Para pensar:

"Esta vida é uma estranha hospedaria,
De onde se parte quase sempre às tontas,
Pois nunca as nossas malas estão prontas,
E a nossa conta nunca está em dia."

Mario Quintana

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Programação de drama e humor no Teatro Nósmesmos em fevereiro

O Teatro Nósmesmos retorna às atividades no mês de fevereiro com a promessa de unir temáticas sérias e relevantes com muito humor nas apresentações do mês. Com alteração nos horários e datas de apresentação, as peças agora serão exibidas aos sábados e domingos e em horário único – sempre às 20 h.

A programação começa no fim de semana de carnaval, dias 6 e 7 de fevereiro, com o espetáculo Má Pele, da companhia 4NARUAÉ8 e ingressos a apenas R$10. A apresentação, dirigida por Edgar Castro e construída a partir de depoimentos, relata o encontro das trajetórias de quatro crianças internas do Preventório de Jacareí, todas filhas de pais hansênicos e internadas compulsoriamente pelo governo no começo do século XIX.

Nos dias 13 e 14, o palco será preenchido pelas piadas da primeira dama do stand-up, Marcela Leal, primeira mulher a trabalhar esse gênero no Brasil. Nos dias 20 e 21 de fevereiro, o púbico continua a dar gargalhadas com o espetáculo 100% HUMOR - Espetáculo de improvisação, do Grupo Tupy, no qual quatro jogadores disputam uma divertida competição de habilidades no improviso. O último fim de semana do mês, dias 27 e 28, terá a peça dramática da Cia Nósmesmos que já conquistou o público: Hamelin. A trama densa e questionadora aborda a pedofilia e convida o público a refletir sobre as relações humanas e sociais por meio da história de um juiz determinado a provar que um importante homem da cidade abusou sexualmente de uma criança. As três apresentações terão ingressos a R$30,00 (inteira) e R$15,00 (meia-entrada).

Serviço:
Má Pele
Datas: 6 e 7 de fevereiro
Horário: 20h00

Marcela Leal – Stand-Up
Datas: 13 e 14 de fevereiro
Horário: 20h00

100% HUMOR – Espetáculo de Improvisação
Datas: 20 e 21 de fevereiro
Horário: 20h00

Hamelin
Datas: 27 e 28 de fevereiro
Horário: 20h00

Teatro Nósmesmos: Avenida Prudente de Moraes, nº 210 – Sala 304 – Vila Nova – Itu/SP
Ingressos:
Má Pele: R$10 (preço único); demais apresentações, R$30 (inteira) e R$15 (meia entrada).
Contato: (11) 99525-6899.

Carnaval na Casa de Fazer reúne atividades para bebês e crianças no sábado, 6 de fevereiro

Foto: site da Casa de Fazer.
Ao som de antigas marchinhas e brincadeiras carnavalescas, no dia 6 de fevereiro, sábado de Carnaval, das 14h às 20h, a Casa de Fazer, localizada à Avenida Dona Maria Franco Salgado, 674, em Sousas, Campinas/SP, estará preparada para receber pequenos foliões e seus familiares em um evento ao ar livre, com direito a espaço gourmet. Neste dia, as crianças poderão aproveitar oficinas de bolha de sabão, balangandã e pintura de rosto, embaladas pela banda Cia. do Carnaval, atividades que acontecerão no amplo jardim do local, em meio à natureza. Já no salão da Casa, marchinhas e brincadeiras, supervisionadas por monitores, estarão à disposição da diversão. Oficina de fantasias e instrumentos musicais também fazem parte da programação.

O Kit Folia faz parte da festa. Serpentina, confete e máscara para as crianças e serpentina, confete e colar para os adultos. Na ocasião, também haverá um mercadinho para garantir que os apetrechos que compõem a folia não acabem; entre as opções à venda estão confete, serpentina, máscaras, fantasias e adereços.

Para que a diversão seja completa para toda a família, o evento conta com um espaço gourmet, composto por alguns food trucks estacionados no gramado, que terá opções de pratos salgados e doces, além de bebidas, como cerveja, água e refrigerante.

Espaço bebê
O Carnaval na Casa de Fazer terá um espaço especialmente pensado e ambientado para crianças de zero a três anos, com brinquedos e monitores.

O evento é uma realização da Casa de Fazer em parceria com a Valverde Arte e Cultura.

Serviço
Carnaval na Casa de Fazer 2016
Quando: dia 6 de fevereiro, sábado, das 14 h às 20 h
Onde: Casa de Fazer
Endereço: Avenida Dona Maria Franco Salgado, 674 – distrito de Sousas – Campinas/SP
Informações e ingressos: https://www.sympla.com.br/carnaval-na-casa-de-fazer__55106 ou pelo e-mail oi@casadefazer.com.br ou pelos telefones (19) 3342-1066 / (19) 99297-8555.

Passaporte da Folia para o Carnaval da Casa de Fazer
Compra antecipada até dia 05/02/2016:
Criança: R$26,00* (vinte e seis reais)
Adulto: R$5,00** (cinco reais)
Compra no dia do evento:
Criança: R$35,00* (trinta e cinco reais)
Adulto: R$5,00** (cinco reais)
* com direito ao Kit Folia (serpentina, confete e máscara); oficinas de bolha de sabão, balangandã, pintura de rosto; música ao vivo com a Banda Cia. do Carnaval; salão com marchinhas e brincadeiras supervisionadas por monitores.
** com direito ao Kit Folia (serpentina, confete, colar).
Oficina de fantasias e instrumentos musicais: R$35,00 (trinta e cinco reais) por criança e para cada atividade. 

Convento desativado recebe exposição de arte 'Zona Autônoma Temporária'

Aproximadamente 25 artistas plásticos de diferentes linguagens – pintura, grafite, instalação etc. – estão acampados num antigo convento desativado de São Paulo, em imersão, produzindo no próprio local.

Cada sala ou espaço foi destinada a um dos artistas. Há 8 dias estão lá. No dia 29, sexta-feira, amanhã, quando completarão 10 dias, eles abrirão as portas para a exposição que acontecerá somente nesse dia das 9 h às 21 h.

Como o local é um pouco afastado (km 18,5 da Rodovia Raposo Tavares) haverá uma van que do metrô Butantã, de hora em hora, nas horas cheias, levando e trazendo de volta os interessados que assim preferirem.

Para os que seguirão em condução própria, atenção: a entrada do Convento Warzone é o último portão antes do posto policial no km 18,5 da Raposo.

"O Último Sarau" na 31ª Campanha de Popularização do Teatro de Campinas

Foto: Danilo Batista. 
O grupo Os Geraldos, de Campinas, apresenta o espetáculo O Último Sarau – uma peça de corpo presente na quarta-feira (3) às 21 h no Teatro Castro Mendes, como parte da programação da 31ª Campanha de Popularização de Teatro de Campinas. A comédia dramática, com direção de Roberto Mallet, reúne um grupo de artistas para realizar um sarau em homenagem a um artista falecido, deixando que se revelem, entre poemas e canções, as relações entre esses personagens.

O espetáculo evoca a memória de uma realidade cultural distinta da de grandes centros. A obra é marcada por uma produção artística menos sujeita a interferências estilísticas e transformações vanguardistas, refletindo, com mais ingenuidade e menos rebuscamento, as particularidades dessas comunidades, das quais é emblemático o sarau lítero-musical. “É um espetáculo com muita música e poesia, que nos traz de volta referências artísticas que, embora esquecidas, compõem nossa tradição cultural”, afirma Douglas Novais, ator e coordenador do grupo.

Compõem o elenco, além de Novais, Carolina Martins Delduque, Julia Cavalcanti Santos, Lucas Gonzaga, Maíra Coutinho Herissé, Marina Milito e Paula Mathenhauer Guerreiro. Roberto Mallet é quem assina a direção, a terceira dentro do repertório do grupo, que conta com essa parceria também em Números (2007) e no Números de Circo – um espetáculo para crianças (2011). Mallet é professor do Departamento de Artes Cênicas da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), foi professor da Universidade Regional de Blumenau (SC) e do Curso Livre de Formação de Atores do Teatro da Universidade Católica de São Paulo (TUCA). Atualmente é diretor e ator do Grupo Tempo, fundado em 1992, cuja poética é indissociável da sua pesquisa pedagógica e acadêmica.

Processo de criação
Durante o processo de criação, foram levadas à sala de trabalho obras da tradição poética ocidental – dentre as quais a de Camões, Cecília Meireles, Drummond, Olavo Bilac, Raimundo Correia, Bocage, Castro Alves, Manuel Bandeira e Mário Quintana –, cenas de textos dramáticos marcantes da história do teatro – de Nelson Rodrigues, Shakespeare, Anton Tchekhov, Aristófanes, Eurípedes –, da literatura – de Guimarães Rosa, Gustavo Corção e Leon Bloy – e do nosso legado musical brasileiro – de Angelino de Oliveira, Pena Branca, Carlos Galhardo e Nara Leão, entre outros. Embora nem todas essas referências estejam diretamente na cena, não deixam de compor a encenação, à medida que – tendo sido lembradas durante o processo – deixam sua marca na atmosfera do espetáculo.

Histórico
Os Geraldos já passaram por mais de 40 cidades em apresentações que percorreram nove estados brasileiros, além da participação e premiação em festivais nacionais e internacionais em países como Marrocos, Argentina e Peru, atingindo mais de 14 mil pessoas.

O primeiro trabalho do grupo foi o espetáculo Números (2007), criação dramatúrgica coletiva de esquetes com inspiração clownesca e direção de Roberto Mallet. Desde então, encanta e emociona os públicos que o recebem, tendo conquistado vários prêmios, como o de melhor espetáculo, no Festival de Teatro da Região Metropolitana de Campinas (2008), que foi o primeiro de que participou, e os de melhor espetáculo, melhor conjunto de atores e melhor figurino no 24º Festival Internacional de Teatro Universitário de Blumenau (FITUB), em 2011. Valendo-se de uma potência evidente do espetáculo, o grupo criou o Números para Crianças (2011), uma adaptação próxima à versão original que parte da atmosfera lúdica que lhe é característica para atingir diretamente o público infantil.

Em 2009, estreou seu segundo espetáculo: Hay Amor!, com direção coletiva, que trata da necessidade humana de não estar só, em uma criação dramatúrgica coletiva sobre a relação amorosa do homem que, por conviver com a instantaneidade do mundo virtual, vê-se imerso em um universo de laços a curto prazo e relacionamentos a distância. O espetáculo já conquistou, além da aclamação do público, importantes prêmios, como no 14º Festival International Du Théâtre Universitaire d’Agadir (Marrocos), em que recebeu o prêmio especial do júri e o prêmio máximo do festival, e no Festival Nacional de Teatro de Ponta Grossa (PR), que lhe rendeu seis prêmios, incluindo Melhor Texto Original e Melhor Espetáculo.

Em 2015, estreou seu quarto espetáculo: O Drama e outros contos de Anton Tchekhov; dessa vez, quem assina a direção é o ator do Théâtre de Soleil Arman Saribekyan. O espetáculo é constituído por quatro contos de Tchekhov – O Drama, O Criminoso, A Pamonha e A Corista –,cujas situações ambíguas revelam, em seus personagens, faces escondidas de nós mesmos.
O grupo também se dedica ao ensino teatral, realizando em sua sede em Campinas, desde 2015, o Curso de Formação Teatral, voltado a jovens e adultos, com uma proposta de formação do ator diferenciada: é o único que oferece a formação para um ator-gestor, capaz de atingir qualidade na criação poética, mas também de produzir e gerir projetos com sustentabilidade financeira viável e articulação com a sociedade.

Serviço
Espetáculo O Último Sarau – uma peça de corpo presente, na 31ª Campanha de Popularização do Teatro
Dia: 3 de fevereiro (quarta-feira)
Horário: 21 horas
Local: Teatro Castro Mendes - Rua Conselheiro Gomide, 62 – Vila Industrial
Entrada: R$15,00 – ingresso à venda na bilheteria do Teatro de terça a domingo, das 16 h às 21 h
Classificação: livre
Sinopse: A morte do diretor artístico do Grupo Arte & Vida, que por trinta anos promoveu saraus, peças e eventos culturais em uma pequena cidade, é ocasião para um último sarau com a sua presença. Poemas, canções e cenas que fizeram parte da história do grupo são apresentados em uma despedida alegre que, ao evocar memórias e afetos, conduz a uma reflexão sobre a vida, o amor e a arte.
Mais informações: comunicacaoosgeraldos@gmail.com / (19) 3327-1605.

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Projeto ‘Férias no Teatro’ segue com espetáculos gratuitos em Indaiatuba

Peça O Caixeiro Viajante é uma das atrações do projeto no sábado, dia 30. 
Foto: Arquivo – Adriana Panzini – SCS/PMI.
Prosseguem até o final do mês de fevereiro os espetáculos gratuitos oferecidos pela Secretaria de Cultura de Indaiatuba na primeira edição do projeto Férias no Teatro. Criada com o objetivo de aproximar a dramaturgia da rotina de entretenimento da população de Indaiatuba, além de estimular as crianças e adolescentes para a cultura e apreciação das artes cênicas, a ação traz uma série de peças com entrada franca, sendo necessária a retirada de convites antecipados apenas para as apresentações de encerramento da programação, conforme abaixo. Informações: (19) 3894-1867 – programação completa no link http://www.indaiatuba.sp.gov.br/comunicacao/imprensa/noticias/23697/

Tênis Clube recebe concentração da City Banda dia 30

Divulgação.
A City Banda, o maior bloco de carnaval de rua de Campinas, volta a desfilar pelo bairro Cambuí no dia 30 de janeiro e a Faro Eventos, pela segunda vez, vem com o seu bloco Samba da Lapa. A concentração acontecerá no Tênis Clube, a partir das 12 horas e os convites já estão à venda.

Os convidados poderão desfrutar do serviço open bar e durante a concentração e para o percurso haverá carrinhos volantes com cerveja e Skol Beats Senses, além de banheiros exclusivos. Após o trajeto, a festa continua com muita bebida gelada e música boa com Binho Black e Banda, no Tênis Clube.

Os convites podem ser comprados nos pontos de venda físicos credenciados ou na plataforma (http://ingressos.faroeventos.art.br) da Faro Eventos. Em Campinas, os ingressos estão à venda na Shoubai Temakeria (Rua Coronel Quirino, 1744) e A Academia Nova Campinas (Avenida Jesuíno Marcondes Machado, 1415).

Serviço:
Bloquinho Samba da Lapa
Data: 30 de janeiro – City Banda
Local da concentração: Tênis Clube – Rua Coronel Quirino, 1346 – Cambuí – Campinas – SP
Horário: das 12 às 20 horas

Marchinhas e sambas no Carnaval do Almanaque Café

As Caixeirosas. Crédito da foto: Davi Moraes Fotografia.
Quatro noites de folia e duas matinês vão embalar o Carnaval do Almanaque Café, localizado em Barão Geraldo, Campinas. Bem ao gosto da cultura popular brasileira, a festa proporciona um espaço lúdico para toda a família brincar. O tradicional bloco As Caixeirosas será responsável pelas matinês nos dias 7 e 9 (domingo e terça), das 17 h às 19 h. Nas noites de sábado (6), domingo (7) e segunda (8), a partir das 22 h, duas bandas irão se revezar nas marchinhas e sambas. Os ingressos já estão à venda no Almanaque Café.

As Caixeirosas
No salão enfeitado com confetes e serpentinas, As Caixeirosas irão tocar marchinhas, frevos e sambas. A cada ano, o bloco apresenta uma boneca gigante, que vem acompanhada de uma marchinha criada especialmente para ela. A boneca deste Carnaval é a Belelinda, filha dos bonecões Zé Bêlêu e Rosalinda, que também estarão brincando com as crianças.

Conhecido bloco do distrito de Barão Geraldo, As Caixeirosas foi fundado em 2006 pela arte educadora Cristina Bueno, que originou os grupos Caixeiras da Guia e Caixeiras das Nascentes. Seus integrantes tocam caixa (ou tambor pequeno) – instrumento de percussão classificado pela família dos membrafones, com som produzido pela vibração da membrana (pele). É considerado um tambor sagrado por conduzir várias manifestações populares, como Festa do Divino, Congadas, Moçambiques e Folias de Reis, entre outras. No Brasil, o único lugar que as mulheres tocam tambor em festa sagrada é na Festa do Divino do Maranhão e são conhecidas como Caixeiras.

Associados aos ritmos do corpo e da natureza, os tambores foram meio de comunicação entre os homens e seus deuses. Através dos tempos foram ganhando diversas formas, tamanhos e timbres. Às vezes tocados com as mãos livres, outras com o auxílio de baquetas.

Serviço
Salão do Almanaque
Matinês
Data: 7 e 9 (domingo e terça), das 17 h às 19 h
Ingresso: R$25

Carnaval
Data: sábado (6), domingo (7) e segunda (8) a partir das 22 h
Ingresso: R$50

Almanaque Café - Avenida Albino José Barbosa de Oliveira, 1240, Barão Geraldo – Campinas/SP - (19) 3249-0014.

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

“O Clã” será exibido hoje no Cineclube Indaiatuba

Hoje, dia 26/01/2016 é dia de Cineclube Indaiatuba, com sessão única às 19h40.

Sinopse: A história dos Puccio, uma família de classe média que tem por hábito sequestrar pessoas ricas, pedir o resgate e, ao receber o pagamento, matar suas vítimas. O patriarca, Arquimedes, comanda as operações ao lado dos filhos Alejandro e Alex, enquanto sua esposa e as filhas fingem ignorar o que acontece à sua volta. Mas as coisas mudam de figura quando um filho distante volta da Austrália, criando novas tensões familiares.
Gênero: Drama
Direção: Pablo Trapero
Roteiro: Esteban Student, Julian Loyola, Pablo Trapero
Elenco: Antonia Bengoechea, Fernando Miró, Franco Masini, Gastón Cocchiarale, Giselle Motta, Guillermo Francella, Juan Cruz Márquez de la Serna, Lili Popovich, Peter Lanzani, Raymond E. Lee, Stefanía Koessl
Data: 26 de janeiro de 2016
Horário: ​19h40
Preço: para o Cineclube os ingressos têm preço único de R$10,00 para o público em geral. Maiores de 60 anos pagam ingresso promocional de R$5,00
Local: Topázio Cinemas do Shopping Jaraguá Indaiatuba
Endereço: Rua 15 de Novembro, 1200 (Centro)
Gênero: Drama    Classificação indicativa: 16 anos
Duração: 109 minutos         Legendado.

Inscrições para oficinas gratuitas acontecem neste sábado em Indaiatuba

Foto: Arquivo – Adriana Panzini – SCS/PMI.
A Secretaria de Cultura de Indaiatuba realiza neste sábado, dia 30, as inscrições para oficinas culturais gratuitas permanentes. Os interessados devem comparecer a partir das 8 h no Centro de Convenções Aydil Bonachela (Rua das Primaveras, 210 – Jardim Pompéia) e apresentar uma foto recente 3 x 4, cópia do RG e cópia de comprovante de endereço no município, além de doar uma lata de leite em pó de 400 g, que será revertida para as entidades atendidas pelo Fundo Social de Solidariedade de Indaiatuba – Funssol. São oferecidas opções de modalidades artísticas para todas as faixas etárias, entre elas ballet, teatro, desenho, pintura, violão e piano eletrônico. As aulas acontecem no Centro Cultural Wanderley Peres e no Novo Centro Cultural Morada do Sol, em diversos dias da semana e horários. O atendimento será realizado até às 12 h, mas as vagas são limitadas e podem se esgotar antes do horário. A partir do dia 5 de fevereiro, as possíveis vagas remanescentes devem ser consultadas diretamente no centro cultural de interesse, de segunda a sexta, das 8 h às 17 h. Informações: (19) 3894-1867.

Modalidades artísticas disponíveis
Centro Cultural Wanderley Peres (Praça Dom Pedro, s/nº – Centro – Telefone 3825-2056)
- Artes Infantis (manhã e tarde) – 6 a 14 anos;
- Ballet (manhã e tarde/ iniciante e intermediário) – 7 a 16 anos;
- Coral Adulto Masculino e Feminino (noite) – acima de 18 anos;
- Coral Terceira Idade (tarde) – acima de 60 anos;
- Desenho Artístico Adulto (noite) – acima de 18 anos;
- Desenho e Criatividade Juvenil (tarde) – 14 a 17 anos;
- Desenho Artístico Infantil e Juvenil (manhã e tarde) – infantil – 7 a 10 anos / juvenil – 11 a 17 anos;
- Jazz Infantil e Juvenil (manhã e tarde) – infantil - 7 a 11 anos / juvenil - 12 a 16 anos;
- Pintura Contemporânea Adulto (noite) – acima de 18 anos;
- Teatro Adulto (noite) – acima de 18 anos;
- Teatro Infantil (manhã) - 10 a 13 anos
- Teatro Juvenil (manhã) - 14 a 17 anos
- Viola Caipira Iniciante e Intermediário (tarde e noite) – a partir de 10 anos
- Violão Iniciante e Intermediário (manhã, tarde e noite) – a partir de 10 anos

Centro Cultural da Morada do Sol (Av. Eng. Fábio Roberto Barnabé, nº 5924 – Jardim Morada do Sol – Telefone 3936-2584)
- Ballet (manhã e tarde/ iniciante e avançado) – 7 a 16 anos;
- Coral Infantil (manhã) – 7 a 12 anos;
- Desenho Artístico Infantil e Juvenil (manhã e tarde) – infantil – 7 a 10 anos / juvenil – 11 a 17 anos;
- Jazz Infantil e Juvenil (manhã e tarde) – infantil - 7 a 11 anos / juvenil - 12 a 16 anos;
- Piano eletrônico (manhã, tarde e noite) - infantil – 10 a 14 anos / juvenil 15 a 17 anos / Adulto a partir de 18 anos;
- Pintura em Tecido (manhã e tarde) – a partir de 15 anos
- Pintura em Tela (manhã e tarde) – a partir de 10 anos
- Teatro Adulto (tarde) – acima de 18 anos;
- Teatro Infantil - (manhã e tarde) - 10 a 13 anos
- Teatro Juvenil – (tarde) - 14 a 17 anos
- Viola caipira Iniciante e Intermediário (manhã e tarde) – a partir de 10 anos
- Violão Iniciante e Intermediário (manhã e tarde) – a partir de 10 anos.

Milord Taverna será inaugurada sábado em Campinas

Crédito das fotos: Fernando Demonte.
No próximo dia 30, sábado, em Campinas, a Milord Taverna abre suas portas, trazendo a cultura medieval para a cidade, prometendo uma viagem à idade média e resgatando os costumes medievais em uma experiência planejada para aguçar os cinco sentidos.

A visão e o tato prometem ser despertados através da ambientação temática da casa, cuidadosamente estudada pelos campineiros Alexsandro Matos e Fernando Demonte e garantindo um ambiente fiel àqueles que ultrapassam os portões, causando a sensação de terem sido levados ao passado. Os trajes, tochas, brasões, tijolos aparentes e mesas de madeira se unem aos utensílios feitos em barro e à iluminação produzida por velas, encantando os viajantes do tempo na Taverna.

O canto, acompanhado do doce som das flautas, harpas, gaitas de fole, violinos e percussões que animavam as rodas de dança, vão fazer as noites da taverna se transformarem uma grande festa com muita diversão ao som de bandas de ritmos típicos, em uma imersão auditiva especial.

Por fim, o paladar e o olfato serão provocados pelo cardápio exclusivo elaborado pela chef Miriam Canesin, composto por galeto, T-bone, coxa de peru e costelas de porco e boi, além de peixes como a truta e bacalhau, oferecendo ainda opções como a carne exóticas de javali. Saladas, caldos, verduras e legumes, além de frutas, pães e queijos serão deliciosamente degustados acompanhados do típico Hidromel, bebida alcóolica derivada da fermentação de mel e água. A carta de bebidas oferece ainda um chope Red Ale – avermelhado, encorpado e feito com malte tostado – de fórmula exclusiva desenvolvida para a Milord Taverna. Outras opções de cervejas artesanais e o chope Baden Baden também estarão disponíveis.

Noites temáticas com apresentações de dança, lutas de espada performáticas e malabaristas, completam a viagem sensorial proposta pelo mais novo endereço temático de Campinas, que futuramente sediará um museu e uma loja direcionada aos amantes da cultura medieval, que podem frequentar o ambiente caracterizados.

A casa funcionará de terça a domingo a partir das 17 h para happy hour, oferecendo também o jantar. As instalações ficam na região central da cidade, na Rua Sacramento e possuem serviço de valet com estacionamento.

Serviço
Milord Taverna
Rua Sacramento, 367 – Centro – Campinas/SP
Horário de funcionamento: De terça a domingo a partir das 17 h
Informações e reservas: (19) 3308-2014
Facebook: Milord Taverna
Wi Fi Liberado |3 Ambientes
Serviço de valet | Convênio com estacionamento
Cartões de débito e crédito (Visa|Master|Cielo).

Laroc Club com programação especial em seu primeiro carnaval

Divulgação.
A recém-inaugurada Laroc Club, localizada no km 118 da Rodovia D. Pedro I, em Valinhos, terá uma programação especial de carnaval. Para celebrar os dias de folia, o sunset club convocou os principais DJs da cena mundial para agitar sua pista.

Sexta-feira, dia 5 de fevereiro, a partir das 22 h, o clube inicia as comemorações do feriado prolongando com o DJ Hardwell (na foto). Líder da lista de melhor DJ do mundo em 2013 e 2014, o holandês desembarca no Brasil para uma turnê e realiza sua única apresentação no Estado de São Paulo. No domingo, dia 7 de fevereiro, a partir das 16 h, o sueco Axwell, décimo colocado no top 100 DJ Poll da DJ Magazin, será a principal atração da festa.

O Carnaval na Laroc será uma alternativa diferente aos foliões da região de Campinas, onde a grande maioria das cidades cancelou as festas de rua. Na região, esta é a primeira vez que o samba dará lugar à música eletrônica de primeira qualidade, tendência que já vem ocorrendo em vários estados brasileiros, como Rio de Janeiro, Bahia e Santa Catarina.

O DJ e produtor Hardwell começou a discoteca aos 13 anos de idade e aos 25 e 26 anos recebeu durante dois anos em seguido o titulo de melhor DJ do mundo pela conceituada premiação da segmentada DJ Mag. Seu estilo é definido com a mistura de elementos da electro house e house progressivo.

Produtor e DJ sueco de house, Axwell possui a própria gravadora e era um dos membros do grupo Swedish House Mafia, ao lado de Steve Angello e Sebastian Ingrosso. Em carreira solo, o artista já foi indicado ao Grammy Awards cinco vezes e se tornou ícone do dance global após revolucionar o estilo com seus remixes e produções ousadas. Seus singles mais conhecidos são Feel The Vibe (2004), Watch The Sunrise #3 UK Dance Singles Chart (2005), Tell Me Why as Supermode #13 UK Singles Chart (2006) e I Found U #6 UK Singles Chart (2007).   

Serviço
Laroc Club – Programação de Carnaval
Rodovia Dom Pedro I – km 118 - Valinhos/SP
Venda online: www.tickets.laroc.club
Instagram: @larocclub
Informações: (19) 4141-3788
Reservas de camarotes, backstage e mesas: reserva@laroc.club
Censura: 18 anos
Cartões Visa e Master
Acesso a deficientes com banheiros adaptados
Capacidade: 5 mil pessoas
Estacionamento R$40,00.

14º Salto Fest Dance

Quinteto Vento em Madeira, Mônica Salmaso e Guinga na programação especial dos 6 anos do Almanaque Café

Com uma programação musical especial, o bar/restaurante Almanaque Café, localizado em Barão Geraldo, Campinas (SP), festeja seis anos de atividade com uma programação especial esta semana. Na quarta-feira (27), show com o Quinteto Vento em Madeira e participação especial de Mônica Salmaso. Na quinta (28), sobe ao palco o compositor e violonista Guinga, um dos mais importantes músicos do país, que virá acompanhado do também violonista Jean Charnaux. As atrações começam às 21 h.

Vento em Madeira
Originário de uma parceria muito profícua entre os compositores Léa Freire e Teco Cardoso, iniciada na década de 1970, o Vento em Madeira é um quinteto formado pelo piano elegante de Tiago Costa, que contribui também como compositor e arranjador, pelo contrabaixo preciso e fundamental de Fernando Demarco, pela percussão polirrítmica e criativa de Edu Ribeiro, que compõe para o quinteto e pelas flautas de Léa Freire e os saxofones e flautas de Teco Cardoso. Em um trabalho autoral, o grupo também revisita e homenageia grandes compositores brasileiros. Neste show, o grupo terá participação especial da cantora Mônica Salmaso.

Vento em Madeira faz uma música que dialoga e transita entre o popular e o erudito, entre a improvisação e a música estruturada, entre composições camerísticas e das ruas. Com um olho na tradição e outro no futuro, o grupo promove o encontro de consonâncias e dissonâncias entre elementos sutis e etéreos, como os do vento, com a sólida e enraizada estrutura da matéria, da madeira. O quinteto apresenta nesse show músicas de seus dois CDs, Vento em Madeira e Brasiliana, que recebeu duas indicações no Prêmio da Música Brasileira 2014, nas categorias Revelação e melhor Álbum Instrumental, e também composições novas que farão parte de seu novo trabalho Música pra ser feliz.

Guinga em Roendopinho
O compositor e violonista Guinga, que já tem 11 títulos lançados, apresenta neste show o repertório do primeiro disco solo, Roendopinho, gravado na Alemanha pelo selo Acoustic Music Records. O título é a justaposição de duas palavras: roendo (verbo roer no gerúndio) e pinho (tipo de madeira usado para construir o instrumento musical de cordas). Cria uma metáfora poética que traz sentido especial para as marcas e rastros deixados após uma forte e longa relação do músico com o instrumento, enquanto cria sua obra. Em Roendopinho, a maioria dos temas são autorais e inéditos, a começar por Pucciana (inspirada na música do italiano Giacomo Puccini), que abre o repertório, passando por Choro breve, Picotado, Constance, Di maior, Funeral de Billie Holiiday, Sargento Escobar e Cambono (parceria com Thiago Amud) e Ellingtoniana (homenagem a Duke Ellington, lenda do jazz norte-americano). Guinga interpreta, ainda, novas versões para Anjo de candura, Cheia de dedos e Lendas brasileiras — esta última composta em parceria com Aldir Blanc. O trabalho representa um desafio em sua carreira e nele quis registrar as suas composições da forma como nascem: somente o compositor e o seu violão.

Programação musical – Aniversário de 6 anos
Dia 27, quarta, 21 h
Quinteto Vento em Madeira e participação especial de Mônica Salmaso
Couvert: R$40,00

Dia 28, quinta, 21 h       
Guinga em Roendopinho
Participação do violonista Jean Charnaux
Ingresso: R$70,00

Almanaque Café: Avenida Albino José Barbosa de Oliveira, 1240, Barão Geraldo, Campinas/SP Telefone (19) 3249-0014

Link Vento em Madeira com Mônica Salmaso: https://www.youtube.com/watch?v=5C1npdqHUI4  

Giovannetti introduz cachaças especiais no cardápio

A seleção de cachaças do cardápio do Giovannetti. (Divulgação)
Matéria prima do drinque brasileiro mais conhecido na coquetelaria internacional, a cachaça conquistou o público mais exigente e suas versões especiais – Premium e artesanais – passaram a ocupar lugar de destaque nos cardápios dos mais tradicionais bares e restaurantes do país. Nas três unidades do Grupo Giovannetti de Choperias, em Campinas/ SP, com quase 80 anos de história, uma seleção de 12 cachaças especiais foi desenvolvida para atender aos paladares mais exigentes.

Estão no cardápio a Beija Flor (coloração dourada, levemente alcoólica, envelhecida em tonel de madeira umburana), Boazinha (encorpada, sabor adocicado, baixa acidez, envelhecida em bálsamo), Claudionor* (preserva as características de cana-de-açúcar, tem acidez moderada, aroma herbal e é envelhecida em madeira amburana), Erva Doce (cor amarelo ouro, baixo teor alcoólico, sabor levemente adocicado, aroma amadeirado e envelhecida em jequitibá-rosa), Espírito de Minas (corpo suave, agradável na boca, levemente picante no final, envelhecida em tonel de carvalho), Germana Ultra Premium (cor ouro, leve sabor de baunilha com toque adocicado e final longo e seco, envelhecida em carvalho francês), Nêga Fulô* (perlage equilibrada, sabor frutado com final de madeira e aroma floral, envelhecida em tonel de carvalho), Salinas (sutil e refinada, com aroma adocicado e notas de frutas tropicais com final seco e prolongado, envelhecida em carvalho), Salivana (coloração  levemente amarelada, buquê acentuado, envelhecida em tonel de umburana), Seleta (coloração levemente dourada, sabores de baunilha pontuados pelo álcool e aroma marcante,  envelhecida em tonéis de umburana), São Francisco (produzida no Estado de São Paulo e envelhecida em tonel de carvalho) e Vale Verde (dourada com aroma marcante de baunilha, sabor de fruta madura e álcool suave e envelhecida em carvalho).

De acordo com o sommelier do Barbacoa Campinas, Antonio Raimundo Cosmo, estudioso da cachaça, os petiscos, em especial os fritos, combinam bem a bebida. “Sua untuosidade e sua variedade de sabores deixam a cachaça mais leve”, explica. Frios em geral, azeitonas pretas e verdes, queijos frescos e com pouco sal, sobretudo os mais leves e com toque adocicado, também são bons acompanhamentos para a cachaça. “Vale lembrar que não se trata de harmonização – que é a união de um alimento e de uma bebida na intensificação de um sabor, porque, como sabemos, a cachaça tem uma graduação alcoólica muito alta e isso lhe confere um sabor explosivo. Dessa forma, não é o ideal fazer uma refeição inteira acompanhada da bebida”, esclarece o especialista. De acordo com ele, as cachaças especiais devem ser apreciadas puras, ao estilo cowboy e em temperatura ambiente. “Esse tipo de cachaça é produzido de maneira diferenciada, seja no cultivo, na elaboração ou mesmo no modo como foi envelhecido (por quanto tempo, em qual tipo de barril, por exemplo), o que confere características típicas especiais para a bebida. Quando alteramos sua temperatura, alteramos o seu paladar”, explica. Cosmo ressalta que, independente de modismos, não se deve servir uma cachaça especial com gelo. “Existem no mercado variedades de cachaças licorosas, com frutas ou ervas destinadas a serem servidas geladas; um exemplo é a Terra Brazilis, da 51”, diz.

O especialista destaca a caipirinha, bebida genuinamente nacional, como uma exceção para o consumo de cachaças especiais com gelo. “Hoje em dia muita gente prefere utilizar as cachaças especiais na preparação do drinque, que leva limão, açúcar e gelo, porque elas agregam em aroma e sabor, ao contrário do que ocorria antigamente, quando qualquer aguardente de cana (cuja graduação alcoólica varia entre 38% e 54%) bastava para preparar uma caipirinha”, afirma. Ainda segundo o sommelier, o limão é o principal aliado da cachaça porque sua característica ácida e refrescante faz com que a boca produza saliva, atenuando a sensação alcoólica e tornando a bebida mais macia.

A cachaça é uma bebida versátil, ideal como aperitivo antes de qualquer refeição, uma vez que abre o apetite e, por ter a graduação alcoólica alta, faz abrir as papilas gustativas, possibilitando saborear melhor os alimentos.  E justamente por sua graduação alcoólica alta, ela também ajuda na digestão dos alimentos, sobretudo os mais gordurosos. Além disso, para os apreciadores de chope ou cerveja, a cachaça é um excelente aperitivo que substitui muito bem outros destilados, como a vodca e o Steinhaeger pois, além de quebrar o gelo, confere mais sabor e retrogosto ao paladar.

* À venda somente no Giovannetti Rosário.

Serviço:
Giovannetti Rosário
Rua General Osório, 1059, Centro
Telefone: (19) 3231-2830
Horário de funcionamento: todos os dias das 8 h até o último cliente

Giovannetti Cambuí
Rua Padre Vieira, 1277, Cambuí
Telefone: (19) 3234-9510
Horário de funcionamento: todos os dias, das 11 h até o último cliente

Giovannetti Parque D. Pedro
Avenida Guilherme Campos, 500, Parque D. Pedro Shopping - Entrada das Águas
Telefone: (19) 3209-1641
Horário de funcionamento: todos os dias das 10 h até o último cliente. De segunda a sexta, no horário do almoço, o restaurante paga para o cliente 50% do valor do estacionamento do shopping.

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Água saborizada: frescor, sabor e saúde para aliviar o calor

Nos dias mais quentes, o corpo pede água para compensar a perda de líquidos e sais minerais durante a transpiração. Os sucos naturais e a água mineral são as bebidas mais comuns nessa época, mas uma opção saudável, deliciosa, nutritiva e com baixíssima caloria é a água saborizada. Preparada com diversos ingredientes, entre eles frutas, legumes e verduras, ela tem sabor agradável e traz muitos benefícios a saúde.

“A bebida estimula o consumo diário de água, hidrata o organismo e favorece a eliminação de toxinas. A criatividade permite combinar diversos ingredientes, preparando águas saborizadas com ação antioxidante (que contribui na prevenção do envelhecimento precoce), termogênica (que ajuda a acelerar o metabolismo), digestiva e alcalinizante (que auxilia no equilíbrio do pH do organismo), entre outras”, explica a nutricionista do Oba Hortifruti, Salucha Dainez.

É recomendado beber até 1 litro por dia, para complementar a ingestão diária adequada de água natural. “O ideal é consumir no mesmo dia do preparo; se não, conservar na geladeira, pois em temperatura ambiente o açúcar das frutas facilita a fermentação e altera o sabor”, indica a profissional. Para variar, ainda dá para prepará-la com água de coco (nessa versão, um pouco mais calórica, o consumo deve ser de até 400 ml por dia).

Confira algumas receitas sugeridas pela especialista:

Água com pêssego, mirtilo, limão e hortelã – alcalinizante e antioxidante, ajuda no equilíbrio do pH do organismo e previne o envelhecimento precoce.

Ingredientes
1 xícara (chá) de mirtilo
2 pêssegos sem casca, cortados em cubos
1 limão taiti com a casca, cortado em rodelas finas
10 folhas de hortelã frescas
1 litro de água filtrada

Modo de preparo
Adicione os ingredientes em uma jarra de água. Beba apenas o líquido, descartando os alimentos utilizados no preparo.

Água com laranja, gengibre e canela – termogênica, aliada a uma alimentação saudável pode ajudar na perda de peso.

Ingredientes
10 folhas de hortelã frescas
3 canelas em pau
3 rodelas finas de gengibre fresco
4 laranjas com casca cortadas em rodelas finas
1 litro de água filtrada

Modo de preparo
Adicione os ingredientes em uma jarra de água. Beba apenas o líquido, descartando os alimentos utilizados no preparo.

Água com abacaxi e hortelã – refrescante e digestiva.

Ingredientes
½ abacaxi pérola picado
10 folhas de hortelã
1 litro de água filtrada.

Modo de preparo
Adicione os ingredientes em uma jarra de água. Beba apenas o líquido, descartando os alimentos utilizados no preparo.

Água de coco com morango, kiwi, melancia e hortelã – isotônico natural, antioxidante e refrescante.  
Ingredientes
6 morangos
1 kiwi cortado em rodelas
10 cubos pequenos de melancia
5 folhas de hortelã
1 litro de água de coco
Gelo a gosto

Modo de preparo
Adicione os ingredientes em uma jarra de água. Beba apenas o líquido, descartando os alimentos utilizados no preparo.

Para mais dicas de alimentação e saúde acesse www.redeoba.com.br.  

Dinamização da Inovação em Micro e Pequenas Empresas

O Grupo de Dinamização da Inovação em Micros e Pequenas Empresas - MPE do Grupo de Apoio à Inovação e Aprendizagem (GAIA) do Centro de Tecnologia da Informação (CTI) ‘Renato Archer’ do Ministério da Ciência e Tecnologia tem como objetivo conectar as diversas entidades, pessoas e negócios, evidenciando assim as oportunidades e ferramentas que possam contribuir para o sucesso de um empreendimento. Você pode contar o que faz e de que precisa, além de poder contar com uma rede de relacionamento que pode ser útil ao seu negócio – este grupo pode assessorá-lo para dinamizar sua rede de forma estratégica.

Acesse o link e torne-se um membro:  https://www.facebook.com/groups/cti.gaia.mercados.do.futuro

Grupo Rotunda apresenta "A Lição" no Castro Mendes

Walkiria Fransiscatto, Claudia Menezes e Helcio Henriques 
em A Lição, de Ionesco.
A Lição, peça de ‘teatro do absurdo’ de Eugène Ionesco, com direção de Teresa Aguiar e com Hélcio Henriques (professor), Cláudia Menezes (aluna) e Walkiria  Franciscatto (Governanta) no elenco, estreia dia 2 de fevereiro às 21 h no Teatro Castro Mendes (Rua Conselheiro Gomide, 62 - Vila Industrial, Campinas/SP) dentro 31ª Campanha de Popularização do Teatro de Campinas, com ingresso promocional a R$15,00.

Sinopse: Um professor conhecido da cidade, especializado em aulas particulares sobre qualquer assunto. Especializado em aritmética, filologia, filosofia, línguas, medicina etc., ele atende alunos interessados em apresentar-se ao concurso de doutorado total ou parcial.  Nesse ambiente, entra a nova aluna, interessada nos conhecimentos do professor. O que acompanhamos após sua chegada são as diferentes relações de poder entre as personagens, destacando a governanta – uma figura aparentemente onisciente. Através de diálogos aparentemente absurdos, o problema universal da falha de comunicação e a procura incessante pela informação são expostos de forma extremamente cômica algumas vezes, mas também dramática – quando não trágica – por essas três personagens.

A Lição busca, através do absurdo, esmiuçar parte da verdade das afinidades humanas e a busca infinita pelo conhecedor e pelo conhecimento. Eugène Ionesco (Slatina, Romênia, 26 de novembro de 1909 — Paris, 28 de março de 1994) foi um dos maiores para físicos e dramaturgos do teatro do absurdo. Para lá de ridicularizar as situações mais banais, as peças de Ionesco retratam de uma forma tangível a solidão do ser humano e a insignificância da sua existência.

Filho de pai romeno e mãe francesa, Ionesco passou a maior parte da infância na França, mas no princípio da adolescência regressou à Romênia, onde se formou como professor de francês e casou-se em 1936. Em 1928, na Universidade de Bucareste, conheceu Emile Cioran e Mircea Eliade e os três tornaram-se amigos de toda a vida. Regressou à França em 1938, para concluir a sua tese de doutoramento. Apanhado pela eclosão da guerra, em 1939, Ionesco permaneceu em França, acabando por revelar-se escritor de talento. Foi eleito membro da Académie Française em 1970. Morreu aos 81 anos e está sepultado no Cemitério do Montparnasse, em Paris.

Algumas obras: La Cantatrice chauve (A Cantora lírica careca, 1950); Les Salutations (As Saudações, 1950); Les Chaises (As Cadeiras, 1952); Le Maître (O Mestre, 1953); Le Nouveau Locataire (O Novo locatário, 1955); L'avenir est dans les œufs (O futuro está nos ovos, 1957); Rhinocéros (Rinoceronte, 1960);  L'avenir est dans les œufs (O futuro está nos ovos, 1962); Le Roi se meurt (O Rei está morrendo, 1962); Jeux de massacre (Jogos massacrantes, 1970); L'Homme aux valises (O homem das malas, 1975) e Voyage chez les morts (Viagem na casa dos mortos, 1980).

Assistência de direção: Carmen Freitas - Assessoria de Figurinos: Ronaldo Oyafuso – Cenário: equipe – Produção: Luiza Pasim – Produção de 2016 – 50 minutos – Classificação etária: 12 anos – Fotos de cena: Sônia Alda/Jô.

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

'Dengue mata - não vire estatística'


Fundação Pró-Memória recebe exposição temporária ‘Arte em Madeira’

Foto: divulgação.
A Fundação Pró-Memória de Indaiatuba traz para o Museu Municipal Casarão Pau Preto até 31 de março de 2016 a Exposição Temporária Arte na Madeira, do artista Edson Rodrigues, que é especializado em entalhe em madeira no estilo barroco, rococó e Luís XV.

Natural da cidade de São Paulo, Rodrigues nasceu no dia 20 de janeiro de 1959. Aprendeu e conheceu a arte na madeira quanto tinha 12 anos de idade, como aprendiz de um entalhador espanhol. Depois das primeiras lições, continuou a aperfeiçoar sua técnica sozinho. Mudou-se para Indaiatuba no ano de 2000, cidade que o acolheu e possibilitou a continuidade de seu trabalho. Expôs suas esculturas e mandalas durante alguns anos no Shopping Jaraguá, na Praça D. Pedro, no Centro de Convivência (Campinas) e atualmente na Praça Rui Barbosa. Além das obras, que produz na madeira, também possui um acervo de antiguidades, de discos em vinil e pedraria (pedras semipreciosas).

Museu Casarão Pau Preto recebeu 4.400 pessoas em 2015
O Museu Casarão Pau Preto recebeu no ano passado 4.400 visitas. Em 2015 foram realizadas seis exposições temporárias: 40 anos da Turma do Gabi, Plumária Indígena, Grupos Escolares – do Museu Republicano ‘Convenção de Itu’ da USP, Vida e obra de José Paulo Ifanger, Coleção particular de Sérgio Fábio do Prado e Consciência e Vivências: Raízes Africanas na cidade de Indaiatuba, que atraíram um público espontâneo em torno de 1000 pessoas.

O público escolar da rede municipal foi de 2600 alunos. “Número expressivo por meio do projeto ‘Passeios da Memória’, desenvolvido em parceria com a Secretaria de Educação e a Escola Ambiental Bosque do Saber”, avalia o superintendente da Fundação, Carlos Gustavo Nobrega de Jesus. Já o número de alunos da rede estadual e privada foi de 600 estudantes, que realizaram agendamento prévio para uma visita orientada pelo museu. “Também recebemos grupos da terceira idade proveniente de São Paulo, no total de 180 idosos que realizaram um passeio pelas exposições e pela área externa nos meses de Julho e agosto”, comenta.

O Museu participa das ações propostas pelo Instituto Brasileiro de Museus – Ibram, como a Semana de Museus, que acontece sempre no mês de maio e a Primavera de Museus, que ocorre no mês de setembro. “Também realizamos eventos de incentivo à leitura, como o ‘Encontro Cultural Literário’, a valorização da cultura afro, com a ‘Comemoração do Dia da Consciência Negra’ e a participação das crianças, com o ‘Projeto de Férias no Casarão’, sempre no mês de julho. Estas atividades somaram um público em torno de 850 pessoas que vieram até o Museu e participaram das ações”, relata Gustavo.

A Fundação Pau Preto tem como missão divulgar e praticar a preservação do patrimônio histórico e as memórias da cidade de Indaiatuba e região. Responsável pelo Museu Municipal Casarão Pau Preto, pelo Arquivo Público “Nilson Cardoso de Carvalho” e pela Biblioteca Pública Rui Barbosa, valoriza a cultura e a história local por meio da visitação gratuita ao museu, que traz à população exposições temporárias com temáticas variadas. A Fundação também desenvolve oficinas voltadas para a educação e ao patrimônio, palestras, projetos de férias, concursos culturais e eventos que incentivam a participação de diferentes comunidades que constituem a população indaiatubana.

Para o ano de 2016 estão no planejamento seis exposições temporárias. “No mês de janeiro temos, por mais um período, a exposição ‘Vida e Obra de José Paulo Ifanger’, que permanecerá até o mês de março e de obras de entalhe em madeira de um artista local, Sr. Edson Rodrigues”, informa o superintendente. Em abril haverá exposição com obras do artista Ige D’Aquino. Também está programada para o segundo semestre uma exposição com painéis que reproduzem os azulejos expostos nas paredes do Museu Republicano “Convenção de Itu”, obras produzidas por Barros Freire e uma mostra do fotógrafo japonês Ryochi Katahira pertencente a mesma instituição. “Além da programação de exposições, teremos a 15ª Semana Nabor Pires Camargo, lançamento de livros e guias do Arquivo Municipal, oficinas da Escola do Patrimônio, da Semana de Museus, com o tema “Museus e Paisagens Culturais”, Projeto de Férias no Casarão, Passeios da Memória, Curso Básico I e II de Fotografia, Projeto de Capoeira Pró-Memória, em parceria com a Associação de Capoeira Nova Guiné, atividades de Comemoração ao Dia da Consciência Negra”, finaliza.

Serviço
Museu Municipal Casarão Pau Preto - Rua Pedro Gonçalves, 477 – Jardim Pau Preto - Tel.: (19) 3875-8383
Horário: segunda a sábado das 9 h às 17 h, domingos e feriados das 13 h às 17 h
Horário para visitações de segunda a sábado das 9 h às 17 h e aos domingos das 13 h às 17 h
Horário de funcionamento do Bosque: segunda a sábado das 9 h às 17 h e aos domingos das 9 h às 12 h.

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Letícia Nicolielo leva samba de raiz e MPB domingo ao Jaraguá

Domingo, 24 de janeiro, Letícia Nicolielo se apresenta no projeto Menu Musical do Shopping Jaraguá Indaiatuba. Comemorando 18 anos de carreira, a cantora traz um repertório recheado de samba de raiz, MPB e pop, interpretando canções de diversos artistas nacionais, como Jota Quest, Capital Inicial e Legião Urbana, entre outros.  

O show é gratuito e será realizado na praça de alimentação a partir das 12h30. 

Jornalzen de janeiro nas bancas


Tocha olímpica passará por Indaiatuba no dia 21 de julho

Foto: Rio 2016 - Alex Ferro.
Indaiatuba receberá a visita da tocha olímpica no dia 21 de julho, conforme prévia de parte do mapa do revezamento divulgado nesta terça-feira (19) pelo Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro 2016.

O trajeto parcial informado contempla o período de 16 a 27 de julho, passando por 41 cidades, antes de entrar na fase final, que termina em 5 de agosto no Maracanã, com o acendimento da pira olímpica na cerimônia de abertura. São Paulo será a única cidade do Estado que abrigará o artefato por um dia completo, 24 de julho. No total, o revezamento completo durará cerca de 90 dias, envolvendo 300 cidades em todo o país e em torno de 12 mil condutores, cada um percorrendo cerca de 200 metros com sua tocha e passando de um para o outro a chama olímpica, acesa originalmente na Grécia. Mais informações no site www.rio2016.com.br.  

1º Food Truck Festival Ponte Preta acontecerá dias 23 e 24

O diretor de food trucks do Crcvb, Luciano Antonello. Foto: divulgação. 
Campinas sediará neste final de semana, dias 23 e 24 de janeiro, o maior festival de comida de rua já realizado em um estádio de futebol: o 1º Food Truck Festival Ponte Preta.  Com o apoio do Campinas e Região Convention & Visitors Bureau (Crcvb), o evento reunirá mais de 20 food trucks no Estádio Moisés Lucarelli e contará ainda com atrações como shows musicais, sorteio de brindes e espaço kids, tornando-se uma excelente opção de passeio para as famílias.

Os visitantes poderão apreciar os mais diversos estilos gastronômicos, com Amore Churros, Antonello Food Bike, Batata Legal, Caixote das Confissões, Clássicos Hot Dog, Cup N’Cakes, Don Cevada Truck, Imperador Cartola, La Cubanita, La Mia Pasta, Mama Korina, Molho Caseiro Food Truck, Mr. Batata – Batata Recheada, Porquetta Grill & Co., Sabor de Paris, Tasty Food Truck, Tutti Cone, Yes Pizza!!, Vivi Goés Food Bike, Winebar e Yes Coxiña Food Truck – todos associados ao CRCVB. Além das operações de Campinas e região, estarão presentes os famosos Buzina Food Truck e Holly Pasta, de São Paulo, comandados respectivamente por Marcio Silva e Adolpho Schaefer, bastante conhecidos do público por apresentarem o programa de TV Food Truck – A Batalha, no canal GNT.

O festival funcionará no sábado das 11 h às 22 h e, no domingo, das 10 h às 17 h. A entrada é franca, mas os organizadores sugerem a doação opcional de 1 kg de alimento não perecível (exceto sal e açúcar) por pessoa, a ser doado para entidades assistenciais. “Estamos muito felizes em colaborar com esse que promete ser o primeiro grande evento de comida de rua de 2016 em Campinas. Aguardem que a programação do ano está apenas começando”, afirma Luciano Antonello, diretor de food trucks do Crcvb.

Serviço
1º Food Truck Festival Ponte Preta
Quando: dias 23 e 24 de janeiro, sábado e domingo
Horários: sábado das 11h às 22h e domingo, das 10 h às 17 h
Onde: Estádio Moisés Lucarelli (Rua Afonso Pena, 403, Jardim Primavera, Campinas, SP)
Entrada: sugere-se a doação de 1 kg de alimento não-perecível por pessoa
Realização: Associação Atlética Ponte Preta
Apoio: Crcvb (Campinas e Região Convention & Visitors Bureau).

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Maíra Rodrigues e Nathan Podestá apresentam ‘Músicas do mundo’ quinta no Almanaque

Divulgação.
O show Músicas do Mundo é resultado dos sete anos de parceria da dupla Maíra Rodrigues e Nathan Podestá (foto), que já se aventurou pelo repertório jazz, pop, soul, blues, Clube da Esquina, samba, bossa nova e música afro-brasileira. É composto por uma seleção de músicas brasileira e internacional em Português, Inglês, Espanhol e Francês, no estilo violão e voz. Retrata, assim, uma experiência global que passa por diferentes estilos do gênero canção.

Sobre o Duo
Maíra Rodrigues e Nathan Podestá se conheceram em Campinas, em meados de 2008. Ela, jornalista e cantora; ele, músico e professor. Desde então eles tem conquistado audiências em festivais, teatros, eventos corporativos, cerimoniais, hotéis, casas noturnas e ruas do Brasil e Europa.  Por lá, o duo circulou por dois anos, tocando muita música brasileira e acumulando experiências e conhecimento sobre a música de cada lugar que passaram.

Ficha técnica:
Maíra Rodrigues: Voz, Direção Artística
Nathan Podestá: Violão, Voz, Direção Musical
Duração: 90 minutos

Serviço:
21/01/2016 - 21h
Couvert Artístico: R$12,00
Almanaque Café - Avenida Albino José Barbosa de Oliveira, 1240 - Barão Geraldo, Campinas/SP - telefone: (19) 3249-0014.

CineClube Indaiatuba traz "O Clã" dia 26

Dia 26/01/2016 é dia de Cineclube Indaiatuba, com sessão única às 19h40, quando será exibido o longa O Clã.

Sinopse:  A história dos Puccio, uma família de classe média que tem por hábito sequestrar pessoas ricas, pedir o resgate e, ao receber o pagamento, matar suas vítimas. O patriarca, Arquimedes, comanda as operações ao lado dos filhos Alejandro e Alex, enquanto sua esposa e as filhas fingem ignorar o que acontece à sua volta. Mas as coisas mudam de figura quando um filho distante volta da Austrália, criando novas tensões familiares.

Gênero: Drama

Direção: Pablo Trapero

Roteiro: Esteban Student, Julian Loyola, Pablo Trapero

Elenco: Antonia Bengoechea, Fernando Miró, Franco Masini, Gastón Cocchiarale, Giselle Motta, Guillermo Francella, Juan Cruz Márquez de la Serna, Lili Popovich, Peter Lanzani, Raymond E. Lee, Stefanía Koessl

Data: 26 de janeiro de 2016

Horário: ​19h40

Preço:  os ingressos tem preço único de R$ 10,00 para o público em geral. Maiores de 60 anos pagam ingresso promocional de R$5,00.

​​Local: Topázio Cinemas do Shopping Jaraguá Indaiatuba.
Endereço: Rua 15 de Novembro, 1200 (Centro)
Gênero: Drama    Classificação indicativa: 16 anos

Duração: 109 minutos         Legendado.

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Nelson Polinário inaugura espaço para o estudo e a prática do teatro em Indaiatuba

Nelson Polinário e sua esposa Flávia Camile. Foto de Marcos Hiram.
Na noite do último sábado, dia 16 de janeiro, aconteceu o lançamento do Espaço e Escola Nelson Polinário: Paixão por Teatro. Com uma filosofia de trabalho peculiar, o espaço tem como proposta entender e fazer o teatro com zelo, cuidado e respeito à arte, primando por sua qualidade e ideologia.

O idealizador do novo espaço, Nelson Polinário, trabalhou por todo o país participando de espetáculos vencedores dos mais renomados prêmios brasileiros. Desde 2002 vem consolidando sua carreira no meio teatral como ator, diretor e professor de teatro, realizando projetos com grandes artistas e companhias brasileiras. Conta em sua trajetória com centenas de alunos formados em seus cursos, uma extensa atuação teatral e experiências internacionais com companhias e artistas da França, Itália, Canadá, Israel, Espanha e diversos outros países. Como gosta de enfatizar, “Utilizamos os métodos das melhores escolas de teatro do mundo –
 Stanislavski, Lecoq, Brecht e muitos outros, mas para fazer teatro é preciso muito mais que um método, é preciso paixão”, afirma.

A inauguração contou com a participação do psicólogo Augusto de Almeida Maciel, que falou sobre a arte e o desenvolvimento do indivíduo e da sociedade. Na sequência, o anfitrião fez uma breve apresentação do espaço e apresentou alguns integrantes da companhia e parceiros que estavam presentes.

Quem tiver interesse em conhecer mais do trabalho do ator, diretor, professor e escritor pode procurar o espaço até o dia 5 de fevereiro com condições e valores especiais de inauguração. Mais informações – www.nelsonpolinario.com

5ª Caminhada contra Maus Tratos aos Animais reúne 3.500 pessoas em Indaiatuba

Foto: Eliandro Figueira - SCS/PMI.
Indaiatuba realizou domingo, dia 17, a quinta edição da Caminhada contra Maus Tratos aos Animais, com saída da praça Prudente de Moraes, às 8 h.

A Caminhada é organizada por protetores de animais e tem o apoio da Prefeitura e do Conselho Municipal de Proteção e Defesa dos Animais (Compda). Os participantes saíram da praça em direção à concha acústica do Parque Ecológico e fizeram uma pequena parada no chafariz. Segundo os organizadores, a proposta da Caminhada é promover a conscientização sobre os cuidados que o animal precisa e também protestar contra os maus tratos e abandono.

No ano passado o valor arrecadado com a venda das camisetas foi revertido em 3,5 toneladas de ração e ainda pagou dívidas de Ongs em clínicas veterinárias. Os resultados deste ano ainda não foram divulgados.

Casa da Mulher Anália Franco oferece oficinas de artesanato

A Casa da Mulher Anália Franco, instituição vinculada ao Centro Espírita Pe. Zabeu Kauffman,  oferece oficinas de artesanato para mulheres de famílias em situação de vulnerabilidade, conforme o calendário abaixo.

Inscrições 2016 e início das atividades:
Dia/hora:
25/01/16 das 13h30 às 16h30 (grupos de adolescentes e mulheres)
26/01/16 das 9h30 às 11h30 e das 13h30 às 16h30 (grupo de gestantes e grupo de mulheres)
27/01/16 das 9h30 às 11h30 e das 13h30 às 16h30 (grupo de mulheres)
Documentos necessários para inscrição:
Cópias e originais
- comprovante de residência recente;
- carteira de trabalho atualizada (cópias das páginas: de identificação, do último registro e o próximo em branco);
de todos os moradores da residência e/ou holerite recente, se for autônomo é necessário declaração de trabalho com renda;
- comprovante de pensão, aposentadoria ou benefício quando houver;
- RG;
- CPF;
- certidão de nascimento dos filhos;
- certidão de casamento; ou união estável;
- 1 foto 3x4 recente;
- comprovante de pré-natal ( apenas para gestantes);
- Para o grupo de gestantes adolescentes, trazer declaração escolar;
Obs: Sem estar com toda documentação não será realizada a inscrição.

Casa da Mulher Anália Franco
Depto. de Promoção Social - C.E. Pe. Zabeu Kauffman
R. 13 de Maio, 1076 - Cidade Nova – Indaiatuba/SP
Tel.: (19) 3834-5297 - www.zabeukauffman.com.br.

"Desafios para Inovação em Micro e Pequenas Empresas"

Para inscrições, clique aqui.

Cursos de flamenco intensivos de férias no CAF


segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Blog indica acampamentos de férias para as últimas semanas de janeiro

Peraltas, em Brotas.
O blog Lugarzinhos Especiais, comandado pela jornalista de turismo Karina Fusco, indica seis acampamentos onde haverá programação intensa nas últimas semanas de janeiro. “Desde que conheci de perto um acampamento, fiquei muito segura em relação aos cuidados com as crianças e satisfeita com a programação diversificada. Visitar estes locais é minha dica para que os pais fiquem tranquilos ao mandar seus filhos para curtir as temporadas de férias”, diz.

Mesmo quem deixou para a última hora consegue vagas para os filhos e ainda tem a possibilidade de pagar a estadia em até seis parcelas, sem ter que comprometer as finanças da família, que já são afetadas no início de ano por causa dos impostos sazonais e dos gastos com material escolar. Veja o que alguns acampamentos oferecem para as últimas semanas de janeiro, quem pode participar e quanto é preciso desembolsar:

Peraltas, em Brotas/SP
O acampamento high-tech do Peraltas terá sua programação ligada à tecnologia, como gincanas com tablets, computadores, celulares e campeonato de videogame, além de palestras sobre tecnologia e astronáutica na sede da Fundação CEU (Centro de Estudos do Universo). A garotada poderá ainda participar de jogos de cooperação e raciocínio, brincadeiras na piscina natural com tirolesa e no parque aquático com toboáguas, futebol de sabão, desafios no paredão de escaladas, arco e flecha, carveboard (skate para grama e terra), arvorismo, slackline, rafting, floating, boia cross, canionismo, voo do Tarzan, trilhas, quadrikids e cavalgadas.
Quanto custa: O pacote de 5 dias custa R$1.694,00, de 6 dias custa R$2.162,00 e de 7 dias sai por R$2.494,00 com pensão completa e também inclui o transporte de ida e volta a partir de São Paulo, Itupeva e Limeira.
Quem pode participar: crianças e jovens entre 4 e 16 anos. Informações e reservas pelos telefones (11) 3035-1900, (14) 3653-9999 ou 0800-722-7022 e pelo site www.peraltas.com.br.

República do Lago. Fotos: divulgação.
República do Lago, em Leme/SP
As novidades desta temporada de férias são o parque de trampolins acrobáticos, o escape room, que é uma sala cenográfica com pistas escondidas, o RepChef, uma competição de talentos culinários e a Toy Art, onde desenhos são transformados em bonecos de tecido. Há ainda passeio de barco na companhia de um biólogo, jogos esportivos, paredão de escalada, tirolesa, arvorismo, trilha de bike, espaço para leitura, estúdio de música e ainda uma programação noturna que inclui jogos ao ar livre, luaus, balada e festas especiais de acordo com faixa etária.
Quando: de 17 a 23/01 e de 24 a 30/01
Quanto custa: 6 parcelas de R$610,00 ou R$3.405,00 à vista com pensão completa.
Quem pode participar: crianças e jovens entre 6 e 16 anos. Mais informações e reservas pelos telefones (11) 3818-6600 / 4063-0030 e pelo site www.replago.com.br

Sítio do Carroção, em Tatuí/SP
Entre as atrações mais legais do local estão a caverna do Lago Azul, com águas aquecidas, cachoeiras, tobogãs, estalagmites e estalactites, um complexo aquático, o parque paleontológico com fósseis e um enorme Tiranossauro Rex, aquário de água doce com jacarés-do-papo-amarelo e várias espécies de peixes fluviais, trilha do Indiana Jones com caverna e túneis, tobogã, minipista de Fórmula 1, caverna pré-histórica com pinturas rupestres, labirinto medieval, réplica da caravela de Colombo para navegação, festa de abertura das Olimpíadas do Sítio do Carroção e eventos noturnos como Festa Country, Noite do Oscar e balada com DJs.
Quando: de 17 a 23/01 e de 24 a 30/01
Quanto custa: R$4.099,00 dividido em até 6 vezes ou R$3.819,00 à vista
Quem pode participar: crianças e jovens de 5 a 16 anos. Mais informações e reservas pelo telefone (15) 3305-2000 ou pelo site: http://carrocao.com/.

NR, em Sapucaí Mirim/MG
A temporada Kids terá a programação tradicional das férias no acampamento, recheadas de esportes, gincanas, atividades culturais e diversão.
Quando: de 18/1 a 25/1
Quanto custa: a partir de R$2.256,00 ou 6 parcelas de R$396,00, incluindo seguro viagem, transporte ida e volta a partir de São Paulo, 5 refeições diárias e serviço de lavanderia e camiseta especial da temporada.
Quem pode participar: crianças com idades entre 5 e 10 anos.
Mais informações e reservas pelo tel. (11) 5090-7419 ou pelo site http://nr.com.br/

Turma dos Leões, em Bragança Paulista/SP
Com o tema Férias da TV, o acampamento promoverá jogos relacionados a programas de televisão, desenhos, séries e filmes. A garotada poderá ainda curtir os jogos de futebol, jogos de mesas e tabuleiros, piscina, pedalinho, passeio de trator, tirolesa e atividades do campo, como visitar a horta e acompanhar a ordenha do gado.
Quando: de 16/1 a 20/1
Quanto custa: R$ 990,00, incluindo 5 refeições diárias, assistência médica e transporte
Quem pode participar: crianças e adolescentes com idades entre 4 e 16 anos
Mais informações e reservas pelos tels. (11) 2089-0268 e 3482-8032 ou pelo site www.vialeoes.com.br.