade de Salto da Associação Brasileira de Assistência às Pessoas com Câncer (Abrapec), Assistência Vicentina, Lar Frederico Ozanam, Associação Esportiva e Recreativa Divino Salvador de Salto, Associação Filantrópica de Desenvolvimento da Comunidade União Saltense, Conselho Central de Sorocaba da Sociedade de São Vicente de Paulo e, de Indaiatuba, a Associação Beneficente Irmã Dulce (ABID), Centro de Inclusão e Assistência às Pessoas com Necessidades Especiais (Ciaspe), Instituto Henrique da Silva Semente (IHESS) e os Voluntários de Apoio no Combate ao Câncer (Volacc).

Sobre o Projeto
O principal objetivo do PHRS é estimular o protagonismo social através do trabalho voluntário e das ações da sociedade civil organizada em prol das causas menos favorecidas, atendidas geralmente pelo Terceiro Setor: educação, saúde, assistência, cultura, recreação, como também áreas emergentes, como  ambientalismo, direitos humanos, promoção do voluntariado e formação para a cidadania, entre outros.
O Projeto Humanismo e Responsabilidade Social investe na reflexão acerca das questões da sustentabilidade em geral, sobretudo em seus aspectos humanos – sociais, econômicos, políticos, culturais, éticos e ambientais – motivando ações para a cidadania e a democracia, o respeito às diversidades e minorias, envolvendo as práticas ecologicamente corretas.
Além das leituras e aprofundamentos teóricos, ocorrem discussões em sala de aula, baseadas em estudos de casos e a imersão dos discentes nas instituições do Terceiro Setor, vivências que são relatadas aos colegas através de seminários ao término do semestre e divulgadas pelo blog da disciplina (humanismoceunsp.blogspot.com), prática que propicia a sensibilização, base para a elaboração de atitudes efetivas e transformadoras em todos os âmbitos.

Museu Casarão tem exposição até segunda quinzena de dezembro

Reprodução.
O Museu Casarão Pau Preto, da Fundação Pró-Memória, recebe até o dia 19 de dezembro a exposição Indaiatuba em Cores e em Flores. A entrada é gratuita e a visita pode ser feita de segunda a sábado, das 8h às 17h e aos domingos, das 13h às 17h.
Indaiatuba já foi homenageada em prosa, verso, música e fotografia na visão de diversos artistas. Ao conhecer o acervo do fotógrafo Antônio C. Penna, a artista mineira Regina Marta se inspirou para fazer o resgate de cenas tradicionais da Indaiatuba antiga. A artista conta: “Tive vontade de fazer uma releitura de algumas imagens, tentando reconstruir as cores características de um tempo passado. Com suas ruas de terra, cavaleiros, vendas de secos e molhados e seu povo, temas abordados e revividos por meio da pintura a óleo sobre tela”.
Além disso, a exposição faz o registro da vegetação do cerrado, típica da região. Como o jatobá, a pindaíba, o melão de São Caetano, a pitaia e planta símbolo da cidade: a palmeira de indaiá. Regina explica: “as folhas e frutos parecem sair do solo, mas a palmeira pode chegar até dois metros de altura”.
Regina Marta é graduada em Educação Artística com licenciatura em Artes Plásticas. Prosseguiu com seus estudos por conta própria, pesquisando, traduzindo e experimentando técnicas de artistas consagrados. Com este aporte, serviu-se de seu repertório pessoal, contemplativo em relação à natureza, para moldar um estilo próprio. Realizou diversas exposições, tanto coletivas quanto individuais. Em Indaiatuba, suas mostras mais relevantes foram: Flora Brasileira, exposição que fez parte do Agosto das Artes - promovido pela Secretaria Municipal de Cultura de Indaiatuba – e que utilizou o espaço da Galeria de Arte do Centro Cultural Wanderley Peres e a Noite das Artes, evento simultâneo ao lançamento do livro Reflexões e Práticas sobre uma Filosofia da Pedagogia Musical, do Professor J. Julio Stateri na Livraria Laselva.

Dia 27 tem nova edição do sarau Todas Palavras da Secretaria de Cultura

Foto: Giuliano Miranda – SCS/PMI.
A Secretaria Municipal de Cultura promove no próximo dia 27, a partir das 19h, no Casarão Pau Preto, mais uma edição do sarau Todas Palavras. O evento tem entrada franca e integra as iniciativas permanentes da Prefeitura Municipal com foco na formação do público leitor e no fomento da cena literária em Indaiatuba. Quem tiver interesse em ler para a plateia já pode se inscrever pelo e-mail cultura@indaiatuba.sp.gov.br e escolher um trecho de obra literária de qualquer gênero, com duração média de 10 minutos. As vagas são limitadas conforme a disponibilidade de horário. Informações: (19) 3894-1867.
O Sarau é um evento cultural onde as pessoas se encontram para se expressar ou se manifestar artisticamente. A palavra tem origem no termo latino serus (relativo ao entardecer) porque acontecia, em geral, no fim do dia. Muito comuns no século XIX, os saraus vêm sendo resgatados como forma de fortalecer a identidade da comunidade, promover a integração de forma descontraída, despertar a sensibilidade das pessoas e estimular o gosto pela literatura e outras vertentes artísticas.

Giovannetti promove campanha "Padrinho Noel"

Divulgação
O Giovannetti Cambuí já finaliza a montagem de sua árvore de Natal, enfeitada com cartões contendo os dados de crianças em situação de vulnerabilidade social, que aguardam para serem apadrinhadas e receberem sacolinhas de Natal. Pelo segundo ano consecutivo, a iniciativa será voltada a uma instituição que acolhe crianças com idade entre 1 e 12 anos, mas que não pode ter seu nome divulgado por determinação judicial. As sacolinhas compostas de blusa, calça, calçado e roupa íntima (calcinha e sutiã ou cueca) e um brinquedo novo devem ser entregues no Giovannetti Cambuí até 10 de dezembro.

Giovannetti Cambuí
Rua Padre Vieira, 1277, Cambuí, Campinas
Telefone: (19) 3234-9510
Horário de funcionamento: todos os dias, das 11h até o último cliente
www.giovannetti.com.br.

Nipo sedia Torneio Circuito das Frutas dias 22 e 23

A Associação Cultural, Esportiva Nipo-Brasileira de Indaiatuba (Acenbi) sedia nesse final de semana (dias 22 e 23 de novembro) o Torneio Circuito das Frutas para a categoria Pré-Infantil (9 e 10 anos). A competição acontece no seu Centro Esportivo, localizado na Rua Chile, 689, Vila Castelo Branco, das 8h30 às 15h00.
Além de Indaiatuba, o Torneio conta com as seguintes equipes convidadas: Atibaia, Cooper Clube, Gecebs, Gigantes, Mirandópolis, Mogi das Cruzes e Nippon Blue Jays.
De acordo com o diretor do Departamento de Beisebol e Softbol da Acenbi, Ney Sato, o torneio tem entrada franca para o público em geral. “Essa é uma ótima oportunidade para se conhecer o esporte”, destaca.

Imigrantes japoneses
O beisebol foi introduzido no Brasil pelos imigrantes japoneses que começaram a chegar a partir do início do século 20. Nos primeiros tempos, o esporte era praticamente restrito às colônias japonesas.
Hoje, o beisebol faz parte dos inúmeros esportes amadores praticados em nosso país. “Poucas pessoas sabem que existem mais de 200 equipes de beisebol no Brasil”, explica Sato. “Temos jogadores brasileiros atuando nas maiores ligas mundiais". Segundo Sato, Indaiatuba é uma cidade que vem se destacando no beisebol ao longo dos anos e conquistando respeito em todas as competições de que participa.  

Sobre a Acenbi
Sediada em Indaiatuba, a Acenbi é uma associação sem fins lucrativos fundada por imigrantes japoneses em 1947. Sua principal finalidade é a preservação e a divulgação da cultura nipo-brasileira. A preservação da cultura de respeito aos idosos é outra tônica da entidade, que é mantenedora da escola Nitigo Gakko e abriga a escola de educação infantil Miyoji Takahara, em parceria com a prefeitura de Indaiatuba.
Em sua sede de campo, na Rua Chile, a Acenbi conta com campos de beisebol e softbol (versão mais leve do beisebol), quadras de gatebol (jogo semelhante ao críquete e apropriado para a terceira idade) e quadras de tênis de campo, além de piscina e área de lazer. Na sede social, na Rua Humaitá, a entidade mantém auditório, salas de reunião, salas de ensaio e salas de aula para cursos diversos.
As atividades da Acenbi são abertas a todos os interessados. Veja mais detalhes no website da entidade: www.acenbi.org.br.

'Mito, Guerra e Sociedade na Arte Grega Antiga' é tema de palestra na Fundação Ema Klabin

Cerâmica pintada e decorada em alto relevo.
Foto: Acervo Fundação Ema Klabin.
Na série de palestras oferecidas pela Unifesp, o tema Mito, Guerra e Sociedade na Arte Grega Antiga será oferecido ao público nesse próximo sábado, dia 22 de novembro, às 10h00 com entrada franca, na Fundação Ema Klabin.
À luz do poema épico A Ilíada, de Homero, serão estudadas as pinturas dos vasos gregos com a cena da partida de Aquiles para a Guerra de Tróia, estreita relação que unia mito, guerra e sociedade na Grécia antiga.
O palestrante, José Geraldo Costa Grillo, é graduado em História pela Universidade Estadual de Campinas, doutor em Arqueologia pelo MAE-USP, com período sanduíche na École Française d’Athènes (Atenas, Grécia). É professor da Unifesp, atuando principalmente sobre a Arte da Antiguidade Clássica.

Serviço
Palestra Unifesp na Fundação Ema Klabin – Mito, Guerra e Sociedade na Arte Grega Antiga
Data: sábado, 22 de novembro.
Horários: às 10h, mediante inscrição prévia pelo e-mail ou telefone
Vagas: 30
Endereço: Rua Portugal 43, Jardim Europa, São Paulo, SP
Telefone: (11) 3062-5245 - e-mail: cursos@emaklabin.org.br.